quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

VIOLÊNCIA TOMA CONTA DE ANGELIM

Angelim sempre foi um dos municípios mais tranquilos do Agreste Meridional. Era. Hoje a cidade está nas páginas policiais regularmente, por conta de assaltos, tentativas de homicídios e crimes de morte. A população está assustada, sem saber a quem culpar e a quem recorrer.

Samuel Salgado, que foi prefeito de Angelim em três oportunidades, descreve um quadro assustador do município, que pede socorro às autoridades.

ANGELIM PEDE SOCORRO

A crescente ocorrência de furtos, assaltos, agressões e homicídios vêm gerando pânico em toda comunidade angelinense.

A cada dia que passa a situação vai piorando. É violência e mais violência.

Só pra relembrar, foram assaltados Biu do Bar, Renan e Zé de Euclides. Sofreram tentativas de homicídio, entre outros, Jackson Henrique e meu cunhado José Vanildo Duarte. Vários assassinatos foram cometidos. Nos dois mais recentes, foram vítimas Aluísio Gomes de Souza Neto e Diego Feitosa de Melo Lucas.

Vejamos algumas das manchetes do Blog Agreste Violento, divulgando fatos ocorridos em nossa cidade:

Setembro de 2013 - “Comerciante foi baleado” (cidade)
Vítima: José Vanildo Duarte, 63 anos.

Novembro de 2013 - “Bandidos explodem Caixa do Banco” (cidade).

Abril de 2014 - “Jovem é brutalmente assassinado com espingarda
12” Vítima: José Manoel Bernardino da Silva.

Dezembro de 2014 - “Homem é assassinado a tiros” (Bar de Biu)
Vítima: José Romildo Cardoso, 19 anos.

“Jovem é assassinado” (Bairro Madalena Sofia)
Vítima: Aluísio Gomes de Souza Neto, 20 anos.

Janeiro de 2015 - “Polícia civil confirma homicídio em Angelim”
Vítima: Diego Feitosa de Melo Lucas, 24 anos (Rua Bela Vista)

A população está assombrada!

Estamos vivenciando um verdadeiro caos em termos de segurança.

Os assaltos acontecem em plena luz do dia. Os homicídios são constantes. Nunca se viu tanto sangue derramado!

Fico estarrecido, surpreso, indignado, revoltado, mas também muito triste com tudo isso.

Como filho de Angelim e ex-prefeito da cidade, junto meu grito de socorro aos de tantos outros: autoridades angelinenses, a situação é gravíssima. O problema é sério e tem que ser atacado às pressas. O povo vive amedrontado e desesperado. É questão de vida ou morte. Socorro!

É necessário a união de todos: autoridades civis, militares, eclesiásticas e o povo. URGENTEMENTE, é preciso descobrir os responsáveis pela violência, punindo-os, pois só assim poderemos acabar com esse mar de sangue em Angelim e outra vez andarmos com segurança pelos sítios e pelas ruas da cidade.

Basta de tanta violência!!!!!!

Samuel Salgado - Janeiro de 2015

8 comentários:

  1. AGRADEÇO AO JORNALISTA ROBERTO ALMEIDA POR DIVULGAR ESTE TEXTO, ASSIM CONTRIBUINDO PARA O COMBATE AOS DESMANDOS EM ANGELIM,

    ResponderExcluir
  2. A violência é um problema social e não somente policial. Está em todos os locais e não somente na ex pacata Angelim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com vc, mas não devemos NUNCA se acostumar com o que estar errado. Saber que o problema da segurança é social isso é indiscutível, mas ainda é mais político se a população não dispõe dos serviços de segurança do Estado e município a quem recorrer?????????????? O que está acontecendo é justamente isso não tem segurança a população é lesada e estão fazendo justiça com as próprias mãos e os pistoleiros de plantão estão deitando e rolando, se aproveitando da situação e cada um tome conta da sua casa e quem estiver praticando roubos e furtos se cuide ou corra que a nova "LEI" das cidadezinhas sem policias e sem compromisso com a população infelizmente é essa e em ANGELIM a coisa tá pegando.

