segunda-feira, 21 de outubro de 2013

EDUARDO CAMPOS DEFENDE ALTERNÂNCIA DE PODER

O governador Eduardo Campos (PSB) defendeu hoje a alternância do poder, como meio de evitar falhas ao longo do processo político. Na avaliação do socialista o que blinda as instituições dos vícios e das distorções é exatamente a capacidade delas se inovarem, de estarem submetidas a um controle social. “É a alternância de papel que ela passa a cumprir na vida política do País. Por isso que é importante que os partidos possam experimentar governar, fazer oposição e cuidar com responsabilidade do seu papel naquele determinado momento histórico", frisou o pré-candidato à presidência.

Para o governador pernambucano a alternância de poder entre os diversos partidos políticos amplia a possibilidade de que as legendas se livrem de alguns defeitos, como a corrupção e o apego a cargos na administração pública.
O recado de Eduardo Campos é claro: o PT já está muito tempo no poder, se corrompeu e está na hora de mudar. Mas será que o governador defende essa alternância de poder também aqui em Pernambuco?
A intenção do socialista é brigar com Aécio Neves para disputar o segundo turno da eleição presidencial contra a petista Dilma Roussef (PT). Segundo as pesquisas, se o pleito fosse este ano esta já teria vaga assegurada numa segunda etapa do processo eleitoral.
A presidenta da República vai aproveitar que hoje acontece o primeiro leilão de exploração do pré-sal, para fazer um pronunciamento público utilizando rede nacional de rádio e televisão. É óbvio que a petista está querendo faturar o evento para ganhar mais uns pontinhos no Ibope. 

6 comentários:

  1. NÃO SE TRATA DE ALTERNÂNCIA DE PODER. TRATA-SE DE ÚNICO E EXCLUSIVAMENTE DE ENCERRAMENTO DE UM CICLO. NINGUÉM SE ILUDA, O PT MARCHARÁ SOSSEGADO PARA A DERROTA. BOVINAMENTE, CAMINHA PARA O MATADOURO. É O FIM DE UMA TRISTE E LAMENTÁVEL ERA...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. deixa de falar besteira Altamir, babão do Governador que só tem conversa.

      Excluir
  2. Por coerência, o PSB não vai apresentar candidato a governador em Pernambuco.

    ResponderExcluir
  3. DAQUI EM DIANTE, COMO SE COMPORTARÁ A PETEZADA QUE PRIVATIZOU O PETRÓLEO QUE NÃO É MAIS NOSSO. NA VERDADE, A PRIVATARIA DO PT FOI UM NEGÓCIO DA CHINA...


    P.S.: - A biruta dos privatizadores do PT deve está desajustada, descontrolada, fora de sintonia com o vento. Quem sabe!!! O vento levou...

    ResponderExcluir
  4. PAULO CAMELO, COMENTA:

    É costume dos Ditadores falarem em Democracia, mas não fazem nada para cumprir.

    Até parece que todo mundo é bobo.

    Até bem pouco tempo atrás, precisamente nas eleições de 2012 para Prefeito da Cidade do Recife, o governador Eduardo Campos conseguiu desarmar o PT, gerando um clima hostil entre os próprios Petistas.

    O governador Eduardo Campos é tão Democrata que adotou o slogan principal da Ditadura Militar: BRASIL, AME-O OU DEIXE-O.

    EDUARDO CAMPOS, O REI: AME-O OU DEIXE-O.

    A máxima no PSB é a seguinte: Quem for contra a candidatura de Eduardo Campos, a Presidente, deve ser convidado a entregar o cargo que exercer no Partido ou sair do PSB.

    É esse Ditador que quer ser Presidente da República?

    ResponderExcluir
  5. É MUITA CARA DE PAU DESSE GOVERNADOR, DEFENDER A AUTERNANCIA DE PODER NO BRASIL E ENQUANTO ISSO NÃO QUER LARGAR O OSSO NO ESTADO, TRAIU SEUS PRINCIPAIS ALIADOS E AINDA QUER DAR UMA DE BONZINHO !! EDUARDO CAMPOS PSB É O MAIOR TRAIDOR DA POLITICA NACIONAL, E VIVE APENAS DE PROPAGANDA !! FALANDO EM PROPAGANDA O QUE FOI QUE ELE FEZ EM QUASE SETE ANOS POR NOSSA CIDADE, LEMBRANDO QUE GARANHUNS DE AO GOVERNADOR A MAIOR VOTAÇÃO PROPORCIONAL DO ESTADO NA ELEIÇÃO ANTERIOR E QUAL FOI A CONSIDERAÇÃO POR NOSSA CIDADE??

    ResponderExcluir