Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

JORNALISTA REVELA DADOS DE PESQUISA DO PSB

Da jornalista Mônica Bergamo, em sua coluna de hoje, na Folha de São Paulo:

As pesquisas qualitativas encomendadas pelo PSB revelam as qualidades que mesmo a parte do eleitorado que não conhece direito Eduardo Campos (PSB-PE) enxerga nele como possível presidenciável. Entre outras, ser jovem, ter energia e disposição. Alguns eleitores ouvidos, no entanto, apontaram o que seria um "defeito": o governador pernambucano "lembra o Collor". O ex-presidente Fernando Collor de Mello, então jovem governador de Alagoas, venceu a eleição de 1989.

Os analistas da pesquisa, no entanto, consideram que a referência a Collor é "residual". Outros acreditam que é até positiva: o ex-presidente, em 1989, teve votação consagradora em São Paulo.

3 comentários:

  1. Vai ter que andar muito e explicar muito para o povão o porquê deixou o lado da Frente Popular no Brasil para se aliar as forças conservadoras que tiveram tudo para mudar de verdade, mas não quiseram mudar o Pais.

    Por que em Pernambuco ele abandonou os seus militantes e subiu no palanque dos adversários que nunca apoiaram o Lula e a Dilma. Por que somente agora depois que conseguiu bilhões e bilhões de reais para desenvolver Pernambuco resolveu pular de galho e de lado?

    ResponderExcluir
  2. É preciso lembrar e isso é muito claro que quem elegeu o Sr. Fernando Collor de Mello, Presidente da República, foi o Sr. Roberto Marinho todo poderoso da rede globo, mandou inclusive que FCM mudasse de partido que era o Partido da Juventude por um outro, acho que foi o PRN, se não ele não o apoiaria, e assim foi feito.Esse de hoje não tem Roberto Marinho para apoiá-lo e não existia Lula na época, como hoje, e Fernando Collor não traiu ninguém, enganou o povo depois de eleito. Esse de hoje é muito diferente, ou seja muito pior.

    ResponderExcluir
  3. "TUDO SE TEM UM PREÇO"

    TUDO NA VIDA TEM UM PREÇO. O MAIOR ERRO DO PT (HUMBERTO COSTA, JOÃO PAULO, RUI FALCÃO,PEDRO EUGÊNIO E CIA) FOI JOGAR NO LIXO A CANDIDATURA DO PREFEITO JOÃO DA COSTA EM RECIFE.

    O GOVERNADOR APROVEITOU O VACILO DADO POR TODOS E LANÇOU UM CANDIDATO NOVO E GANHOU AS ELEIÇÕES E ASSIM PROVOCOU O RACHA DA FRENTE POPULAR.CONSEQUENTEMENTE O GOVERNADOR TAMBÉM COMETEU OUTRO GRANDE ERRO FOI PENSAR LOGO E IMEDIATO EM SER CANDIDATO A PRESIDENTE DO BRASIL.

    DEPOIS O PT FEZ VÁRIOS APELOS PARA O GOVERNADOR NÃO DEIXAR O GRUPO DO LULA E DA DILMA CONCEDENDO -LHE O APOIO AO SEU CANDIDATO A GOVERNADOR E A SENADOR EM PERNAMBUCO, MAS NADA DISSO SERVIU DE NADA E O GOVERNADOR RESOLVEU RACHAR.

    A ELEIÇÃO DE 2014 VAI SER TOTALMENTE DIFERENTE DE TODAS AS OUTRAS PORQUE O ELEITORADO ESTÁ SE SENTINDO CANSADO COM TODAS AS BRAVATAS, AS ACUSAÇÕES RECÍPROCAS ENTRE PSDB E PT DOS GRANDES ROUBOS FEITOS COM O PATRIMÔNIO PÚBLICO BRASILEIRO NOS ÚLTIMOS 20 ANOS COM OS DOIS TEMAS MAIS DISCUTIDOS EXAUSTIVAMENTE ( PRIVATIZAÇÕES E MENSALÕES), OS QUAIS, TEM CONSUMIDO MUITO TEMPO E PROVOCADO MUITA IRA E REVOLTA ENTRE OS POLÍTICOS,MAS QUE ENTRE O POVO EXISTE A SENSAÇÃO QUE EM NADA VAI MUDAR O RELACIONAMENTO DOS POLÍTICOS E O ELEITORADO PORQUE AS REGRAS ELEITORAIS SÃO AS MESMAS DESDE 1970 E FAVORECE E MUITO AOS CAIXAS 2 DE CAMPANHAS O QUE É UM CRIME ELEITORAL.

    COMO A REFORMA POLÍTICA NÃO FOI APROVADA PRA VALER PARA BARATEAR OS CUSTOS DAS CAMPANHAS POLÍTICAS, EM 2014 TUDO SERÁ REPETIDO NAS BARBAS DOS PROFETAS ENTRE PREFEITOS,EX-PREFEITOS,VEREADORES,EX-VEREADORES,CABOS ELEITORAIS,DEPUTADOS ESTADUAIS E FEDERAIS E POR TABELA OS EMPRESÁRIOS, LOBISTAS E INDUSTRIAIS.

    COMO TUDO NA VIDA TEM UM PREÇO, AMBOS IRÃO PAGAR MUITO CARO PELAS BESTEIRAS QUE FIZERAM EM RACHAR A FRENTE POPULAR DE PERNAMBUCO. POIS NO INTERIOR O QUE REZA É A COMPRA DO VOTO PURA E SIMPLES!

    ResponderExcluir