quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

O PACTO PELA VIDA MORREU E NÃO SABE


De Eduardo Oliveira, morador de São João:

Caro Roberto,

Estou boquiaberto com o caos na segurança de Pernambuco. O ex-governador e saudoso Eduardo campos lançou um pacto pela vida, que por um certo tempo deu certo, pois ele usou as folgas do policiais militares e civis, bem como dos bombeiros militares, para dar a impressão que existia um efetivo grande nessas instituições.

No entanto, há três anos que esse pacto pela vida está em estado terminal, só faltando desligar os aparelhos para se concretizar sua morte. Vou dar um exemplo cabal dessa morte anunciada.  Um não, alguns: Esses dias estava em Tamandaré, para tentar descansar um pouco com os familiares e vi o quanto estamos entregues a própria sorte com o governo Paulo Câmara.

Ano passado ainda vi várias viaturas policiais fazendo rondas em Tamandaré e também vi muitos policiais, a pé, fazendo patrulha. Este ano para se encontrar uma viatura rodando era raro,  várias invasões de residências ocorreram lá, com seus donos sendo assaltados e humilhados, inclusive teve um estupro em uma casa dessas, mas, a mulher, por vergonha, não quis dar queixa.

Claro que o glorioso Detran estava em bom número, para multar e apreender carros, e em todo bloqueio do Detran tinha policiais dando apoio ao invés de está patrulhando os locais mais perigosos.

Tamandaré vai acabar se tornando uma Maceió, onde a violência afastou os turistas. Outro exemplo da falência da segurança são os assaltos constantes nas pequenas cidades.  Aqui em são João, ontem aconteceram dois, feitos por uma dupla pilotando motos.

Os policiais são os menos culpados disso, pois são apenas dois militares da PM, para cobrir todo o município, além de ficarem desmotivados com um dos piores salários do país.


Roberto: pode mandar celebrar a missa de sétimo dia, pois esse pacto morreu e não sabe. 

7 comentários:

  1. Criado para lavar dinheiro o pacto pela morte... Cada um por si e Deus Por todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um por si nada, por que você não pode se defender dos bandidos, só pode morrer desarmado.

      Lembrei da família que foi inteira assassinada com facadas na cabeças em Guaxuma Maceió. Se o pai tivesse um revolver quem teria morrido seriam os bandidos.

      Excluir
  2. O pacto pela vida começou com uma ideia interessante de integrar órgãos para combater a "criminalidade"(lembre-se "criminalidade" é uma coisa "violência" é outra completamente diferente), porém a criminalidade só tem aumentado, NO PAÍS INTEIRO, aí os tolos se perguntam porquê será isso?

    A resposta simples chama-se IMPUNIDADE!

    Mas as autoridades e o próprio povo não querem nem saber disso, por que o povo brasileiro já está acostumado a conviver diariamente com bandidos, pense nisso, se você sabe que um vizinho seu é o pior bandido, em um país normal as pessoas buscam se afastar desse tipo de gente, no Brasil é diferente, as pessoas fazem questão de apertar a mão e fazer amizade com o bandido, vejamos a quantidade de prefeitos da região que ou já mataram, ou já mandaram matar ou tem fama de matador. As pessoas agem assim achando que as coisas só acontecem com o vizinho e nunca com eles.

    Enquanto não houver penas DURÍSSIMAS, mas não é dura não é PENA PARA CHOCAR MESMO A SOCIEDADE!!! PENA DE MORTE, PRISÃO PERPÉTUA, TRABALHOS FORÇADOS, E POR QUE NÃO TORTURA DE BANDIDOS principalmente para crimes graves e hediondos, independente da idade de quem os comete, enquanto não acontecer isso os bandidos vão continuar deitando, rolando, matando, roubando e ainda virando prefeitos e vereadores.

    Os socialistas querem aplicar leis do mundo civilizado a um povo que tem o a cultura da barbárie, isso nunca funcionará por que uma cultura de barbárie só pode ser eliminada por uma força implacável que garanta a punibilidade para criminosos contumazes ainda que imponha por meio do terror.

    E enquanto isso não acontecer ninguém vai sair de casa tranquilo para trabalhar pois estamos em um país onde os bandidos circulam livremente ao nosso redor, matam nossos colegas de trabalho e depois continuam circulando no nosso local de trabalho como se nada tivesse acontecido e ainda querendo nos dar ordens com a cara mais cínica do mundo.

    A situação do Brasil é tão DOENTE, tão BIZARRA, que diante de quase 60 mil assassinatos, 50 mil estupros no ano de 2014. O governo vem criar leis que tornam crime hediondo piadinhas contra certos grupos sociais. Ou seja, PARA O GOVERNO ESQUERDISTA DO PT, se você tiver algo contra alguém é melhor mata-lo do que tirar uma piadinha com ele.

    Esse tipo de medida é a prova cabal de que estamos sendo governados por gente que não tem a menor ideia do que se passa no Brasil, não quer nem saber e quer mais que todo mundo morra mesmo. São verdadeiros psicopatas no poder!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se combate violência com violência. Então teremos de voltar aos tempos dos bárbaros. Isto é contrário aos ensinamentos de Jesus violência só gera violência. Mas como vc é um robozinho idiota de Olavo de carvalho não se pose esperar muito não vindo de vc.

      Excluir
    2. Eu falei no começo do texto, criminalidade é uma coisa, violência é outra completamente diferente.

      Criminalidade é um fenômeno social de transgreção às normas de convivêcia aceitas socialmente, pode ou não ser realizada por meio da violência.

      Violência é um recurso natural necessário em determinadas situações.

      Jesus só de a outra face porque estava amarrado, pois se não estivesse teria dado murro de todo tamanho nos vagabundos.

      Jesus não foi um bunda mole como você pensa.

      Excluir
    3. É por causa do papo furado de boiolas IMBECIS como esse anonimo que o Brasil é o pais mais criminoso do mundo.

      Excluir
  3. Nossa Everton Souto você pegou pesado, e bem nas feridas do nosso povinho, mas eu concordo com quase tudo, principalmente que o brasileiro é um povo bárbaro e tem que ser tratado como tal. Mas saiba que todo povo bárbaro é também inescrupuloso e covarde, agindo na moita, para ferrar quem eles não gostam. Essas suas palavras são fortes, e são a realidade que agente vê todos o dias nas ruas.

    ResponderExcluir