      Excluir
    2. VIOLÊNCIA 1:

      Uma cidade de pequeno e médio porte tem 9 vereadores.Tem um prefeito e um vice.Tem no mínimo 7 secretarias.Toda essa gente tem a obrigação de se unir e fazer força para juntos com as autoridades responsáveis pela segurança pública buscar encontrar meios legais para conhecer a fundo os problemas sociais e assim trazer a ordem e a segurança para o seu povo.

      Não é um ou dois policiais que vão dar segurança a uma cidade e sim a união e junção de forças para combater essa praga que é a violência.

      A violência é a pior questão a ser defendida pelos prefeitos,seus vereadores sejam do governo ou da oposição.Quem é oposição cobra do governo providências enérgicas sobre as mortes,os assaltos que ocorrem dentro de seu município.

      Quando houve o referendo popular para proibir a comercialização de armas no Brasil a maioria dos brasileiros votaram contra.Muitos fizeram coro contra e hoje essas mesmas pessoas estão vendo que votaram errado.

      Algumas achavam de que seria somente os bandidos iriam ficar armados e o cidadão não. Outros não tinham a menor noção o que significaria o fim da COMERCIALIZAÇÃO DE ARMAS.E outros que foram a favor do REFERENDO POPULAR que queria o aval dos eleitores para proibir a comercialização , mas que por falta de EDUCAÇÃO DO POVO, não souberam o que significava o SIM ou o NÃO. Tudo foi errado.Ninguém entendeu nada.

      Uma certa vez eu cheguei numa roda de pessoas em torno de 10 e todos diziam que eu estava contra o povo ao votar pelo fim da comercialização de armas.Porque somente iria favorecer aos bandidos.Eu fiquei calado porque eles não sabiam o que estava dizendo e falando.

      Eles o povão não sabia e nem sabe que existe uma Lei de desarmamento em vigor que é CÓDIGO DO DESARMAMENTO .

      Passado o referendo popular e até hoje nós não podemos andar com uma arma guardada porque se for pego vai preso e fica processado. É isto que a população não entendeu.Pensava os afoitos de que o REFERENDO POPULAR iria tirar do cidadão o direito de portar uma arma e como de fato não pode,mas que com o fim do referendo ninguém entendeu foi nada mesmo.


      Excluir
    3. VIOLÊNCIA 2:

      Quando existem essas coisas todo mundo diz nas ruas e nos sítios cadê o Prefeito? Cadê os Vereadores? Sim, estes e outros assuntos precisam ser debatidos e questionamentos dentro do recinto das CÂMARAS MUNICIPAIS. Foi para isto que o povo elegeu 9 vereadores, o prefeito com seu vice e Secretariados.

      Na minha cidade sempre existiu uma violência braba.E existem alguém que fazia questão de sair pelas ruas propagando as violências.Muitas dessas pessoas apoiavam os bandidos.Muitas delas faziam parte do governo.Quando foram para as oposições passaram a jogar no colo do Prefeito tudo o que ocorre de errado dentro do Município.

      Quando o Prefeito convoca a polícia e bota torando essas mesmas pessoas tiram o corpo fora e passam a criticar o prefeito por ter agido dentro e fora da lei.E começam a usar de subterfúgios dizendo que a polícia é violenta e a culpa é do Prefeito.Mas os bandidos roubam, matam, estupram e ficam por isso mesmo.

      A Indonésia mostrou ao mundo de que qualquer pessoa que entrar em seu país portando maconha e drogas em geral vai para o fuzilamento.No Brasil já existem o fuzilamento oculto é só consultar os cartórios de registros civis e fazer um levantamento das pessoas executadas diariamente no país.

      Existem no seio da sociedade uma visão de mundo totalmente distorcidas. Pergunte a qualquer cidadão qual seria o correto? Desarmar a sociedade ou armar a sociedade toda?

