Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Festival de Inverno

Alepe

Alepe
Alepe

segunda-feira, 25 de março de 2019

ANGOLA PROÍBE PASTORES DE PEDIR DINHEIRO AO POVO


Em Angola, país africano que já foi colônia de Portugal e só conseguiu sua independência em 1975, o governo está tomando medidas duras contra pastores de algumas igrejas evangélicas.

Um total de 1.220 igrejas podem ser fechadas por conta da ilegalidade e os líderes religiosos foram proibidos de cobrar dinheiro, objetos ou serviços por “promessas e bênçãos divinas".

Para os diáconos, padres e pastores agora é exigida toda uma formação religiosa e não é qualquer um que poderá falar como se fosse representante de Deus na terra.

Angola começou a se preocupar com a pregação evangélica desenfreada desde 2013, quando houve um acidente num estádio, em ato da Igreja Universal, resultando em 13 mortes.

A partir de então, a igreja do brasileiro Edir Macedo teve suas atividades suspensas no país.

2 comentários:

  1. que adotemos essa imoralidade que acontece aqui no Brasil

    ResponderExcluir
  2. NÓS JÁ ESTAMOS VIVENDO O APOCALIPSE FINAL,UM GOVERNO QUE PROIBE DAS IGREJAS EVANGÉLICAS RECEBEREM O DIZIMO ,É PORQUE A BESTA FERA JÁ ESTÁ TOMANDO CONTA DO MUNDO MESMO,O DIZIMO E AS OFERTAS SÃO PARA A PALAVRA DE DEUS CHEGAR AO MAIOR NUMERO DE PESSOAS NO MUNDO ,SEM DINHEIRO ,NÃO TEM COMO ACONTECER ISSO ,VEJAM AS IGREJAS CATÓLICAS QUE SÃO SUSTENTADAS PELOS GOVERNO ,SE POR ISSO Á IGREJA CATÓLICA NÃO PEDE DINHEIRO ,O DIZIMO E OFERTAS

    ResponderExcluir