sexta-feira, 21 de setembro de 2012

SILVINO PROVOCOU UM TSUNAMI NA POLÍTICA

A notícia da renúncia de Silvino como candidato tomou conta da cidade, movimentou as conversas nos bares, restaurantes, lojas do comércio e em casas de cada bairro da cidade. Dona Helena, na Cohab II, à tarde comentava o fato na porta de sua residência, confessando uma certa tristeza, com a saída do tucano do páreo. “Sempre gostei muito dele”, revelou. Cenas como esta se repetiram em todo Garanhuns. Os blogs de Ronaldo César, Wagner Marques, Ronaldo César, Calvino Brasil, Eduardo Peixoto, Combate, V&C Garanhuns e outros que abordaram o tema simplesmente “bombaram”. Até os das cidades vizinhas como Angelim, Saloá e Capoeiras trataram do assunto. Os telefones não pararam durante todo o dia, era muita gente querendo opinar ou saber mais sobre a “guinada” da política local. 

Com relação a este blog, chegou a seu novo recorde de acessos num só dia. Ontem por volta das 14h já tinha sido visitado por 2 mil pessoas e agora pela manhã, faltando ainda uma hora para completar as 24 de um dia completo, já registrava um total de 4.120 acessos. Nunca tínhamos chegado nem perto disso. 

Silvino não soltou uma bomba. Ele provocou um terremoto ou um tsunami em Garanhuns que se espalhou pelos quatro cantos do estado.

3 comentários:

  1. RENUNCIAR é um verbo transitivo que tem o significado de “ABRIR MÃO DE”, “DEIXAR VOLUNTARIAMENTE”, como também tem como sinônimo o vocábulo ABDICAR... Essa palavra tem um peso muito forte tanto nas ciências quanto nas religiões, na vida política ou cotidiana, o homem é oprimido por situações adversas, contra as quais nada pode fazer, pois essas são regidas por regras obrigatórias, tanto naturais quanto culturais, que independem da vontade humana para alterar-lhes o rumo ou direção. Essas regras são, assim sendo, necessárias. E, muitas vezes, os homens se veem impotentes para lutar contra elas, aí, tem de cortar na carne. Esse é o caso específico de Silvino. Ele foi vencido pela reação de livre e espontânea vontade do “PENSANDO EM GARANHUNS” ou um “GESTO DE AMOR A GARANHUNS”. Pensando bem, Silvino usou de um conceito que cabe muito bem aos verdadeiros homens que têm espírito público: nessas ocasiões o interesse coletivo se sobrepõe ao interesse individual. Tomada de posição dessa magnitude não é qualquer MANÉ BEIÇUDO que toma uma decisão dessas, indo para o sacrifício em prol do coletivo e da sociedade como um todo... A renúncia inesperada de Silvino em prol da candidatura de Izaías Régis deixou o seu adversário, lá das bandas de Caetés, totalmente sem plano e sem bússola e ainda pegou o dito cujo com as calças na mão. Na verdade, Silvino Duarte e Izaías Régis, aprontaram-lhe uma tocaia política. Daí, ele vai morrer feito um mocó ou preá, “INTURIDO”, na espera. É só uma questão de tempo... Acredito eu, que a fatura esteja liquidada...

    ResponderExcluir
  2. Decretou em rede de radio sua Morte Política. Puro suicídio, pois sabe que com esse sinal de fraqueza será brevemente devorado e riifado do cenário político de Garanhuns e justamente por esses ao qual ele falsamente renunciou. Escrevam!

    Fátima Silva
    Garanhuns

    ResponderExcluir
  3. silvino vc esta de parabens...

    isso é um gesto mais do que nobre por nossa cidade!!


    que deus te abençoe!!

    ResponderExcluir