terça-feira, 19 de janeiro de 2016

O CASAMENTO


Por Tiago Almeida

Sábado passado, dia 16, estive presente no casamento dos meus pais, Roberto e Tereza Almeida, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus.

Foi uma cerimônia simples e linda, celebrada por padre Júnior.

Meus pais estavam muito felizes na igreja e em sua casa, prestigiados por parte de sua família e seus verdadeiros amigos.

Vivem em perfeita harmonia há 26 anos e agora sua união está abençoada por Deus.

Estiveram na igreja ou na residência dos meus pais: minha avó Maria das Neves, minha tia Ana Cláudia, meu primo Luís César, Bianca, a priminha Ana Carolina, meus irmãos Lulinha e João Paulo, minha sobrinha Luana, minha esposa Paula e nossa querida filha Clarice, de três meses, as maninhas Daniela e Carolina, o delegado Jorge Cordeiro e Marly, Luizinho Roldão e Simone, minha eterna professora Maria Almeida, os vizinhos de painho Mário e Dalva, sua filha Rafaela com o namorado, além das amigas de Carol, Cássia e Fernanda Brandão.


Espero que as bênçãos de Deus cubram meus pais e eles não tenham que passar mais pelo sofrimento que nos marcou a todos o ano passado.

6 comentários:

  1. Roberto Almeida novinho em folha! Parabéns por mais uma missão cumprida...que Deus o proteja e a todos que te amam!

    ResponderExcluir
  2. Primeiro gostaria de parabenizar Roberto Almeida e Tereza Almeida pelo matrimonio e desejar muitas felicidades ao casal! Estão no caminho certo: buscando as bênçãos de Deus em suas vidas. Segundo, gostaria de tocar no assunto "amigos verdadeiros" citado por Tiago Almeida nesta postagem. Acesso assiduamente o blog desde a sua criação, o qual a cada dia fica melhor. Sendo assim, seria impossível também não acompanhar toda a luta de Roberto por sua saúde e torcer para que tudo desse certo. Me desculpe a ousadia, mas discordo quando o Tiago afirma que na celebração estava apenas os “amigos verdadeiros”, pois no meu ponto vista amigos verdadeiros são aqueles que se fazem presentes, mesmo distantes! Fico imaginando, quantos amigos de Roberto não queriam se fazer presente nesta festa? Quantos amigos não fizeram promessas, orações ? Quantos , mesmo distantes estiveram presentes em sua memória e em seu coração? Quantos amigos e amigas Roberto não tem espalhado por essa Brasil afora: amigos de trabalho, da faculdade, da infância... Precisa rever o conceito de amizade! Segundo o poeta Fernando Pessoa:
    "Um dia a maioria de nós irá separar-se.

    Sentiremos saudades de todas as conversas atiradas fora, das descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que partilhamos.

    Saudades até dos momentos de lágrimas, da angustia, das vésperas dos fins-de-semana, dos finais de ano, enfim...do companheirismo vivido.

    Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre.

    Hoje já não tenho tanta certeza disso.

    Em breve cada um vai para seu lado.

    Seja pelo destino ou por algum desentendimento, cada um segue a sua vida.

    Talvez continuemos a encontrar-nos, quem sabe... nas cartas que trocaremos.

    Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices... os dias vão passar, meses... anos... até este contacto se tornar cada vez mais raro.

    Vamo-nos perder no tempo...

    Um dia os nossos filhos verão as nossas fotografias e perguntarão:

    Quem são aquelas pessoas?

    Diremos... que eram nossos amigos e... isso vai doer tanto!

    - Foram meus amigos, foi com eles que vivi tantos bons anos da minha vida!

    A saudade vai apertar bem dentro do peito.

    Vai dar vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente...

    Quando o nosso grupo estiver incompleto...reunir-nos-emos para um último adeus a um amigo.

    E, entre lágrimas, abraçar-nos-emos.

    Então, faremos promessas de nos encontrarmos mais vezes daquele dia em diante.

    Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vida isolada do passado.

    E perder-nos-emos no tempo...

    Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de
    grandes tempestades...

    Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!"

    Um amigo!!!

    ResponderExcluir
  3. Agradeço o comentário e o lindo poema de Fernando Pessoa. Acredito que meu filho, no texto, se referiu aos que foram convidados e não deram a mínima satisfação. Gostaria de ter feito uma grande festa e ter enchido a igreja. Infelizmente depois do meu problema de saúde e dessa crise o dinheiro anda curto, por isso chamei apenas pessoas próximas e da família. Forte abraço e mais uma vez obrigado.

    ResponderExcluir
  4. Amigo Roberto que as bênçãos divinas caiam sempre sobre o casal Um abraço fraterno.

    ResponderExcluir
  5. Mais uma prova inconteste de amor que você dá a sua esposa, ao Sacramentar os votos matrimoniais de vocês e ela merece!! Parabéns Roberto Almeida pela comprovação dessa união Sacramental!!

    Josalia Pimentel

    ResponderExcluir
  6. Roberto, parabéns pelo seu casamento, muita felicidade e muita paz no coração, você merece pois é uma pessoa muito generosa.Robério Siqueira.

    ResponderExcluir