SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

domingo, 17 de janeiro de 2016

ANATOMIA DE UMA LIDERANÇA

Por Altamir Pinheiro

Anatomia é uma ciência que estuda a estrutura física dos seres vivos.  Segundo os mais “véi que eu” a  anatomia surgiu na antiguidade, mas exatamente no Egito Antigo. Os “boca de caieira”  da pintura  afirmam que a obra de arte que mais representa esta ciência é um quadro de  Lição de Anatomia,  do pintor holandês REMBRANDT. Pintada em 1632, a tela mostra uma lição de anatomia com um grupo de cirurgiões presentes e atentos. Mas aqui eu estou para falar ou escrever sobre  ANATOMIA político-administrativa e é aí que entra a figura do atual prefeito de Caetés, Armando Duarte do PTB.

Ex-bancário,  competente, profundo conhecedor da Carteira Rural do Banco do Brasil de Caetés e exagerado estudioso das necessidades pormenorizadas dos matutos daquele município, inclusive de suas carências elementares, Armando, enveredou pelo caminho da política, exercendo várias vezes o mandato de vereador, chegando a presidência da câmara e, posteriormente, prefeito interino por um curto período. Sabedor que é quando o político interesseiro faz o que bem entende ouve e enxerga o que não quer, Armando, sempre conciliou os seus mandatos com a   dignidade, postura e liderança a despeito de  qualquer tipo de pressão. Um pacato cidadão sem cobiça financeira nem muito menos quis ou tentou se  envolver em esquemas perdulários ou esbanjador. Politicamente, sempre teve os pés no chão e a cabeça no lugar, principalmente ao lidar com erário. Não é à toa que vem de uma  escola exemplar que é o  Banco do Brasil, onde se trabalha com somas vultosas de dinheiro dos outros...

Pois bem!!! E por falar em políticos de Caetés, Uma família que se dizia dona daquele lugar,  nesses últimos 20 anos, venderam a alma ao diabo para chegar ao poder e roubaram até umas “zora”.  Agora estão pagando a conta se não em dinheiro pelo menos em uma maçaroca de processos por desvio de verbas e o escambau a quatro. Como se sabe, o poder anestesia o cérebro da esmagadora maioria dos homens e da quase totalidade dos políticos tornando-os ridículos. Eles acreditam piamente que em estando momentaneamente com o poder nas mãos é ser dono de tudo e  de todos inclusive da verdade, coitados, isto serve também e principalmente para o nosso "nunca antes", que também nasceu em Caetés. A pior coisa que aconteceu para o "nunca antes" foi ele ter acreditado no que o Obama falou "ESTE É O CARA!!!". Tá aí, a um passo de terminar o resto de sua vida atrás das grades de uma imunda  cadeia...

Os cinco séculos de história humana brasileira, têm comprovado que todos os tipos de governo têm sido ineficiente e não responderam aos anseios e ideais mais nobres do "SER" dentro do ser humano. A monarquia, o comunismo, o socialismo,  a ditadura, a democracia, enfim, todos cometem deslizes morais. O único regime de governo que preencheria os ideais e sonhos mais nobres em toda sua plenitude, seria a  TEOCRACIA o governo exercido diretamente pelo o nosso  Deus todo poderoso.

É claro que o município de Caetés não é governado por um regime de  governo teocrático, mas 90% da população caeteense, tem em Armando Duarte, um santo: administrativamente falando, honestamente falando... Pegando o vocábulo SANTO ao pé da letra, claro que não tem cabimento fazer esta comparação com o prefeito de Caetés, mas que ele obra milagre, isso sim!!! Até porque, político  santo que não obra milagre o eleitor derruba da parede na próxima eleição. Sabedor dessa teoria, Armando arregaçou as mangas deu uma banana para a  crise que está aí e que não dá sinal quando vai embora e mãos à obra. Mesmo pegando uma estrutura financeiro-administrativa totalmente sucateada pelo seu antecessor, os cofres municipais totalmente saqueados as contas arrombadas, na verdadeira acepção da palavra um caos total, um colapso absoluto!!!

Armando Duarte é um daqueles “TIPO DE PREFEITO” que toda cidade sonha em tê-lo. Mas por que essa tara toda em um bom prefeito do quilate do de Caetés?!?!?! A sabedoria popular não é trouxa, e tem de có e salteado aquela máxima: QUER SER BOM PREFEITO?!?!?! É SÓ NÃO ROUBAR!!!  O uso correto do dinheiro público leva qualquer administrador a incorrer e  divulgar a  boa prática de gestão e, consequentemente, a satisfação da comunidade da qual ele é o primeiro gestor e responsável pela correta aplicação das minguadas  verbas e dos pacos recursos de uma prefeitura do porte de Caetés.   Parece até que, naquele município, o povo pressentiu com bastante antecedência que iria eleger  um prefeito forte porque o serviço da prefeitura seria bom, ou, o serviço da prefeitura de Caetés é bom porque o prefeito é forte. Eis a questão...