      A grande maioria responderia armar a sociedade.Eles alegam de que o bandido tá armado até os dentes e os cidadãos estão desarmados.

      Ora se a arma desse segurança aos cidadãos e cidadãs bastaria que todo mundo estivesse armado e se tirava as polícias das ruas e assim a segurança seria feita pelas próprias mãos.

      Até meados de 1986 era assim. E mesmo assim os jagunços e justiceiros continuavam matando e roubando a população. Mas nos perguntamos quem é e são hoje os bandidos? Se grande parte dos bandidos são de colarinhos branco e usam gravatas?

      Finalmente, um Diretor,um Professor,um Tabelião,um Policial, um Sargento, um agente policial, um Delegado e uma Secretária participaram de uma reunião sobre o CONSELHO DA PAZ.

      O Diretor muito inteligente perguntou ao Sr. Delegado de Polícia. É ou não é função e obrigação do Estado garantir a segurança de todo e qualquer cidadão brasileiro?

      O delegado respondeu sim.Mas ao mesmo tempo ele indagou o Diretor dizendo assim: " Sr. Diretor,quem garante a nossa segurança individual como autoridade policial? Ele complementou,é Deus que nos garante e dá forças para exercer esse trabalho.

      O agente da polícia civil se levantou e disse a todos os presentes.O policial é igualzinho a um papel higiênico.O Diretor imediatamente discordou dizendo que era um desprezo muito grande comparar um policial com um papel higiênico.

      O agente respondeu. Professor, quando a gente usa o papel higiênico joga no lixo imediatamente. É feito a polícia, somente se chama a polícia para apartar as brigas e quando é cometido um homicídio. Ninguém chama um policial para um jantar.

      E terminou dizendo assim o agente da polícia civil: "eu fui apertar uma briga de duas mulheres que estavam enroladas no tapa na Cohab. Entrei no meios delas duas e quem terminou apanhando fui eu quando elas me levaram ao chão.Levei tapas das duas na cara". No final da reunião todos nós saímos rindo à toa.[esta é uma homenagem ao grande agente da polícia civil de Pernambuco, MANÉ GUEDES] , o qual, prestou um grande serviço de segurança pública aqui no Agreste Meridional.

      Conclusão: é muito difícil agradar a gregos e troianos em matéria de SEGURANÇA PÚBLICA. E é preciso coragem do Prefeito,dos Vereadores da cidade,dos homens de bem e da polícia para agir combatendo essas pragas que ameaçam a integridade física e moral de uma sociedade. Quem sofreu na pele a violência é quem sabe contar essas e outras histórias de vida.

      Autor: um desconhecido cidadão.Obrigado por divulgar! Roberto.

      Excluir
  3. Caro Samuel Salgado, isso não é uma prerrogativa de Angelin e sim do estado de Pernambuco, o nosso governo estadual simplesmente retirou os policiais das duas ou melhor não tem policiais nos quartéis pois os poucos que existe são uns verdadeiros heróis pois estão sufocados trabalhando feito loucos e ganhando muito pouco, então a nossa região estar abandonada e não só angelim, isso tá cheirando a politicagem e com muita irresponsabilidade. Paulo Souza - boa vista - Garanhuns

    ResponderExcluir
  4. Aqui em Angelim tá uma zorra total nem SEGURANÇA e nem EDUCAÇÃO são levadas à sério, acharam pouco o corte dos policiais nas ruas agora são os ônibus que trasportam os estudantes para Garanhuns que foram cortados. E AGORA o que dizer?? nada, só lamentar!!!!

    ResponderExcluir
  5. Sai prefeito e entra prefeito e Angelim continua na mesma, o que entra culpa o que saiu e o que saiu culpa o que entrou e assim anda nossa pobre cidadezinha, nada, nada ,nada mais nada mesmo muda. Só o povo ficando cada vez mais velho e b....! em eleger salgado e calado.

    ResponderExcluir