terça-feira, 25 de maio de 2010

LAJEDO: CLIMA DE VINGANÇA E SUSPEITA DE MAIS GENTE ENVOLVIDA

Mesmo já tendo prendido o executor e o mandante do crime, a polícia suspeita que o assassinato do Secretário de Agricultura de Lajedo, Hilamar Amaral (Na foto ao lado, do Portal da TV Asa Branca), pode ter mais duas pessoas envolvidas. O próprio delegado que está à frente do caso, Gilberto Meira, admite essa possibilidade. No momento, porém, o que temos é a detenção de Carlos Oliveira, que praticou o homícidio a troco de R$ 3 mil, e do comerciante Uzae Júnior, tido como o responsável pelo assassinato, tendo pago a quantia ao bandido. Este último, depois de uns dias escondido, resolveu se entregar. Sua família, formada por comerciantes de Lajedo, presbiterianos, está consternada com o ato impensado do rapaz, praticado por ciúmes de uma ex-namorada. A mãe de Uzae, Neide Braga, abalada com o episódio, já baixou até hospital e ficou internada dois ou três dias num hospital particular de Garanhuns. Do outro lado, a família de Hilamar está inconformada e não perdoou até agora o gesto de Uzae. Por isso mesmo os policiais mantém o jovem comerciante em local ignorado, temendo uma vingança por parte de familiares e amigos do ex-secretário de agricultura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário