Prefeitura de Garanhuns

Prefeitura de Garanhuns
Prefeitura de Garanhuns

terça-feira, 5 de junho de 2018

JORNALISTA É DEMITIDO POR CRITICAR O GOVERNO


Depois de um ano e seis meses brilhando como âncora da TV Jornal Caruaru, o jornalista garanhuense foi afastado hoje da emissora.

Segundo o profissional a sua demissão se deu por pressões do Governo do Estado, que estaria insatisfeito com alguns comentários seus feitos no programa de televisão.

Um dos programas que mais teria irritado o pessoal do Palácio das Princesas foi um que foi ao ar durante a greve dos caminhoneiros.

Naquela ocasião o secretário de Planejamento de Pernambuco, Márcio Stefani, disse numa entrevista que o povo já estava cansado da greve.

Rodolfo, depois de informar a declaração do secretário, rebateu e afirmou que a população estava cansada sim, das estradas esburacadas, da insegurança, da falta de remédio, da falta de vagas nos hospitais e muitos outros problemas que o governo não conseguia dar jeito.

De acordo com o jornalista, a direção da TV Jornal pediu para ele aliviar as críticas em relação ao governo de Paulo Câmara e como o apresentador não abriu mão do senso crítico terminou sendo afastado.

“Estou tranquilo e sei que cumpri o meu papel de fazer jornalismo sério, assumindo compromissos com os interesses maiores da sociedade”, comentou Rodolfo com o editor do blog.

Fernando Rodolfo trabalhou na TV de Caruaru em duas ocasiões. Atuou também no SBT São Paulo, tendo começado sua carreira em Garanhuns, escrevendo em jornais locais e apresentando o Jornal da Sete, na FM Sete Colinas.

Assista o programa apresentado por Rodolfo que tanto irritou os governistas, que então pediram a "sua cabeça":

5 comentários:

  1. Pois é, como dizia minha avó"Prego que se destaca é o que leva martelada" a verdade incomoda.

    ResponderExcluir
  2. Essas emissoras todas tem rabo preso com o governo cade a liberdade de expressão de que tanto eles pregam ditadura é esse governo que nos impõe tudo que favoreçam a eles por guela abaixo quando aparece um que fale a verdade eles tentam silenciar de todo jeito que vergonha

    ResponderExcluir
  3. governo miserável, Cambada de pilastras, vergonha de ser brasileiro de ter que ver uma imoralidade dessa.

    ResponderExcluir
  4. Amigos, acreditem este comentário é de uma pessoa extremamente conhecedor do Sistema Jornal do Commercio, que faz parte do Grupo JCPM. Meus caros vou tentar resumir ao máximo, para que entendam o ocorrido. O Presidente do Grupo JCPM o nosso querido Sr. João Carlos Paes Mendonça vive de projetos e para isto precisa de assinaturas de homens de Governos estaduais e municipais para que sejam rapidamente aprovados seus projetos de Shoppings, Construtoras e outros, qualquer um colaborador das Rádios Jornal, TV Jornal, do Jornal escrito e outros que se atrevam a fazer qualquer comentário negativo a estes governos, serão demitido rapidamente sem dó nem piedade.
    Vejam se tem logica, Todas às Empresas do Sistema Jornal do Commercio fecham o ano financeiramente no vermelho, os donos não entendem patavinas de Empresa de comunicação e não vendem o Sistema de forma alguma para empresários do ramo, na verdade o lucro do Sistema vem indiretamente, é aquela velha história (eu não falo mal de tu e tu me ajuda) Mais os outros Sistemas de comunicação local como Tribuna e Clube trabalham da mesma forma, isto transforma a nossa empresa local totalmente “MARON” Bons profissionais todos com bum bum na parede para não serem demitido. É isto ai.

    ResponderExcluir
  5. "Imprensa o 4º poder continua amordaçada, estamos todos solidários com o colega.Nós do Jornal SEM CENSURA, sofremos represália dos governantes como do Legislativos.

    ResponderExcluir