SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

domingo, 16 de janeiro de 2011

DILMA QUER PACTO CONTRA O CRIME

Dilma Rousseff convidará os governadores para uma reunião em Brasília. Ocorrerá até o mês de março.

Segundo o Ministro da Justiça José Eduardo Cardoso (foto), a petista deseja celebrar com os executivos estaduais um pacto na área de segurança.


Uma síntese do pensamento da presidenta está numa entrevista de José Eduardo a Revista Época:

- O pacto: Esse pacto terá de ser construído com um minucioso trabalho técnico. Não queremos que seja um evento midiático e terá de estar alicerçado em bases jurídicas. As equipes técnicas vão se reunir para fazer um diagnóstico da situação específica em cada Estado, verificar quais as possibilidades orçamentárias e conjugar esforços.

 - O crack: [...] Merece atenção especial porque se transformou em um problema gravíssimo. Precisamos combater a produção e a distribuição com políticas adequadas de repressão, prevenção, orientação social e tratamento dos dependentes.

- As fronteiras: A vigilância das fronteiras é fundamental para o combate ao crime organizado. E não haverá plano eficiente de combate aos crimes na fronteira sem colaboração com os vizinhos. O Ministério da Justiça já vinha estabelecendo protocolos de intenções com países vizinhos. Vamos voltar a discutir o assunto em uma viagem que farei à Bolívia. Há países que não têm as nossas condições técnicas e estruturais. Nesses casos, temos de saber o que eles podem fornecer e o que poderemos fornecer.

 - A ética sob Dilma: A presidenta Dilma Rousseff tem uma diretriz muito segura em relação à formação de sua equipe de governo. Ela nos orientou dizendo que as nomeações para cargos de confiança deveriam respeitar os critérios da Lei Ficha Limpa e que não permitiria indicações que transgredissem os critérios dessa lei. Ela me disse textualmente: se uma pessoa não tem condições de disputar eleição, não pode ocupar cargo público. Esse é o critério que a presidenta estabeleceu para todos os ministros e os cargos de confiança. (Fonte: Jornalista Josias de Souza).

Um comentário:

  1. .

    » O fato da era Lula que mais chocou O Brasil"

    A despeito das importantes realizações e avanços alcançados, parece que a era Lula ficará mesmo marcada pelo escândalo do mensalão. Foi o mais votado pelos leitores da coluna pinga fogo do JC, com exceção de apenas dois (veja abaixo). O “mensalão” aconteceu em 2005, no primeiro governo Lula, e consistia no pagamento de propina a parlamentares para que eles votassem a favor do governo.

    » Fato Lula 2

    O professor de Vicência, José Luiz de Souza, elegeu os problemas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) e o advogado Marco Albanez o “estrondoso e rápido enriquecimento do filho do ex-presidente Lula”.

    "Fato Lula 3

    O Professor de Lagoa do Ouro, Jose Luz de Carvalho Irmão, enumera ainda o aumento exorbitante dos parlamentares em 2010,truduzindo-se em um supermensalão nunca visto antes na história politica do pais, coisa que jamais os MILITARES tiveram a coragem em fazer em pleno regime de exceção.Os 279 picaretas complementaram bem os ESCÂNDALOS da era Luiz Inácio Lula da Silva.

    23 de janeiro de 2011 07:50

    Verificação de palavras
    Confirmação visual
    Ouça e digite os números que ouvir

    ResponderExcluir