quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

CORRENTES VIVE ACORRENTADA


Por Altamir Pinheiro

A centenária cidade de Correntes, desde os anos 90 do Século anterior,  vem passando por um processo  que poderíamos chamar de um tremendo  degringolamento dos mais danosos, nocivos e porque não dizer lesivos, quando nos referimos aos seus respectivos gestores municipais. Talvez o município de Correntes seja o que MENOS se desenvolveu nesses últimos 25 anos em toda a Região do Agreste Meridional de Pernambuco, percebe-se claramente em  sua própria feira livre, aos sábados, que  está em franca decadência, definhando-se a cada  sábado que passa. Até o tubérculo INHAME, donde era considerado o maior produtor do estado e,  aquelas “tuias” que se encontravam esparramadas no calçamento da suculenta raiz de caule arredondado, porém  tuberosa, andam sumidas do mapa. Digo, da feira, daquele outrora grande produtor, juntamente com o município  limítrofe de Santana do Mundaú pertencente às terras alagoanas...

Qual  é a  razão de Correntes ter se tornado, praticamente,  num município inadministrável?!?!?! Só Deus sabe... Bem!!! Vamos tentar decifrar este enigma: Diz um provérbio português das antigas que, “Se o velhaco soubesse quanto é ruim ser velhaco, mesmo por velhacaria deixava de ser velhaco”. Diz-se isso em razão de,  o desgoverno é tamanho nas finanças daquela prefeitura que já vão  no quarto ou é quinto secretário de finanças...  Para o leitor ter uma   ideia, até o guerrilheiro Altamir Pinheiro, levou um XEXO do poder municipal. Isto mesmo, o autor deste texto coleciona um cheque de R$ 7.500,00(sete mil e quinhentos reais) e não tem a menor esperança de recebê-lo. Aliás, o correto seria eu publicar este artigo com a seguinte manchete: “EDMILSON DA BAÍA, UM PREFEITO XEXEIRO”...

A bem da verdade é bom que se diga que o cheque não está em nome da Secretaria de Finanças daquele Município nem muito menos fora emitido  pelo prefeito Edmilson de Lima Gomes, e sim em nome do então secretário de finanças que foi o primeiro de uma escadinha de quatro ou cinco.  Porém, o trabalho executado foi inteiramente para a prefeitura do município das Correntes, só que, o secretário comeu o dinheiro e me deu um XEXO  com um cheque sem fundo, beira nem eira... Se Altamir Pinheiro tivesse o caráter que eles têm(os envolvidos), tranquilamente, na entrada de Correntes ele APREGAVA um OUTDOOR num português rasgado e bem escroto: “MIM PAGUE O QUE DEVE CABRA VEIACO!!!”.  Mas por questão de índole, não vem ao caso tal atitude...

Muita gente das Correntes  quer a saída do prefeito a qualquer custo. A Câmara de Vereadores já tentou aplicar um processo de IMPEACHMENT por várias vezes e nada, nadica de nada. Como é sabido, o  impeachment só entra em questão se ficar provada a relação do prefeito com algum crime de responsabilidade contra o que está previsto na Constituição ou na Lei Orgânica do Município – entre eles, o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais, a probidade na administração, o cumprimento das leis e das decisões judiciais e, principalmente, as pedaladas fiscais, mas até agora Edmilson da Bahia escapou fedendo... Nem Dilma recebeu tanta pressão quanto o prefeito de Correntes. E, no frigir dos ovos, a Dilma vai cair,  e ele, de pé, vai assistir ao baque que o Congresso Nacional vai impor a presidente Dilma.  Não se sabe que segredo ou mandinga foi   esse que ele aplicou e ainda não caiu e, com certeza não mais cairá, haja vista,  está firme e forte para disputar à reeleição neste ano.

Pasmem!!! Depois de tanta estripulia, Edmilson da Bahia é favorito absoluto e tem tudo para ser reeleito prefeito de uma Correntes algemada, administrativamente falando. Na verdade,  não há um bom páreo para enfrentá-lo. Em que pese ele ter ganhado a eleição passada por apenas um voto, isso mesmo!!! Um voto de diferença... Hoje, quem vai medir forças com ele é o vereador Renato Calado, que apenas está fazendo um estágio para as eleições de 2020; Quanto ao ex-prefeito  Júnior, seu mais forte opositor, só ganha a eleição se for capaz de  juntar-se com o policial civil Renato Calado, filho de Adauto Calado. Politicamente falando, a nossa querida cidade das  Correntes, além de viver acorrentada, mais uma vez vai se jogar  nas profundezas do penhasco...

ESTE ARTIGO É DE  RESPONSABILIDADE ÚNICA E EXCLUSIVA DE QUEM O ASSINA.
*Foto: youtube

9 comentários:

  1. Argemiro Coimbra Dias27 de janeiro de 2016 12:12

    Pura verdade. Sou filho de lá e esse ano vou votar de cabo a rabo nulo ou branco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem esse negócio de dizer que vou votar nulo.Seja candidato a vereador por sua cidade.Vá a luta, pois uma coisa aconteceu de positivo.Aquela ponte da baia que ficou de 2010 até 2014 sem ser feita,agora está funcionando e ficou de primeira.

      As casas que foram construídas a população invadiu e tá todo mundo morando lá.As praças e algumas RUAS foram asfaltadas e calçadas.Mas seria muito bom que o Prefeito e sua equipe mostrasse para nós um pouco de sua administração pública. Muitos dizem que ele será reeleito.Essa cara levou muita bofetada na cara.Em praça pública destrataram toda a sua vida familiar. Chegaram a um ponto de dizer que ele andava traindo os princípios cristãos de pai de família. Ele sabe o quanto tentaram destruí-lo quando era oposição.Enfrentou os governos por mais de 30 anos e somente agora Correntes tem um Prefeito de oposição.O vice prefeito pisou na bola redonda feito a Rosa Quidute em Garanhuns.

      Excluir
  2. A muito tempo que Correntes anda pra traz feito caranguejo

    ResponderExcluir
  3. Correntes recebeu uma grande obra deixada pelo ex-presidente José Ribamar Sarney e que hoje tem uma creche de Mãe Kiola,mãe do Sarney.A BR 424 que liga Correntes a Garanhuns. Esta é única estrada asfaltada que já recebeu em 20 anos mais de 4 RECAPEAMENTO.

    Quando o ex-prefeito OSCAR CARNEIRO assumiu a Prefeitura das Correntes a primeira coisa que ele fez foi mandar cortar todas as árvores e matos que cobriam todas as curvas perigosas das Correntes até Garanhuns.

    Naquela época Correntes perdeu o seu mais querido e mais competente prefeito,Oscar Carneiro.

    Depois de Oscar veio Vadinho Lúcio que foi prefeito por duas ou três vezes não sem bem,depois veio o Ronaldo Nestor Amaral.Dizem que foi um dos prefeito mais responsável que Correntes já teve.Pagou em dias os funcionários,fez algumas obras,mas pecou no lado político.Não soube junto ao prefeito Marquidoves Vieira de Lagoa do Ouro ao lado do deputado Romário Dias trazer o asfalto de Lagoa do Ouro a Correntes distante apenas 9km.Não teve a coragem de construir um Matadouro Público Municipal e hoje o pessoal de lá abate os seus animais em Garanhuns. Mas dizem alguns pseudos amigos traíram o amigo e por isso deve ter afetado o estado de saúde.Mas segundo alguns de lá foi um prefeito que deixou muita saúde tal e tal Oscar Carneiro.

    Depois veio o filho de Nivaldo Lúcio, Nivaldo Lúcio Júnior que herdou um legado de seu pai e de Ronaldo Amaral. Se ambos foram grandes prefeitos porque o Nivaldo filho não fez uma administração exemplar a ponto de perder uma eleição por apenas uma voto para um CARA que tentou de diversas vezes ser prefeito desde a época do pai Nivaldo Lúcio? Eis a questão!

    Pelos comentários que chegam pelos nossos ouvidos o Edmilson Gomes de Lima,Edmilson da Bahia,realizou algumas obras,deu algumas trombadas na oposição, quebrou em cara em ações e atos banais e por falta de experiência talvez por prepotência e arrogância sua,e assim, tem enfrentado uma oposição hostil e também algumas trairagens também.

    Com as críticas feitas acima por Altamir Pinheiro e que atinge um de seus ex-secretários de finanças, seria muito bom que os esclarecimentos viesse à tona para que coisas dessa natureza não viesse mais acontecer.

    Um Secretário de finanças de uma Prefeitura de Correntes que dá um calote de R$ 7.500,00 emitindo um cheque sem fundo não deixa de ser um covarde e trambiqueiro mesmo.

    E se ele usou o nome do Prefeito cabe ao mesmo se pronunciar porque fica mesmo feio essa atitude covarde contra um homem crítico e que tem uma língua pra lá de Bagdá.

    Mas confirmo o seguinte: se o povo de Correntes mudou para Edemilson da Bahia foi porque o Nivaldo Lúcio Júnior cometeu erros muito piores depois que ele e seu pai governaram o município ao lado do Ronaldo Amaral por mais de 16 anos e não foram capazes de apagar as péssimas administrações que fez Correntes viver no atraso enorme.

    ResponderExcluir
  4. Não só é em Correntes não a corrução ta em todo canto. Veja só essa: Entre 2014 e 2015, o Brasil caiu 7 posições em um ranking mundial sobre corrupção. Criada pela ONG Transparência Internacional, a lista colocou o país da 76ª posição de um total de 168 países. O Brasil tirou nota 38, em uma escala de 0 a 100, em que a nota máxima significa “país livre de corrupção”. Segundo o relatório, apenas o pequeno país africano Lesoto teve um desempenho tão ruim quanto o nosso. A ONG Transparência Internacional atribuiu o péssimo resultado brasileiro à sucessão de escândalos no governo federal: primeiro o mensalão e, agora, o petrolão.

    ResponderExcluir
  5. O Nivaldo Lúcio,ex-prefeito,fez parte do esquema dos ex-prefeitos que,ensinaram o pulo do gato.É o presente de grego que o PSDB e PFL deixaram para todos nós brasileiros,o instituo da reeleição.Agora o Nivaldo sabe o que é ser oposição sem dinheiro e sem poder, sem gasolina e sem carro.É muito bom ser prefeito com a máquina pública de fazer votos e dinheiro.Hoje estão combatendo o mal que eles mesmo praticaram contra muitos eleitores de Correntes.Como um dia é da caça e outro é do caçador,os mesmos que fazem oposição hoje foram os que ontem e anteontem eram governo.Muitos ex-prefeitos quando eram governo esnobavam dos que eram oposição dizendo que ela nada fez.E agora? Será que os 16 anos passados não foram suficientes para ter deixado a cidade e o município das Correntes as mil maravilhas? E seria necessário por um carro de som na cidade e chamar o prefeito de ladrão e bandido? Essa notícia tem sido propagada nos quatro cantos do município. Mas será que eles oposição hoje foram santos?

    Correntes é um solo rico,banhada por dois dos grandes Rios: Mundau e das Correntes.Mas até hoje os ex-prefeitos nunca investiram na geração de emprego e renda. Até o futebol da Correntina eles abandonaram e foi entregue as baratas.Carnaval foi abandonado e as festividades Juninas também.

    ResponderExcluir
  6. Foi por caso dessa maldita reeleição que o PT passou, infilizmente, 13 anos no poder e deixou o Brasil na lona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os prefeitos valentes que conseguiram derrubar as oligarquias no agreste foram: Genival em Águas Belas, Pe Jorge em Iati, Ronaldo em Brejão,Sarnento em Palmeirina,Edmilson da Bahia em Correntes,Ginaldi Zumba em São João,Neide Reino em Capoeiras, Armando Duarte em Caetés,Danilo Godoi em Bom Conselho,Ricardo em Saloá, nestes municípios os ex-prefeitos tentaram a reeleição.Quando o povo quer muda mesmo com dinheiro ou sem dinheiro.Muitos dizem que quem está com a máquina pública nas mãos perde uma eleição se for burro.Mas por que essa gente toda acima perderam?

      Excluir
    2. Veja o exemplo de Jarbas em Pernambuco.Passou 8 anos metendo a cacete e Eduardo.Em 2010 acusou o ex-governador de ter cooptado os cabos eleitorais dele. Em 2012 o Jarbas foi cooptado por Eduardo Campos. Fruto da reeleição.Lula e Dilma foram unanimidade em 13 e agora perdem popularidade graças a reeleição.Quem com ferro fere termina se ferindo também.

      Excluir