ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

BOI DA MACUCA CHEGA AOS 20 ANOS

Fazenda Macuca, no distrito de Poço Comprido, em Correntes

José Oliveira Rocha, o Zé da Macuca, é geólogo e trabalhou durante 12 anos no poderoso Grupo João Santos. Um dia, resolveu repensar os seus valores, saiu da empresa e investiu o dinheiro da indenização na fazenda da família. Numa festa de aniversário realizada na Fazenda Macuca, no distrito de Poço Comprido, em Correntes, um sanfoneiro chamado Benedito começou a tocar músicas de forró pé-de-serra. Os presentes ficaram impressionados com o som do rapaz e resolveram levar ele para o carnaval de Olinda. Alugaram uma casa, fizeram um estandarte e neste escreveram a frase "Movimento Anárquico Cultural da Macuca". Assim nascia o boi, hoje conhecido em todo o Estado e inclusive fora dele. O hino surgiu mais ou menos na mesma ocasião, quando apareceu um mendigo pedindo para cantar e soltou os versos: "boi, boi, boi, boi, vou deixar minha burrinha e vou montado no meu boi". Quando o "Boi da Macuca" aparece em Olinda, com um cara tocando sanfona em pleno carnaval e os integrantes repetindo o tempo todo os mesmos versinhos, muitas pessoas olham espantadas. Zé de Oliveira, o Zé da Macuca, é ex-aluno do Colégio Quinze de Novembro. No seu tempo de estudante em Garanhuns, era o melhor jogador de futebol de salão da cidade e região.
Salve o boi! (O texto é do próprio blogueiro, a partir de dados obtidos em matérias publicadas no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Revista do Cremepe. A informação do excelente jogador de futsal que foi Zé de Oliveira é do próprio jornalista, que teve o prazer de vê-lo fazendo malabarismo nas quadras - isso há muito tempo atrás).

2 comentários:

  1. apesar ne ainda naum ter ido ate a festa da macuca,quando vejo os festeiros dançando a quele ritmo q contagia qualquer um.acho muito bom apesar de naum ter ido curte um pouco todo muito fala q é bom a festa da macuca.parabens

    ResponderExcluir
  2. Eu tive o prazer de conhecer Zé de Rocha (hoje Zé da Macuca) antes disso tudo exestir e sei quanto tudo isso é apaixonante, pois o mesmo sempre acreditou e sonhou com esses momentos. Parabéns Rocha!!!. Pedrita

    ResponderExcluir