Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Governo de Pernambuco

ELIANE ASSUME PREFEITURA DE PALMEIRINA

A vice-prefeita de Palmeirina, Eliane Vicente (filha do ex-prefeito Antônio Vicente) assumiu a Prefeitura do Município no final da manhã e início de tarde desta sexta-feira, em função do afastamento do titular do cargo, Renato Sarmento (PMDB), afastado por decisão judicial a pedido do Ministério Público. 

O gestor vinha atrasando frequentemente os salários dos funcionários, principalmente dos aposentados e apesar das advertências do promotor da cidade não procurou regularizar a situação.

O prefeito foi afastado preventivamente por 180 dias, período em que Eliane estará à frente dos destinos do Município.

A administração de Renato não tem agradado aos moradores de Palmeirina, que fazem críticas ao gestor nas ruas e redes sociais. Ele e a vice não se entendem desde a campanha política de 2014, quando cada um apoiou candidatos diferentes para o governo do Estado, Assembleia Legislativa e Câmara Federal.


O clima em Palmeirina neste momento é de festa e os adversários de Sarmento comparecem em peso a posse de Eliane. O ex-prefeito Eudson Catão também prestigia esse momento histórico do seu município.

*Eliane na foto de urna. Ela se elegeu vice-prefeita pelo PP.

6 comentários:

  1. O cargo de vice prefeito deveria ser extinto.Neste caso assumiria o cargo o Presidente da Câmara Municipal que é irmão da mesma.

    Em Palmeirina existe um atraso político muito grande.Os ex-prefeitos brigam permanentemente.A cada eleição os vices brigam com os titulares e os prefeitos tem agido de forma errada.Cada um procura atingir o outro e acontecem reviravoltas mirabolantes numa terra pobre de homens públicos da melhor qualidade. É uma pena! O prefeito errou e está pagando caro pelas besteiras que fez.

    ResponderExcluir
  2. Pelo que vejo este Juiz tinha que vim para a comarca de Brejao. Pois lá a coisa estar feia.

    ResponderExcluir
  3. Palmeirina é uma cidade muito atrasada economicamente e politicamente. A elite da cidade valorizam mais bois do que os seres humanos, infelizmente a cidade está sem opções para próxima eleição, pois não muda da nada serão as mesmas pessoas todos pensando me si e nunca no povo pobre e sofrido da cidade.

    ResponderExcluir
  4. Quantas fabriquetas foram construídas na geração de emprego e renda nessa cidade de Palmeirina até hoje?

    Os ex-prefeitos fizeram muitas festas, gastaram muito dinheiro,mas quantas hectares de terras eles compraram para a agricultura familiar?

    Brigaram demais até,reina absoluto ,mas quase nada se fora feito para dar trabalho ,trabalho e mais trabalho aos jovens ociosos.Por quê? A agricultura falida,e por quê? Agora é proibido produzir e trabalhar na roça? Com tantas mananciais d!agua, cadê as barragens e a terra para o pobre trabalhar?

    ResponderExcluir
  5. Essa jovem prefeita ao me parece deve ter uma boa índole para fazer uma governo diferente em Palmeira. É filha de um grande homem e tem raízes históricas e colocando a casa ordem poderá se credenciar para alçar voos mais longínquos. Isso é bom que aconteça porque uma parte dos homens governando deixaram muito a desejar. Falta leitura,educação política e habilidade com o trato com a coisa pública. Parece que quase todos estão contaminados pelas varreduras que se fazendo no Brasil inteiro.

    ResponderExcluir
  6. A Prefeita de Palmeirina deve ser Verônica

    ResponderExcluir