ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

MORADORES DE GARANHUNS VOLTAM A PROTESTAR CONTRA MORTES NA BR-423

Moradores de Garanhuns voltaram a protestar, hoje à tarde, contra a insegurança e as mortes na BR-423, nas imediações da CEAGA  e da UPAE. Foi a segunda manifestação dentro de poucos dias, ocasionada sobretudo pela morte do menor Erick Gabriel Cordeiro Leite. A criança foi atropelada por um motoqueiro que não prestou socorro e fugiu.

Populares pedem a instalação de passarelas, lombadas comuns e eletrônicas, como maneira de reduzir o perigo para quem atravessa a BR que corta Garanhuns.

Uma lombada eletrônica que existe na 423, nas proximidades da UPAE, está desligada por conta de serviços de manutenção da estrada. Enquanto isso as pessoas morrem e a revolta toma conta de quem reside nessa área da cidade.

A situação já está ruim assim, no momento, agora imagina se essa estrada for duplicada passando pela cidade. É preciso uma mobilização urgente contra essa possibilidade.

Acidentes e mortes também têm sido frequentes na BR que liga Garanhuns a Arcoverde, na PE-177 e na PE-193, como mostramos num post publicado logo cedo.

A foto que mostra o protesto na BR foi publicada originalmente no Blog Agreste Violento.

Um comentário:

  1. Este fato, dentre tantos outros argumentos reforçam a tese de que a duplicação desta BR deve passar por fora da zona urbana de Garanhuns, seria uma loucura realizar o projeto original com seu traçado passando ao lado da já existente.
    Em um futuro próximo, a própria rodovia que hoje existe deverá ter seu trecho municipalizado e se tornar uma grande avenida de Garanhuns.
    É só ver o que aconteceu com outras cidades, caos e riscos para a população. Hoje necessidade de municipalizar e desviar as rodovias.

    ResponderExcluir