ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

domingo, 30 de dezembro de 2012

PAULO COELHO - ESCRITORES BRASILEIROS - 20º

Paulo Coelho é o mais polêmico escritor brasileiro da atualidade. Campeão de vendas dentro e fora do país, admirado por personalidades como Shimon Peres (Nobel da Paz), Kenzaburo Oe (Nobel de Literatura), Madonna (cantora) e Julia Roberts (atriz), o “mago” é constantemente questionado pela crítica brasileira, que avalia sua produção como subliteratura.

O escritor nasceu no Rio de Janeiro, em 1947. Antes de se tornar famoso e ganhar muito dinheiro com seus livros, foi hippie, fez teatro, ingressou no jornalismo e teve uma carreira bem sucedida como compositor, principalmente quando foi parceiro de Raul Seixas, nos anos 70.

São de Raul e Paulo alguns dos grandes sucessos do roqueiro baiano no início de sua carreira, como “Gitã”, “Tente Outra Vez”, “Al Capone”, “Água Viva” e “Eu Nasci há 10 mil anos atrás”.

O autor de “O Alquimista” chegou a cursar direito, tendo abandonado a faculdade para viver em liberdade, até conhecer o seu parceiro musical.

Nos anos 80, Coelho viajou pela Europa e fez o “Caminho de Santiago”, uma peregrinação que rendeu o livro “Diário de um Mago”. A partir daí começaria sua carreira de escritor bem sucedido, principalmente com o lançamento de O Alquimista, de 1988, que se tornou um best seller internacional. Aí foi um sucesso (a palavra é essa mesmo) depois do outro: Brida, As Valkírias, Na Margem do Rio Piedra eu Sentei e Chorei, Maktub e Verônica decide morrer.

Paulo Coelho já vendeu milhões de livros em todo o mundo, virando quase um pop star em países tão diversos quanto Argentina, Portugal, França e Hungria.

Em 2008 o jornalista e escritor Fernando Morais, um especialista em biografias, contou a vida de Paulo Coelho no livro “O Mago”. Revela inclusive fatos escabrosos da trajetória do autor carioca, como o fato de um dos seus livros ter sido escrito por outra pessoa, em troca de dinheiro.

É possível. No disco “Gitã”, de 1974, Paulo Coelho e Raul Seixas assinam a letra da música “Água Viva”, que na verdade se trata de um plágio grosseiro do poema A Fonte, de São João da Cruz. Quanto ao título da canção, deve ter sido tomado emprestado do livro de Clarice Lispector.

Coelho há muito superou a marca de 100 milhões de livro vendidos, O conteúdo de seus livros é uma mistura de filosofia esotérica e doses de auto-ajuda.

Reconhecido pelo grande público e massacrado pela crítica, Paulo entrou para a Academia Brasileira de Letras em 2002, causando polêmica entre os literatos, principalmente  porque grandes escritores,  como Drummond e Vinícius de Moraes,  nunca entraram na ABL

Fernando Morais, em seu livro, revela que a Academia tornou Paulo Coelho imortal de olho na sua fama e na sua riqueza.

Independente de suas qualidades e seus defeitos, há de se reconhecer que Paulo Coelho é um escritor muito lido, que conseguiu, como poucos romper as fronteiras do Brasil.

Abaixo um pequeno trecho de “O Alquimista”:

Para quem ainda não encontrou a sua outra "metade", a pessoa que vai completar a sua vida. 

Sempre existe no mundo uma pessoa que espera a outra, seja no meio de um deserto, seja no meio das grandes cidades. 

E quando estas pessoas se cruzam, e seus olhos se encontram, todo o passado e todo o futuro perde qualquer importância. 

E só existe aquele momento, e aquela certeza incrível de que todas as coisas debaixo do sol foram escritas pela mesma mão. 

A mão que desperta o Amor, e que fez uma alma gêmea para cada pessoa que trabalha, descansa e busca tesouros debaixo do sol. 

Porque sem isto não haveria qualquer sentido para os sonhos da raça humana. 

2 comentários:

  1. Esse cara é d + então junto com Raul Seixas, revolucionou o mundo! "A TERRA PAROU, O PLANETA TERRA VIROU DE CABEÇA P/BAIXO, A HUMANIDADE SÓ SABE UZAR 10% DE SUA CABEÇA... E OS GRANDES MILIONÁRIOS IRÃO ESPERAR A MORTE CHEGAR SENTADOS OU DESBRUÇADOS EM CIMA DE SEU PRÓPRIO OURO".

    Pois esses são os verdadeiros caras (Metalfaramente falando) Os caras que pensou em tudo e em todos>>>>>>>>>>>>>

    ResponderExcluir
  2. GOSTARIA DE REPREENDER(ALERTAR) VEEMENTEMENTE O AUTOR DESTE BEM ESCRITO TEXTO QUANDO AFIRMA QUE PAULO COELHO FOI PARCEIRO DO CANTOR E COMPOSITOR RAUL SANTOS SEIXAS. COMPOSITOR, VÍRGULA... PURA MENTIRA!!! RAUL, APENAS CONSTAVA O NOME DELE EM SUAS LETRAS. PAULO COELHO NUNCA FOI COMPOSITOR NEM ESCRITOR, ELE É APENAS OU SIMPLESMENTE UM EMBUSTEIRO, UM INTRUJÃO, UM COPIADOR, UM CARONEIRO...

    ResponderExcluir