ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

segunda-feira, 19 de maio de 2014

GOVERNOS E ELEITORES SEM UM MÍNIMO DE VERGONHA OU O TAL DE PADRÃO FIFA

Deu uma doideira na cabeça de muitos brasileiros que veem a Copa do Mundo como a causa de todos os males do país.

Ora,  a saúde pública, a educação, a segurança pública são uma desgraça desde o descobrimento, passando pelo Império, República Velha, Nova República, Ditadura de Vargas, Ditadura de 1964, Sarney, Collor, Itamar, FHC e Lula.

Aí ficam uns sabidinhos escrevendo por aí: “Eu quero hospital com padrão FIFA”, “Queremos escolas com padrão FIFA”. É uma besteirada danada. A Federação Internacional de Futebol, que sempre foi um ninho de corruptos, como é a CBF, não tem nada a ver com escolas e hospitais. Assim como o dinheiro dos estádios e de outros gastos da Copa não está sendo tirado da saúde nem da educação.

Os gastos com educação e saúde são regulados pela Constituição Federal e tanto o Governo Federal quanto estados e municípios podem ser penalizados se não cumprirem os percentuais de investimento nessas áreas.

A saúde no país é ruim por uma série de fatores, que passa por incompetência na gestão, corrupção e uma demanda muito forte porque o Sistema Único de Saúde universaliza o atendimento aos brasileiros. Independente de Copa e construção de estádios pode melhorar se houver um esforço conjunto dos governos federal, estadual e municipais. E se diminuir a roubalheira em cada instância de poder.

Temos tido alguns avanços na Educação desde Itamar Franco, mas ainda falta muito. Precisamos valorizar o professor, pagar melhores salários, mas estes também precisam evoluir. Não dá para acreditar num professor que nunca leu um livro na vida, lecione matemática, português, ciências, geografia, história ou educação física.

Culpar os governos é muito fácil, mas a responsabilidade é de todos. Não tá com a gangrena que Roberto Magalhães, Arraes, Joaquim, Jarbas, Eduardo Campos e todos que passaram pelo Palácio das Princesas sejam exatamente iguais, pois foram igualmente hostilizados pelos funcionários públicos.

Arraes, que era um governante com sensibilidade social, ligado ao povão, chegou a ser chamado pelos servidores de “Pinochet de Pernambuco”. Um absurdo completo.

Tem gente que não sabe quem foi Pinochet, nem Médici e não tem noção das diferenças de uma ditadura para uma democracia.

Muitos governantes desconhecem o valor da Cultura e tem gestor pensando que cultura é fazer festa com banda de forró de quinta categoria.

E o problema do Brasil tem tudo a ver com nossa herança cultural. A bagunça começou com os portugueses que mandaram pra cá o que de pior tinha por lá.

Veio o Império, a República, já estamos no Século XXI e somos uma potência em termos econômico. Mas a indigência cultural no Brasil é de dar pena. Na Argentina, um país pequeno e em crise, você topa com uma livraria em cada esquina e as pessoas leem em todo lugar.

Até o Uruguai nos supera em muitos aspectos.

O tal de “jeitinho brasileiro” sobrevive e entre nós o que vale não é inteligência, cultura ou conhecimento e sim esperteza, muitas vezes sinônimo de malandragem. Daí para virar um ladrão respeitado de colarinho branco é um passo.

A internet, um instrumento tão forte para disseminar informação, anda servindo para imbecilizar mais ainda quem sofre de uma doença chamada de “idiotia aguda”. O cara assiste o Jornal Nacional, vê postagens com mentiras no Facebook e já está convencido de que é tão intelectual quanto o Fernando Henrique Cardoso, que antes de virar presidente foi sociólogo e escritor.

Só falta aparecer um bando exigindo programação com padrão FIFA na TV aberta, para nos livrar do Faustão. Ou rapazes querendo mulheres padrão FIFA para se mostrar, botar foto no celular e no face.

Os que protestam hoje contra a Copa do Mundo são os mesmos que nunca se preocuparam com os problemas causados pela seca do Nordeste, destroem monumentos históricos nas ruas das grandes cidades, avançam sinais de trânsito e jogam lixo nas avenidas. Hoje protestar é uma espécie de modismo. Mas é uma lástima ter revolucionários de araque, rebeldes sem causa, jovens que veem o que está ruim, mas não sabem por que está ruim. E não têm nenhuma proposta ou sugestão para melhorar a sua Cidade, o seu Estado, o seu País.

Sou a favor da Copa no Brasil porque já fizemos uma em 1950, quando éramos muito mais pobres e atrasados. E a África do Sul, um país miserável, quando comparado conosco, sediou o último Campeonato Mundial sem grandes problemas.

Mas também sou a favor de educação de qualidade, saúde decente, uma polícia que nos dê segurança e estradas que não sejam uma vergonha. Sou por cidades 100% saneadas, sou contra a impunidade e a corrupção.

Tudo isso pode ser conquistado, independente de Copa, quando tivermos governos com um mínimo de vergonha e eleitores que não sejam tão desinformados e sem-vergonhas. 

20 comentários:

  1. Corroboro com sua versão Roberto, aliás muito bem postada. Ninguém de bom senso é a favor da saúde da forma em que se encontra, ninguém é a favor da educação como ela está, contudo não precisamos fazer esse tipo de comparação insistindo no padrão FIFA. Na educação, na saúde, e na segurança também. Nossos políticos principalmente os parlamentares, são os que deveriam junto ao poder executivo, seja ele municipal, estadual ou federal, verificarem "in loco" o estado dos nossos hospitais, das nossas escolas, e dos nossos presídios, sem vagas. Não existe falta de recursos, o que existe são recursos desviados além de péssima gestão, e o contribuinte pagando essa conta, são a sua maioria obras super faturadas,e a sobra, vão para o bolso dos corruptos. Senhores, os "menores", estão matando, assaltando e roubando, porque a idade penal no Brasil é vergonhosa, o "menor" elege o Presidente da Repúplica, porém quando mata, assalta,ou rouba não podem ser julgados porque são menores, recentemente na Inglaterra, se não estou enganado um garoto de 9 anos, pegou em júri popular 42 anos de prisão sem direito à condicional, aqui se fala todos os dias nesse assunto, e o nosso Congresso não se preocupa com um fato dessa gravidade, nada resolve, e os "pseudos menores" matando, pais de família. Talvez essas arenas de futebol, sirvam para clarear a massa cinzenta dos políticos e começemos à fazer obras dignas, sem super faturamentos e os orgãos responsáveis pelas fiscalizações, saiam dos seus gabinetes luxuosos e vejam os preços acordados e o que a obra custa ou custou realmente, acompanhem de fato à construção, havendo super faturamento cadeia nos responsáveis.

    ResponderExcluir
  2. O brasileiro tem que a prender a dividir as coisas por que nosso Brasil não pode ter uma copa do mundo?

    ResponderExcluir
  3. Roberto Almeida nunca mais tinha escrito comentários no seu blog tão amado; sempre leio e gosto muito embora ache duro aturar esses anônimos covardes opinando sobre o que não sabem; eu não poderia era deixar de parabenizar por este artigo iluminado em que você coloca tão bem as coisas e defende a Copa do Mundo sem deixar de ver os problemas da saúde, educação e segurança; prossiga iluminando as nossas cabeças e quiçá os iletrados aprendam alguma coisa a partir dos seus textos. Um abraço querido.

    Professora Telma Lima

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela postagem!!
    Completo com as palavras de um amigo!!!
    De que adianta fazer publicações no facebook incitando violência conta eles? contra as pessoas que vão aos estádios. Vai ser desta forma que vamos aproveitar os olhos do mundo inteiro sobre nós? O momento em que todas as maiores emissoras de televisão estarão aqui? Nos comportando como animais? Não. Somos uma nação que, apesar de estar triste consigo mesmo, revoltada com razão pelo estado absurdo que vive, é inteligente suficiente para não levar esse país à uma barbárie durante a copa, mas aproveitar-se da mídia dela. Aliás, há tempos nosso título de país do futebol vem regredindo para o "país da violência nos estádios".
    De que adianta tanto reclamar que o governo não preparou bem o país para a copa - o que de fato não fez - se o brasileiro também não preparou sua mentalidade para ela? Uma nação não é feita só por um governo, mas também por seu povo... Somos uma nação.

    AVante BRASIL RUMO AO HEXA

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente. Sabemos que a FIFA não é padrão pra nada, nem pra futebol, mas, infelizmente, o poder dela é imenso. Os que criticam a realização da copa e exigem hospitais e escolas padrão fifa valorizam o que realmente significa a FIFA: corrupção, lavagem de dinheiro, manipulação, exploração etc., e estão pouco se lixando pra hospitais e escolas públicas.

