GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Governo de Pernambuco

ESPORTE INTERATIVO AMEAÇA TIRAR FUTEBOL DA REDE GLOBO

Por Junior Almeida

Que a Rede Globo dá as cartas em tudo no país não é novidade pra ninguém. No futebol não seria diferente. Ela faz o que bem entende com o esporte paixão nacional do brasileiro. Modifica os horários dos jogos, colocando partidas às 10 da noite, às 11 da manhã, à tarde, à noite, só faltando jogos no meio da madrugada. Outra coisa que se reclama da emissora, principalmente os patrocinadores dos clubes e da competição, é o fato da Globo não respeitar ninguém, e simplesmente ignorar quem está pagando para aparecer. 

Querem exemplos? Nossa ITAIPAVA Arena Pernambuco, quem ouve na Globo o nome da cerveja, que gasta uma fortuna para associar seu nome à arena? Ninguém, pois ela simplesmente boicota quem não paga nada pra ela. É assim Aliance Park, do Palmeiras, Kyocera Arena, do Atlético Paranaense e é também como time do Red Bull de São Paulo, que absurdamente a emissora chama de RB Brasil, deixando a marca do energético fica a ver navios. 

A plim plim não respeita nem os nomes das competições. A copa libertadores mesmo, oficialmente é Bridgestone Libertadores, exatamente por ser patrocinada pela marca de pneus, assim como a Sadia Copa do Brasil. A Globo faz o que quer, nunca menciona os patrocinadores em suas transmissões, a não ser o que têm contrato com elas. O negócio é tão absurdo, que até nas entrevistas de técnicos e jogadores, as câmeras da emissora fecham a imagem no entrevistado para que não apareça o painel com as marcas dos patrocinadores ou até mesmo um simples boné, usado por que está concedendo entrevista.

Muitos se revoltam com isso, mas não podem fazer nada, pois muitos clubes do país vivem de pires na mão, e a emissora os têm presos por adiantamento de cotas de televisão. Como diz o ditado: quem deve não tem voz ativa. Cansado de tudo isso, e ainda mais de ser preterido em São Paulo pela emissora em favor dos ditos times grandes da capital, o Santos resolveu romper com a Rede Globo, fechando contrato com a emergente Esporte Interativo a partir de 2019.

A relação entre o Peixe e a Globo nunca foi lá essas maravilhas. O Santos e sua torcida se sentem boicotados há anos pela plim plim. No ano passado, a emissora deixou de transmitir um jogo decisivo, pelas quartas de final do Paulistão entre Santos e o XV de Piracicaba, para exibir um filme. O pior de tudo, para ira dos santistas era que essa era a única partida do dia. Agora, Modesto Roma Júnior, presidente do clube, quer acabar a parceria com a Globo, e pretende engrossar o coro dos clubes que pretendem assinar um novo e mais vantajoso contrato com o canal Esporte Interativo. Segundo Modesto, outros clubes irão acompanhar o Peixe. Times como Inter, Grêmio, Coritiba, Atlético PR, Fluminense e Bahia, além de São Paulo e Flamengo, que estão se chegando.

A decisão do clube paulista chamou atenção nos bastidores do esporte, pois se comenta que o Santos irá receber no EI, nove vezes mais do que ganha da Globo. Os comentários e a repercussão foram tão grandes que obrigou ao Esporte Interativo a emitir uma nota, explicando o que realmente está acontecendo. O comunicado destaca alguns pontos das negociações com os clubes, que alimentam a esperança de torcedores e clubes sempre esquecidos em favor dos times do eixo Rio/ao Paulo.

Na nota o EI confirma as negociações, e diz também que o clubes que fecharem contratos com a emissora terão suas cotas substancialmente aumentadas e que a divisão de receitas será espelhada na Premier League Inglesa, baseada no princípio do equilíbrio e do mérito. Ou seja, quem fizer por onde dentro de campo em uma temporada, terá mais dinheiro na outra, diferente do que acontece no país, onde Corinthians e Flamengo são os que mais ganham dinheiro. Aqui no Brasil os times do eixo RJ/SP ganham mais do que os do Nordeste, mesmo em divisões diferentes, como o Vasco no ano passado, ou o Sport, que mesmo ficando à frente de times como Fluminense, Cruzeiro e Palmeiras, no certame de 2015, vai receber bem menos que esses times nesse ano.

O presidente do Santos disse que sabe que a luta vai ser grande, que já está sofrendo pressão de todos os lados, que em um jantar com funcionários da Globo, eles o intimidaram, dizendo que ele revisse sua decisão, pois só ele tinha a perder. Modesto Roma disse que se a Globo não oferecer uma proposta melhor, os jogos do peixe vão ser vistos no EI.

A torcida do Corinthians é outra que parece não engolir a interferência da Globo no futebol, mesmo sendo junto com o Flamengo, a equipe que mais recebe dinheiro da emissora. Com as constantes perseguições da televisão carioca ao ex-presidente Lula, tentaram ligar o seu nome com o novo estádio do Timão. Não deu outra: Domingo passado a Fiel Corintiana protestou com vários cartazes onde em um deles se lia o recado direto: “Globo, aqui não é o seu quintal”.

Como estamos vendo, a luta de gigantes da poderosa Globo com a não menos poderosa Tv Esporte Interativo, agora com o reforço da Turner, que pertence à gigante Timer Warner, na disputa pela audiência, quem vai ganhar além dos times, é o torcedor, que poderá escolher em que canal poderá ver os seus times.

Um comentário:

  1. Jogos no Brasil as 10h é um desrespeito aos clubes e em especial as torcidas que trabalham.

    ResponderExcluir