Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

REPERCUTE O DISCURSO DE DILMA NA ONU

O discurso de Dilma Rousseff, primeira mulher a abrir uma assembleia geral da ONU na história da organização, fez da presidente um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta quarta-feira.

"Profundamente emocionada com o discurso da Presidenta na ONU. Claramente de esquerda e feminista, antiimperialista, que orgulho!", exaltou @LouCarolinePE. Já @CiroAdams era só elogios à presidente: "O pronunciamento da Presidenta Dilma na ONU foi dilmais! Tenho orgulho de ser brasileiro!".

Em seu discurso na Assembleia, Dilma falou sobre a crise econômica mundial e exortou os países a se unirem para enfrentá-la. Segundo ela, a falta de recursos políticos e de clareza de ideias está entre os motivos pelos quais os líderes dos países desenvolvidos ainda não encontraram uma solução para a crise global.

“Não é por falta de recursos financeiros que líderes dos países desenvolvidos ainda não encontraram uma solução para a crise, é, permitam-me dizer, por falta de recursos políticos e algumas vezes de clareza de ideias”, ressaltou

Além disso, a presidente defendeu o ingresso pleno da Palestina na ONU: "O Brasil já reconhece o Estado palestino como tal, nas fronteiras de 1967, de forma consistente com as resoluções das Nações Unidas. Assim como a maioria dos países nessa assembleia, acreditamos que é chegado o momento de termos a Palestina aqui representada a pleno título."

Dilma relembrou seu passado como militante política nos chamados "anos de chumbo". Emocionada, a presidente reconheceu que tanto o Brasil como o restante do mundo “ainda precisam fazer muito mais” pela valorização e afirmação das mulheres.

A presidenta disse que assumia a tarefa de ser a primeira mulher a discursar com humildade. “Pela primeira vez, na história das Nações Unidas, uma voz feminina inaugura o debate geral. É a voz da democracia e da igualdade se ampliando nesta tribuna que tem o compromisso de ser a mais representativa do mundo. É com humildade pessoal, mas com justificado orgulho de mulher, que vivo este momento histórico.”

Na plateia, além dos líderes políticos mundiais, como o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e da França, Nicolas Sarkozy, e o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, estavam também a única filha da presidenta, Paula, e a representante do Brasil nas Nações Unidas, Maria Luiza Viotti.

“Estou aqui em nome das mulheres anônimas, aquelas que passam fome e não podem dar de comer aos seus filhos; aquelas que padecem de doenças e não podem se tratar; aquelas que sofrem violência e são discriminadas no emprego, na sociedade e na vida familiar", enfatizou a presidenta em seu pronunciamento na ONU. (O Dia On Line/Agência Brasil).

8 comentários:

  1. CORRUPÇÃO em todos os niveis22 de setembro de 2011 07:21

    Se a plateia soubesse quem era essa faxineira diaraque............................

    ResponderExcluir
  2. A banalização da ONU chegou ao cumulo do absurdo. Consentir uma terrorista cruel e assassina discursar em uma assembleia é dilmais

    ResponderExcluir
  3. eu também me envergonho da ignorancia e do tom de voz arrogante, superior e exibido de D.Dilma que mentiu descaradamente para esconder a verdade do que acontece no Brasil, com pose de Rainha Sabetudo querendo dar lições ao mundo sôbre todos os assuntos. Quanta idiotice e pequenez!!!! Será que a sua hospedagem no suntuoso Waldorf Astória (que não combina com uma comunista) era para mostrar que além de todas as mentiras alardeadas, o Brasil agora é um país riquissimo só de milionários? Também o que esperar de uma presidente que se dirige ao seu povo chamando-o de brasileirinhos e brasileirinhas? Parece gagá ..Alias, jamais ouvi o Obama dizer: “Americaninhos e Americaninhas!!!!”

    ResponderExcluir
  4. A DISCURSEIRA IMBECILÓIDE, ESTAPAFÚRDIA, ANTI-AMERICANISTA, NEONAZISTA E IDIOSSINCRÁSICA DE DILLMA MARIONETTE DUCHEFF NA ONU, SÓ DEMONSTRA QUE ESTA PAPAGAIO FALANTE DO STALINISTA FASCISTÓIDE MARCO AURÉLIO GARCIA, NADA ENTENDE TAMBÉM DE POLÍTICA EXTERNA…… SEU INCOERENTE E DESCONEXO PALAVRÓRIO SÓ FEZ POR NOS ENVERGONHAR, NOS COLOCAR MAIS UMA VEZ CONTRA OS EUA E ACIRRAR AINDA MAIS OS CONFLITOS NO ORIENTE MÉDIO….. O BRASIL NÃO MERECE ESTA TRAGÉDIA…… CALE A BOCA, DILLMA!!!

    ResponderExcluir
  5. O nojento que comentou acima não se elegeria nem para vereador... Um desqualificado, enfim! Só poderia ter um codinome de "Corrupção" mesmo!

    ResponderExcluir
  6. José Fernandes Costa22 de setembro de 2011 17:15

    É de estarrecer como funciona a ignorância do primeiro anônimo. Em seguida, vem mais ignorância em forma de "ESTRELA". E o outro que se identifica (?) como André. Os três são o supra-sumo da ignorância. - Essas pessoas miúdas morrem de INVEJA da DILMA! - E, como disse o amigo que escreveu depois, tais entes NÃO se elegeriam NEM para síndico de edifício. MUITO MENOS para síndico de MASSA FALIDA. - Sei que a estupidez dos três antes citados, NÃO lhes permite saber o que é massa falida! - Mas ... procurem saber. - É ISSO./.

    ResponderExcluir
  7. Os anonimos nao escodem a inveja!! Viva a Dilma! Viva ao Brasil!!!!

    A mulher que faz História no Brasil e no mundo!!

    Chupa essa invejosos!!!

    ResponderExcluir
  8. Muito bem Charles esses invejosos na verdade são os ANALFABETOS POLÍTICOS de que fala Berthold Brecht no seu famoso poema.

    ResponderExcluir