segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

RACHEL SHEHERAZADE DEFENDE PENA DE MORTE

Em comentário feito hoje, na Rádio Jovem Pan de São Paulo, a jornalista Rachel Sheherazade defendeu abertamente a pena de morte, que atualmente é aplicada em apenas 56 países do mundo.
Um deles é a Indonésia, onde o traficante brasileiro Marco Archer foi executado, apesar do pedido de clemência do Governo Brasileiro. Na sua análise, Rachel disse que a Indonésia é um país sério, ao contrário do Brasil.
A íntegra do comentário da jornalista da jovem Pan e também apresentadora do SBT:
Depois de falhar em sua tentativa de conseguir clemência para um dos condenados à morte na Indonésia, o brasileiro Marco Archer, a presidente Dilma mandou dizer, em nota, que estava "consternada e indignada" com a execução do traficante.
Archer foi flagrado em 2003 no aeroporto de Jacarta com mais de 13 quilos de cocaína. Aquela não era sua primeira viagem de negócios. Marco era um traficante tarimbado com 25 anos de experiência. Com o dinheiro do tráfico, levava uma vida fácil, de luxos, festas, mulheres e viagens pelo mundo. Depois de ser julgado pela instância máxima da justiça da Indonésia, se tornou o primeiro criminoso brasileiro condenado à pena de morte.
A Anistia Internacional condenou o governo da Indonésia pela execução. Considerou a pena de morte uma regressão para os direitos humanos.
A presidente brasileira mandou até trazer de volta o embaixador do país "para esclarecimentos", um gesto que, diplomaticamente, representa um estremecimento nas relações entre os dois países.
Dilma pode até fazer cara feia, bater o pé, mandar voltar o embaixador, pode fazer a "mise en scène" que quiser. Mas, não tem poder de interferir na decisão judicial de um outro país.

Como o Brasil, a Indonésia tem leis próprias, soberanas, que devem ser obedecidas, sob pena de condenação.
Como outros 56 países, a Indonésia também aplica a pena capital.
Ao contrário do Brasil, considerado a principal rota de cocaína na América do Sul e cujas fronteiras dão boas vindas a traficantes de todas as partes, a Indonésia se esforça ao máximo para extirpar o tráfico de suas ilhas.
Em resposta às críticas de movimentos "ditos" humanitários contra a morte dos traficantes, o presidente da Indonésia, Joko Widodo escreveu: "A guerra conta a máfia da droga não pode ser feita com meias medidas, porque as drogas têm verdadeiramente arruinado a vida dos usuários e das suas famílias."
O potencial de destruição de um traficante só pode ser medido pelas vítimas de seu negócio.
O Brasil é o país com o maior número de viciados em crack e o segundo maior mercado consumidor de cocaína do mundo. Dados da Polícia Militar de São Paulo estimam que 80% dos crimes urbanos cometidos no Brasil têm alguma relação com tráfico de drogas.
Vinte mil brasileiros morrem todo ano em pelo consumo de drogas ou por crimes relacionados ao tráfico.
E apenas 5% dos dependentes de drogas conseguem viver em estado de recuperação.
Quer saber a dimensão do o mal que um traficante pode causar? Pergunte a quem perdeu um pai, uma mãe, um filho, uma família para o vício....
No ano 2000, um brasileiro perdeu o próprio irmão para as drogas: o traficante Marco Archer. Seu irmão, Sérgio, que costumava espancar a mãe para tomar dinheiro que lhe sustentava o vício, morreu vítima de overdose.
Em vez de se comover com o próprio drama familiar, e se colocar no lugar das famílias destruídas pelas drogas que ele mesmo vendia, Archer lavou as mãos e preferiu ser um mercador de desgraças.
Se preso no Brasil, seria acolhido pela condescendência do nosso Código Penal. Mas, deu azar de ser flagrado num país sério, onde a Justiça dá o exemplo: aqui se faz, aqui se paga.

9 comentários:

  1. ESTRANHO, NÃO!!! A PETEZADA ANDA MUITO COMOVIDA COM O FUZILAMENTE DE UM TRAFICANTE... EM CUBA, TODO DIA HÁ FUZILAMENTO DE DISSIDENTES QUE SEQUER SÃO JULGADOS PARA SABER O PORQUÊ FOI CONDENADO E PORQUE SERÃO FUZILADOS NO EL PAREDÓN DE FIDEL. ISSO, SEM FALAR NA ENORME QUANTIDADE DE PRESOS POLÍTICOS QUE ESTÃO MOFANDO NAS MAMORRAS DO REGIME CARIBENHO. QUE AMOR PLATÔNICO É ESTE DO PT COM A CUBA DE FIDEL, HEIN GENTE!!! MAS, É COMO DIZ O JORNALISTA REINALDO AZEVEDO: “Sabem por que petistas e regimes autoritários estão sempre de braços dados? Eles têm uma espécie de proteína que logo os liga a tudo o que não presta. Trata-se de uma vocação moral.”


    P.S1.: - Um sujeito que não era herói e sim traficante causou toda essa celeuma, imagina se... Como ele foi cremado, acredito eu, que suas cinzas deveriam ser jogadas para debaixo do tapete da DILMA CORAÇÃO VALENTE & COMOVIDO...

    P.S2.: - O véu da demagogia a tudo abençoa. Os plantonistas da bondade bem que podiam sair do armário e bradar: “je suis demagogô”...

    ResponderExcluir
  2. Além de linda, nordestina, honesta e inteligente ela está mais do que certa!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu não entendo porque essa Raquel não escreveu uma linha sobre o HELICOCA (helicóptero com meia tonelada de cocaína). Será se é pq envolvia o queridinho da direita?
    Carlos.

    ResponderExcluir
  4. se fosse com um parente dela, queria só ver o que ela iria dizer, o engraçado é que a raquel se diz cristã, acho que ela anda meio esquecida que um dos preceitos fundamentais do cristianismo é o perdão. provavelmente ela só é cristã na hora de apontar os pecados (erros) dos outros.

    ResponderExcluir
  5. Realmente essa "senhora" não fala do Helicóptero com 450 Kgs de cocaína, que não deu em nada.Elogia-se um Presidente que prende um brasileiro por 11 anos e depois o mata, e porque essa coisa não fala dos 450 Kgs de cocaína descobertos, e em absolutamente nada deu, considerando-se que o Senador perdedor das eleições é um aficcionado da branquinha, e queria ser Presidente da Republica. Acho que o aeroporto de titio, só descarregaria a dita cuja.

    ResponderExcluir
  6. José Fernandes Costa21 de janeiro de 2015 20:09

    Essa burra branca Rachel Sheherazade, é bonitinha, mas ordinária!! - Ela sabe que se a pena de morte fosse adotada no Brasil, só os traficantes miudinhos, seriam fuzilados!! - Deputados, senadores, grandes empresários etc., etc. que usem e abusem das drogas, jamais sofreriam uma penitência sequer!! - Como a pena de morte é irreversível e os nossos julgadores não dão muito valor aos criminosos sem poder aquisitivo, poderiam, muito bem, fuzilar inocentes!! - 2. A pena de morte é um mecanismo "jurídico" estúpido!! - Típico de tribos desprovidas de qualquer pensamento lógico, ético ou moral. - Porém, NÃO é preciso invocar conceitos da moral, nem das religiões!! - É, TÃO SÓ , PROCEDIMENTO DE POVOS BÁRBAROS, que pensam e agem independentemente da ÉTICA e da MORAL!! - Pena de morte é INSTITUTO ANACRÔNICO, AUTORITÁRIO!! - É um esqueleto que se torna legal. - Outra: - A Indonésia ignora, cinicamente, os crimes sexuais CONTRA AS MULHERES!! - E outras formas MAIS de violências que ATINJAM as MULHERES; também, essa mesma Indonésia estimula as práticas terroristas, que convenham aos interesses políticos que lhe sejam favoráveis. - Ainda: essas cortes julgadoras de lá, têm independência MUITO questionável. Além de tantas outras práticas MUITO discutíveis, que reinam naquele país. - 3. E nem a presidenta DILMA, nem os demais signatários dos pedidos de clemência dirigidos à Indonésia, queriam que o traficante brasileiro fosse inocentado. - Todos queriam que ele recebesse uma pena abrandada, por exemplo: prisão perpétua!! - 4. Os que condenam a presidenta DILMA, nesse episódio, DESCONHECEM as funções de um chefe de Estado, perante o seu povo e o mundo exterior. - Principalmente, quando está em jogo a vida de um brasileiro, em outro país!! - Esses que condenaram e condenam os esforços da presidenta, agiram e agem com MÁ-FÉ ou por pura IGNORÂNCIA. / .

    ResponderExcluir
  7. A jornalista Rachel Sheherazade, mais uma vez está certa, não tem que ter pena de bandido não, como diz um famoso personagem de um dos nossos melhores filmes nacionais BANDIDO BOM, É BANDIDO MORTO !!!

    ResponderExcluir
  8. Senhores e queridos críticos acima mencionados. Cada um de nós temos os nossos pontos de vistas seja aplaudindo ou criticando, elogiando ou discordando.Tudo é normal.

    Provavelmente seria trágico se nós tomássemos conhecimentos através dos cartórios locais e regionais se fizessem um levantamento dos fuzilamentos que já foram feitos em Pernambuco,Alagoas, São Paulo,Rio de Janeiro,Minas Gerais, enfim, no Brasil inteiro somaria mais ou menos mais de um milhão de pessoas nos últimos 20 anos.

    Os drogueiros e traficantes vão pensar duas vezes antes de entrar na INDONÉSIA país asiático e a quarta população mundial com mais de 250 milhões de pessoas.

    O comentário nos leva a reflexão por diversos ângulos e tem sentido e direção. Os que usam drogas o fazem para sobreviverem,para enriquecerem e terem uma vida mais fácil,etc.Outros porque se viciaram apenas. E outros porque é uma forma de ganhar muito dinheiro. E outros porque quando se viciam não tem mais condições de voltar atrás.

    A pena de morte é questionável principalmente porque somente os pretos, os pobres e as prostitutas iriam para o paredão. E os ricos que compram o povo e hoje aprovam um aumento de salário de R$ 7.039,87 o dará em um ano R$ 84.478,44 e em quatro anos R$ 337.913,76.

    Enquanto que o trabalhador aumentou R$ 64,00 que corresponderá em 1 ano o valor de R$ 768,00 e que em quatro anos conforme a projeção de uma inflação futura em R$ 36.864,00 ( 768,00 x 12 meses x 4 anos). Será que os ladrões da Petrobras seriam fuzilados também? Eis a questão!

    Um pais educado, civilizado,ético, com políticos sérios e honestos, provavelmente não precisaria de drogueiros, doleiros,lobistas e de políticos bandidos e ladrões. Hoje o Brasil não estaria aumentando uma carga tributária para a pobreza pagar graças aos nossos DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES.

    ResponderExcluir
  9. Raquel esta mais que certa
    protegendo bandido o Brasil esta nessa situação.

    ResponderExcluir