Finalmente, em que pese Armando Duarte não ser uma figura carismática, até porque prima pelo seu estilo moderado e equilibrado em suas decisões, vem paulatinamente conseguindo um lugar ao sol e hoje não seria exagero afirmar que o político do PTB, Armando, configura-se ou está entre as três maiores lideranças políticas de todo o Agreste Meridional. Qual seria a razão primordial para em pouco mais de três anos, o político de Caetés  atingir uma CONFIANÇA estrondosa perante os seus munícipes com tamanha magnitude ao dirigir um município economicamente com severas restrições e deficiências estruturais?!?!?!  Muito simples, afinal  CONFIANÇA não se compra, se conquista!!!

3 comentários:

  1. Esse cabra ta querendo uma sombra fresca em Caetés faz me rir Altamir Pinheiro

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho o maior cuidado do mundo para me intrometer em assuntos alheios em se tratando de outros municípios do agreste até porque conheço a fundo todas essas mazelas dessas cidades já faz uns 36 anos.

    Caetés e Capoeiras cruzei muito os seus torrões por uns 3 anos.Sempre achei que essas duas cidades deveriam marchar juntas para conseguir uma grande obra de abastecimento d!agua que amenizassem o sofrimento desse gente gene no período das secas cíclicas.

    O Lula como um grande pensador hoje deve ter pensado de que mais uma seca assola o Nordeste já faz 5 anos e somente agora as trovoadas voltaram para encher os açudes do Agreste Meridional, setentrional e parte do sertão do Araripe e Moxotó.

    Mas a grande obra que virá para resolver em parte os problemas da seca será a Adutora do Agreste, uma obra iniciada o Governo do ex-governador Eduardo Campos com o aval do Governo Federal através da Transposição do Rio São Francisco,uma secular iniciada por Lula e será terminada no Governo da Dilma.

    Quando ao prefeito de Caetés, ARMANDO MONTEIRO,trata-se de um grande homem. Não sabia que ele teria vindo de uma experiência espetacular e de uma escola que é o Banco do Brasil.

    Foi muito bom,ALTAMIR PINHEIRO, você descrever o histórico desse grande prefeito tal e qual você fez da Prefeitura de São Bento do Una, Débora Almeida.

    Agora sim, passei a lhe conhecer melhor com um vocabulário que condiz também com o funcionário de carreira que você do Banco do Brasil.

    Palavras sábias e generosas fora aplicas ao grande gestor da Cidades de Caetés,Brasil!.

    ResponderExcluir
  3. O que faz um PREFEITO da qualidade de sua Excelência,Armando Duarte, receber grandes elogios foram exatamente algumas medidas tomadas na sua gestão para elevar a auto estima de seu povo.

    O poder já estava nas mãos do Zé da Luz há 20 anos.Havia há praticamente 3 anos uma grande expectativa de Garanhuns e Caetés eleger o lá e lô,isto é, o prefeito de Caetés filho do Zé e o próprio Zé prefeito de Garanhuns.

    Houve uma grande pancadaria nos palanques e os ataques vieram numa velocidade muito grande atingindo em cheios as duas cidades simultaneamente.

    Havia pelo meio uma imposição de se colocar o ex-prefeito de Lajedo para ser o candidato por Garanhuns,o Antônio João Dourado,o qual, usando de uma arrogância e prepotência fora do comum chegou a dizer publicamente que teria sido uma condição imposta pelo palácio do governo através do ex-governador Eduardo Campos.

    Então, foi vasculhado toda a vida do Zé da Luz e com a eleição do seu filho a prefeito se consagraria a perpetuação no poder da família Sampaio.

    0 eleitorado de Caetés resolveu então mudar.E fez uma mudança para melhor.O prefeito tendo uma experiência de vereador e funcionário de carreira do Banco do Brasil fez até agora uma administração ímpar e exemplar com uma equipe de governo mais sintonizada com a população e com o apoio do Senador Armando Monteiro e Dilma e soube conciliar o governo municipal com o governo eleito de Pernambuco procurando ocupar todos os espaços sem dar vez a oposição a lhe fazer uma crítica contumaz e ferrenha.

    Aliás nem precisava porque quando um administrador municipal mora na cidade e cobra de seu secretariado mais presença e atuação as coisas vão se resolvendo gradativamente.

    Não se admite que por mais caótica que seja a crise econômica federal um prefeito não tenha dinheiro para tampar buracos em uma estrada que é sua e muito menos dentro da cidade com os calçamentos cheio de buracos deixando os seus atacá-los constantemente.

    Assim,creio eu, deverá ser reeleito tranquilamente,mas é preciso ponderar e ser firme de que em política não se pode confiar,pois o ex-prefeito Dudu foi surpreendido em Capoeiras tendo uma administração transformadora com uma reforma grandiosa que ele fez no curra de gado daquela cidade e com as obras feitas na zona rural.

    E a melhor maneira é respeitar o adversário por mais erros que ele tenha cometido,porém tem raízes e muitas obras feitas na zona rural por esses 20 anos.

    ResponderExcluir