SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

GARANHUNS INVESTE NA MÚSICA E NO TEATRO

Com o objetivo de promover melhoria na aprendizagem através de vivências musicais significativas para o desenvolvimento integral das crianças, envolvendo a percepção e a reflexão, a Prefeitura de Garanhuns, através da secretaria de Educação, implantará a partir do próximo mês de setembro, o Projeto Musicanto.

Inicialmente seis escolas que integram a Rede Municipal de Ensino farão parte do Projeto, sendo eles: as Escolas Petrônio Fernandes; Luiz Tenório; Monsenhor Tarcísio Falcão; Maria Tavares; Padre Dehon e Miguel Arraes. Ao todo, serão formadas 12 turmas de 30 estudantes cada. Os alunos receberão aulas de canto coral e flauta doce.

As atividades serão realizadas no contra-turno do estudante, com jornada semanal de 2 horas aula, sem prejuízo da carga horária escolar. Qualquer estudante poderá se inscrever para participar das aulas de música, porém o aluno precisa ter freqüência regular na Escola; ter idade entre 7 e 14 anos, bem como demonstrar nível de interesse e gosto pela arte. O conteúdo programático desenvolvido no Projeto abordará os elementos musicais, a linguagem musical, as notas e escalas, a história da música, os grandes compositores, a voz e o canto coral.

As aulas de música serão ministradas pelo professor José Otávio Matias e pelos instrutores Valdemir Rodrigues e Roberto Ribamar. Além disso, haverá acompanhamento e monitoramento por parte de um supervisor municipal, além do gestor e coordenador pedagógico de cada unidade escolar. Ao final do quadrimestre será realizada uma avaliação, considerando alguns elementos, como: participação e interesse do estudante, resultados obtidos, duração e condução das atividades, dentre outros itens. Além disto, quatro apresentações públicas em eventos sócio-educativos estão previstos para acontecer durante a execução do Projeto.

TEATRO - O Vem Ver Teatro, projeto cultural viabilizado pela Prefeitura de Garanhuns, através da Secretaria de Cultura, realizou em agosto a conclusão das atividades da segunda turma do projeto de Iniciação para Atores e Diretores. As apresentações de esquetes foram realizadas em cinco bairros do Município; a Cohab 2, tendo como sede a Escola Simoa Gomes; Vila do Quartel, na Escola Duque de Caxias; Cohab 1, com aulas sendo ministradas no Clube da Vivência; comunidade da Liberdade, na Escola São Cristóvão; e no Centro, que teve como sede a Escola Jerônimo Gueiros, o tradicional Estadual.

Nos esquetes, produzidos pelos próprios alunos, estão sendo apresentados peças, como: O Santo e a Porca, de Ariano Suassuna, dirigido por Anderson Jaime; Os Leprosos, de Adriano Marcena, dirigido por Géssica Geysa; A Beata Maria do Egito, de Raquel de Queiroz, dirigido Tamires Rodrigues; e O Brasil é Nordestino, de Julierme Galindo, dirigido por Valdir Ferreira.

Finalizada a etapa de apresentações de esquetes, o Grupo passará a ministrar oficinas de noções básicas de teatro, no intuito de incentivar a comunidade a adquirir gosto pela arte, bem como produzir teatro. A intenção é realizar a 2ª Mostra de Esquetes, produzida pelas comunidades visitadas, assim como aconteceu em 2010. De acordo com o coordenador do Projeto Vem Ver Teatro, Julierme Galindo, a proposta é incentivar o surgimento de novos atores e também de diretores, já que teatro não se faz apenas de cena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário