SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

EURICO BRANCO ESTÁ EM LIBERDADE

Eurico Branco, que matou o irmão Clóvis e a cunhada, Lúcia Rezende, no dia quatro de fevereiro de 2004, vai esperar o julgamento em liberdade. A decisão de libertá-lo foi do juiz José Carlos Vasconcelos, ponderando que a Justiça excedeu o prazo concedido para julgá-lo. O crime ocorrido na família Branco repercutiu muito em Garanhuns e em todo o Estado, na época. A mãe de Lúcia, Sandra Rezende, fez uma intensa mobilização na cidade, inclusive indo as rádios para entrevistas, pedindo que o assassino de sua filha não ficasse impune. Eurico passou preso quatro anos e sete meses, terá de se apresentar a justiça a cada 30 dias e quando for finalmente julgado, dependendo da pena já terá cumprido uma boa parte. (A foto de Eurico Branco é do Portal da TV Asa Branca, no qual colhemos também alguns dados desta nota).

Nenhum comentário:

Postar um comentário