    ResponderExcluir
  6. Eu só acho que quando se quer e tem vontade de fazer algo pelo povo com certeza existe recurso ,é só uma questão de querer fazer. CESAR , COHAB 2

    ResponderExcluir
  7. Concordo com vc Roberto Almeida, parabéns pela matéria . Agora acho "engraçado" uma coisa, as pessoas pagam um ingresso caro, para assistir jogos da seleção brasileira vestidos com camisetas verde e amarela, e lá no jogo exibem cartazes de "protesto". Como eles podem ao mesmo tempo protestar se são os mesmos que promovem tudo isso ???

    ResponderExcluir
  8. Nós, descendentes dos piores que tinha por lá (Portugal), como escreve o ilustre jornalista, somos responsáveis pela continuidade da citada bagunça, o que se tornou um símbolo e em símbolo não se mexe. Com copa, sem copa ... qual a diferença?

    ResponderExcluir
  9. O texto, critica os problemas certos, mas pelos motivos errados, a população brasileira já foi culta, o Brasil já teve Saúde, Educação e Segurança de qualidade, porém em uma época em que a população era de no máximo 1/4 da que temos hoje, e não tinha influência de propaganda e ideologias esquerdistas em suas mentes 24 horas por dia.

    ResponderExcluir
  10. Fiquei apaixonada por esta reflexão, muito bem construida e verídica.e NOSSO PAÍS NÃO ESTA TÃO MISERÁVEL ASSIM ESTIVE COM PESSOAS que foram ao Perú ha algum tempo e quando voltaram novamente , depois de anos , perceberam muita pobreza ,que quase não evoluiu por um longo tempo em comparação com o nosso país , nós crescemos e muito. Muitos contribuiram e muitos tentaram destruir e desviar o que era do povo,mas mesmo assim não estagnamos . Cada presidente fez um pouco e nos ultimos 10 anos houve um impulso grande acredito ate que a educação fooi muito beneficiada , interiorização das universidades ,muitos concursos, melhoror muito em vários sentidos , estou dando alguns exemplos mas houve melhoras no nosso pais bem visiveis´.Sou A FAVOR DA COPA SIM,Sou brasileira ,amo meu País.Dalva de Lourdes Mendes Cavalcante.

    ResponderExcluir
  11. Não se sustenta o seu raciocínio de que o Brasil é essa bagunça devido aos portugueses: a Austrália e a Nova Zelândia, só para ficar nestes dois exemplos, eram colônias penais inglesas e, no entanto, hoje são países decentes e campeões em baixa corrupção. Assim não dá! Pôr a culpa em séculos?

    ResponderExcluir
  12. Estão misturando política, anarquia e muita falácia. Sempre achei que o Brasil não teria cacife para arcar com uma estrutura desse porte, mas quando Lula e Pelé firmaram acordo com a fifa esse povo foram os primeiros a comemorar, agora o que temos é arcar com as consequencias! Agora não posso negar que fui criada amando torcer pelo Brasil, ver as cores da nossa bandeira em campo faz meu sangue ferver de emoção, meu velho pai era o mais patriota dos brasileiros e ele nos mostrou que isso não significava apenas ver uma bola em campo era ver todas as pessoas torcendo, cantando, juntos, unidos por nosso Brasil, o que me entristece é ver que não estamos unidos orgulhando nossa nação, os últimos acontecimentos mostram que o que precisamos é tirar essa venda dos olhos e deixar de ser manipulados por quem quer que seja, seria bom que as pessoas começassem a interpretar as notícias com um pouco de sensatez!

    ResponderExcluir
  13. Vejo em todo este Brasil manifestações contra a copa. No início todo mundo achou uma maravilha. Digo o seguinte: Não é a COPA que desviou dinheiro de saúde, educação ou outra coisa. Este dinheiro já existia em caixa, o que houve é que eles não queriam investir nas prioridades da população, mas copo veio a copa do mundo arrumaram um pretexto para meter a mão nestes recursos, e foi o que houve. Copa do Mundo não tem nada haver com desvio de recursos e sim foi uma oportunidade que eles acharam. O povo tem que deixar de ser idiota e acordar e existem outras prioridades para protestar como os políticos que roubam diariamente, a gasolina cara, energia cara, falta de segurança, não existem saúde, rouba dos recursos da saúde e educação e outras mais. Este Brasil dá é nojo e "nossos" políticos da vontade de vomitar de tão hipócritas que são. E este mesmo povo que protesta vão parar para ver o Brasil jogar e irão votar nestes mesmos políticos que desviarão estes recursos. Estes que fazem protesto são Maria vai com as outras.
    Jonathas.

    ResponderExcluir
  14. Concordo em parte com o texto colocado. Quanto a corrupção na Fifa e CBF concordo plenamente, também concordo quanto as colocações da qualidade de nossa saúde e educação, quanto a políticos corruptos e sem vergonha, bom a lista seria imensa, e incluí todos partidos sem dúvida nenhuma, não tem nenhum que fuja disso. Quanto ao comentário de querer escolas e hospitais padrão Fifa, bom entendo que nada mais estão do que usando metáforas e isso não é besteira. Tudo que querem é que o mesmo empenho, dedicação e cuidado com a qualidade dos Estádios seja também aplicado a educação e saúde, nada mais justo para a população brasileira. Usar metáforas para fazer uma alusão a qualidade dos estádios à qualidade da saúde e educação é extremamente válido, usar um alto padrão de qualidade como referência não é errado, mas plenamente válido. Vendo por este prisma é o único ponto que discordo. Nosso governo a muito tempo não valoriza educação, quando digo a muito tempo falo em mais de um século e não tem como mudar isso da noite para o dia. O mesmo se aplica a saúde, muito necessita ser feito. O povo por mais que goste de futebol se revoltou com os gastos excessivos, e com certeza está se gastando muito mais com estádios do que se investe na saúde e educação e isso não deveria acontecer em nenhum país do mundo. Sou solidário ao protesto, e sim contra a copa no aspectos dos gastos excessivos e não contra a realizarmos uma copa no Brasil.

    ResponderExcluir
  15. O CULPADO DISTO TUDO SE CHAMA GOVERNO FEDERAL,

    QUERO AQUI DIZER EM PRIMEIRO LUGAR EU SOU BRASILEIRO, MAIS O BRASIL ESTA SE PREPARANDO PARA UMA GRANDE DERROTA TANTO NA COPA COMO NA PRESIDÊNCIA DA REPUBLICA,MUITA TODOS OS DIAS MORREM E O GOVERNO NÃO FAZ NADA PARA MELHORAR O SISTEMA DE SAÚDE DESTE PAIS, SÓ ESTA PREOCUPADO MAIS EM JOGO DE FUTEBOL .

    ResponderExcluir
  16. vejam algumas noticia do momento Acompanhe os protestos pela cidade.

    Manifestantes ocupam prédio da Construtora Viver, em São Paulo

    As empresas de ônibus e a Prefeitura de São Paulo consideram ilegítima a paralisação generalizada de motoristas e cobradores de ônibus na tarde desta terça-feira

    Os professores municipais de São Paulo em greve há quase um mês já fecham a Avenida Paulista no sentido Consolação, na altura do Masp

    A manifestação chegou por volta das 15h à calçada diante da sede da Prefeitura de São Paulo, no Viaduto do Chá, no centro. Os motoristas e cobradores reivindicam uma audiência com o prefeito Fernando Haddad (PT)

    policias civil paralisa suas atividade nesta quarta feira dia 21/05/2014 por 24 horas.

    ResponderExcluir
  17. Os protestos estão fora de contexto, pois o momento certo para recusar a copa seria o momento em que o Brasil se candidatou para sediar a copa, lembro que na época todo mundo vibrou e achou bom. Agora que está tudo pronto, querem estragar? Agora temos que fazer bonito para o estrangeiro e alavancar nosso turismo para termos um retorno superior ao que foi gasto. Quanta a imagem acima, é uma verdadeira ironia, como você protesta contra a copa e está dentro de um estádio?

    ResponderExcluir
  18. "Os gastos com educação e saúde são regulados pela Constituição Federal e tanto o Governo Federal quanto estados e municípios podem ser penalizados se não cumprirem os percentuais de investimento nessas áreas."
    Uma pergunta: estão cumprindo com o percentual para saúde e educação desde o descobrimento??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caro Danilo,os mais informados sabem que todos os gasto são colocado no orçamento anual e não pode ultrapassar o que esta na constituinte, mais aproveitando que você fez uma pergunta quem sabe eu possa te responder,não é só nestas áreas que estão descumprindo a constituição AFINAL A CONSTITUIÇÃO EXISTE MAIS DIFICILMENTE ELA SERÁ COMPRIDO PORQUE SEMPRE EXISTE BRECHA NAS LEIS FAZENDO COM QUE ELA SEJA MANIPULADAS ATRAVÉS DOS ADVOGADO ( FAZENDO UM RACIOCINO RÁPIDO A CONSTITUINTE É FEITO REPARTIÇÕES PUBLICA TODOS SABE QUE EXISTE MAIS NÃO FUNCIONA.)

      JORGE CAETÉS.

      Excluir