SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO

PREFEITURA DE GARANHUNS COMEÇA A PAVIMENTAR RUAS NO BAIRRO ALOÍSIO PINTO

Do blog de Carlos Eugênio:

Num misto de descrédito e confiança, um grupo de moradores do bairro Aloísio Pinto esteve prestigiando a solenidade de assinatura da ordem de serviço para pavimentação em paralelepípedos e drenagem de 20 ruas naquele Bairro. É que depois de vários anos de espera, o Prefeito Izaías Régis (PTB) assinou no inicio da noite passada, dia 23, o documento que autoriza a empresa CPM Construtora Ltda – EPP a iniciar os serviços.

Segundo o prefeito, que esteve acompanhado de vereadores, secretários e assessores, as ruas Frei Henrique de Coimbra (2º Trecho); Tomé de Souza (2ª Trecho); Pêro Vaz de Caminha (1º e 2º Trecho); Pedro Álvares Cabral; Rua do Ouro; João Paulo da Silva; Nilo Ferreira; Cláudio Manoel da Costa; Padre Dehon; Estácio de Sá (2º Trecho); Travessa Estácio de Sá; Gervásio Pires (1º e 2º Trecho); José Bonifácio (1º e 2º Trecho); Dos Abolicionistas; 2ª Travessa Princesa Isabel; Avenida Lions; Duarte Coelho; Jerônimo de Albuquerque; Avenida Dr. Jardim; Tiradentes serão beneficiadas com as ações de infraestrutura. 

As obras estão orçadas em cerca de R$ 3,3 milhões de reais, todavia a origem dos recursos ainda não foi anunciada pela Prefeitura.

“Também vamos fazer, em asfalto, as ruas Antônio de Almeida; Tomaz Antônio Gonzaga; Travessa Tomaz Antônio Gonzaga; Belém; Travessa Belém e Francisca Tinô do Amaral. Nessas o trabalho já teve inicio”, registrou Izaías, durante o seu discurso. 

É importante registrar que a ordem de serviço para execução das obras nestas ruas citadas pelo Prefeito foi dada em abril de 2014 e depois de dois adiamentos do Contrato, as ações foram iniciadas há cerca de 15 dias.

Criticado por alguns cidadãos e pela maioria dos oposicionistas por priorizar as ações de infraestrutura, deixando em segundo plano os investimentos na saúde, na educação e no social, o Prefeito disparou: “o calçamento eleva a autoestima da gente. Traz movimento na rua. Traz negócios para a rua, para o Centro comercial de Garanhuns, quando as pessoas vão comprar mais tinta para pintar a frente das suas casas e quando vão trocar os móveis, porque não tem lama e nem poeira. Isso tudo é a mão que vai e volta do crescimento econômico de uma Cidade”, pontuou Izaías. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário