ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

FILME SOBRE LULA CONCORRE AO OSCAR


O longa-metragem "Lula - O Filho do Brasil" foi escolhido como representante do Brasil na corrida por uma vaga na categoria de filme estrangeiro da próxima edição do Oscar.

O representante brasileiro foi escolhido por uma comissão formada por nove especialistas, indicados pelo Ministério da Cultura e pela Academia Brasileira de Cinema. No total, 23 filmes se inscreveram em busca da vaga.

"Lula - O Filho do Brasil" foi dirigido por Fábio Barreto. O diretor sofreu um grave acidente automobilístico no final do ano passado, pouco antes do lançamento do filme. Ele dirigia, quando capotou várias vezes, na saída do Túnel Velho, em Botafogo.

O carro despencou de uma altura de quatro metros e o diretor sofreu traumatismo craniano. Ele recebeu alta em maio deste ano para continuar o tratamento em casa, mas continua em coma.

Com relação à escolha do filme, o presidente da Academia Brasileira de Cinema, Roberto Farias, explicou que o critério para a indicação não é a qualidade ou bilheteria, mas sim ter a "cara" de Oscar. “Como Lula, o Filho do Brasil, os 23 indicados têm qualidade e poderiam ser escolhidos”, disse o cineasta.

Abaixo, um comentário de Inácio Araújo, do Portal UOL, sobre o filme e suas possibilidades no Oscar:

LULA VAI NOS LEVAR AO OSCAR?
JustificarA primeira reação pode ser paranóica: se "Lula, o Filho do Brasil" vai ao Oscar seria por interferência política, etc.

Duvido.

Entre os que concorreram à indicação é o com melhores condições de emplacar no Oscar de filme estrangeiro.

Primeiro, aborda um personagem reconhecível universalmente.

Mais, que faz unanimidade fora do Brasil como pessoa admirada, antes de tudo, por sua trajetória pessoal.

Aqui, apesar de ser um presidente muito popular, há muitas pessoas que fazem ressalvas a Lula em vários níveis, do cultural ao político.

Esse aspecto emocional (e que nos dias atuais chega à demência, o que é de certo modo popular) inexiste no exterior.

E é essa trajetória de vida que o filme, aliás, explicita, da infância até os tempos de sindicalismo em São Bernardo e ao combate à ditadura.

Portanto, é também uma história de vencedor.

Pode até não ser o ideal para levar o Oscar ou, eventualmente, chegar a ele (causas humanísticas mais genéricas são sempre muito bem vistas), mas é de longe o melhor que temos. Eu diria que é o melhor que temos desde "Central do Brasil".

Alguém poderá dizer que "Cinco Vezes Favela" tem a vantagem de ser feito por jovens da própria favela etc.

Mas isso é muito abstrato. O Oscar não gira em torno disso.

Pode-se sempre alegar que "Lula" é quadrado como "Gandhi" (e bem produzido, guardadas as proporções devidas).

Mas isso é coisa de crítico. (Inácio Araújo).

6 comentários:

  1. AGORA, SENTI FIRMEZA!!! DESSA VEZ A GENTE ARRANCA O CABAÇO!!! O OSCAR É NOSSO!!! A ESTRELA DO LULA VAI BRILHAR!!! AGORA, SE OS JURADOS DESCOBRIREM O QUE O LULA FEZ NESSES OITO ANOS COM O MINISTÉRIO DA CASA CIVIL, ESTAMOS LASCADOS!!! ESPERA-SE QUE DESTA VEZ A SAFADA DA REVISTA VEJA NÃO VENHA A DELATAR O LULA AOS JURADOS DE HOLLYOOD...

    ResponderExcluir
  2. VOU TORCER FAZENDO FIGA PARA QUANDO OS JURADOS DE ROLIUDI ASSISTIREM AO FILME E APARECER NA TELA A CENA DA GALEGA E O LULA NÃO PASSEM ÀQUELA HORROROSA LEGENDA: ESSA É UMA OBRA DE FICÇÃO.........

    ResponderExcluir
  3. RIDÍCULO, NOSSO LAR GANHOU A VOTAÇÃO FEITA PELO MINISTÉRIO DA CULTURA COM MAIS DE 90% DOS VOTOS ESNTRE A VOTAÇÃO, ISSO FOI MANIPULADO, ESSE FILME FOI UM FRACAÇO DE BILHETERIA E NÃO CHEGA NEM AOS PÉS DE NOSSO LAR, TOMARA Q PERCA, NOSSO LAR FOI O FILME MAIS CARO DA HISTÓRIA DO BRASIL, O D MAIOR BILHETERIA, UMA HISTÓRIA LINDA E COM PRODUTORES HOLLYWOODIANOS, TINHA TD PRA LEVAR O PRÊMIO, EH NOJENTO VER COMO MANIPULAM AS COISAS POR AQUI!

    ResponderExcluir
  4. Nossa Lar é um filme muito bom, mas não em o perfil para disputar o Oscar. Como o espiritismo hoje só é forte mesmo no Brasil poderia até ser ridicularizado em Hoolywood. "Lula, o Filho do Brasil", além de ter qualidade, pode agradar aos americanos e lá não vai ser olhado o lado político, mas o valor do filme e a história que está sendo contada. Vejam a que ponto chegamos: Muita gente vai torcer contra seu país só porque o filme relata a história do Lula.

    ResponderExcluir
  5. Só falta Lula ganhar o oscar, para encerrar com chave de ouro o seu governo. "Ganhar" a copa de 14, a olímpiada de 16, e agora o oscar? Não tem opositor que aguente. Viva Lula!

    ResponderExcluir
  6. engraçado como se fala em qualidade do filme quando foi um fracasso de público. O problema não é somente na figura do Lula como um deus,ainda mesmo porque o nosso ex-presidente teve aprovações recordes, mas na produção mesmo do filme tornando-o totalmente sem graça e sem sal. O povo elegeu o Lula por oito anos e agora elegeu numa enquete "Nosso lar". Custava fazer a vontade do povo ?

    ResponderExcluir