SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

BATATA DENUNCIA SECRETÁRIO DE SAÚDE


Entrevistado pelos blogueiros Gilmar Alves e Luís Farias, o ex-deputado federal Carlos Batata fez sérias denúncias contra o Secretário de Saúde do município de Capoeiras, Cleber Ricardo, aproveitando para denunciar o descaso na saúde pública do município. 

Entre as denúncias está o caso de uma paciente de nome Maria Lila de Melo, de 53 anos, que foi atendida no hospital municipal de Capoeiras, na madrugada da última segunda-feira (19). Quando a senhora precisou de uma ambulância para ser transferida para o Recife não conseguiu o transporte, tendo os seus familiares vindo para Garanhuns e através de um vereador conseguiram um veículo. Infelizmente,  devido à gravidade do problema,  ela não resistiu. 

Batata disse que isso é uma situação comum no município.  Segundo ele,  a saúde básica é praticamente inexistente,  não tendo sequer exames bioquímicos básicos, remédios e médicos para realizar um atendimento digno, embora seja um direito de todos os cidadãos. “É um verdadeiro descaso”, desabafou. 

Ex-deputado lembrou que o posto de saúde da Jaqueira ficou de quatro a cinco anos para ser construído e só foi concluído depois que foi denunciado pelo mesmo.  O recurso do FEM também já foi destinado há mais de três anos para ser construída a unidade básica de saúde da Vila Vintém, e nada desta obra ser finalizada.  Carlos Batata relembrou do acidente com o ônibus escolar que tirou a vida de duas pessoas, deixando vários feridos. O veículo trafegava de forma irregular,  sem manutenção adequada,  transportando vários pacientes O fato  ocorreu em janeiro de 2017. 

Sobre o secretário Kleber Ricardo, ex-prefeito de Capoeiras esclareceu que o mesmo que é casado com uma sobrinha da prefeita e tem uma clínica médica de auto nível (CENTERMEDI CLÍNICA MÉDICA LTDA, ) localizada na Avenida Djalma Dutra N° 104, no bairro de nobre Heliópolis, em Garanhuns. 

Clínica, de propriedade do secretário de Capoeiras, funciona  em um prédio de luxo.  “Enquanto isso as pessoas morrem em Capoeiras por falta de atendimento médico”, lamentou Carlos Batata. 

De acordo com o político, a lei não permite que um secretário municipal  de saúde tenha uma empresa privada na mesma área. Anunciou que vai encaminhar as fotografias e a documentação sobre esse caso para que o Ministério Público tome as medidas cabíveis.

“Em seis anos e meio de governo, Capoeiras já arrecadou mais de 270 milhões de reais, e nada foi feito em benefício da população,  que sofre diariamente com esses desrespeitos”, informou Batata,  cobrando também da Câmara de Vereadores que exerça seu papel de fiscalizar o Poder Executivo e o uso do dinheiro público. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário