ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quinta-feira, 31 de maio de 2018

GARANHUNS E O DIA DE CORPUS CHRISTI


Hoje, dia de Corpus Christi, novamente foi confeccionado um lindo tapete na Avenida Santo Antônio, deixando a cidade mais bonita, colorida, ao mesmo tempo em que os católicos mais uma vez expressaram sua fé na Igreja e no Nosso Senhor Jesus Cristo.

As fotos foram enviadas ao editor do blog pelo professor Jesseraldo (na imagem abaixo), que trabalhou muitos anos em escolas de Garanhuns e também no Colégio José Soares de Almeida Filho, em Capoeiras.

Hoje ele está aposentado e mora no Loteamento Morada do Sol, vizinho à Cohab II.



FORA TEMER! FORA GLOBO!


A Globo está cada dia mais tendenciosa, manipuladora, tomando partido e fazendo um jornalismo abjeto, imoral e sem credibilidade.

Tem perdido audiência pelo seu comportamento criminoso, contra a população e a favor do mercado e dos interesses estrangeiros.

Não dá para ver novela, Faustão é um falastrão insuportável, o Fantástico virou uma revista de nulidades e o Jornal Nacional transformou o Bonner num porta voz do golpe, com cara de boneco enfezado.

A Globo foi o principal instrumento que levou à vitória do golpe, fabricou paladinos da justiça, ajudou a encarcerar lideranças à esquerda e hoje criminaliza caminhoneiros para tentar salvar o desgoverno odiado do usurpador Michel Temer.

Globo, PSDB, Folha de São Paulo, Veja, MDB, Sérgio Moro, João Dória e outros representam o mesmo pensamento, os mesmos interesses, o neoliberalismo que reduz o Brasil a uma República de Bananas e entrega as riquezas nacionais ao grande capital tupiniquim ou do exterior.

O povo não participa mais do bolo. Nem tem perspectiva de voltar ao banquete.

A Globo disseminou o ódio, fez (com a ajuda de outros veículos da mídia) com que milhões de brasileiros acreditassem que o PT era sinônimo de corrução, acabou com a imagem da Dilma, tentou destruir o Lula e prossegue, dia e noite, mentindo, omitindo, distorcendo, usando o seu poder para manter o país nas trevas, o povo anestesiado, desinformado, burro, na espera da Copa do Mundo para "comemorar a felicidade de ser hexa".

Pastores evangélicos falam contra a TV Globo, padres e bispos criticam o canal de televisão da família Marinho, blogs e sites de esquerda descem o pau na “Vênus Platinada”, milhões de brasileiros usam as redes sociais para se posicionar contra o poderoso e venal veículo de comunicação.

Como já foi dito aqui, mais de uma vez, repórteres da TV Globo trabalham escondidos ou sem crachá, usam helicópteros e quando se arriscam nas ruas são hostilizados e equipes são colocadas pra correr.

O povo não é bobo, por isso tem muita gente com raiva da Globo.

A emissora do plim plim realmente faz mal ao Brasil.

Não tem decência, é desonesta, é um espelho que reflete o que tem de pior no país: o jeitinho, a safadeza, o estado do corrução que corrói as entranhas da nação.

Um dia a Globo vai sair do pedestal, deixará de reinar como aconteceu com a Tupi, a antiga Record, a Excelsior.

Nenhum império sobrevive para sempre. Portugal já dividiu o mundo com a Espanha e hoje é o primo pobre da Europa. O Império Romano ruiu, o Reich de Hitler feito para durar mil anos acabou em menos de uma década, a ditadura militar brasileira (apoiada pelas Organizações Globo) cansou o povo e se autodestruiu.  Tudo passa, tudo muda e mesmo os déspotas, os ilusionistas, os faltos super heróis um dia saem lá de cima, do seu pedestal e dão com o corpo no chão.

Temer é só uma excrescência, um instrumento das classes dominantes, da Globo, rotulado de presidente para levar à frente um projeto que faça o povo esquecer Lula, o PT e a política de fazer de pobre gente (onde já se viu uma coisa dessas?).

Quem tem o poder de fato é a Globo, é o capital. Mas o preposto de presidente e seu bando fracassaram, estão levando o Brasil ao caos. Não vai dar para sustentar esse faz-de-conta muito tempo, o castelo pode ruir.

Caminhoneiros pararam o país, se mostraram mais fortes do que a Globo, do que Moro, do que qualquer partido político. Amanhã virão outros, e outros, e outros.

E mais um império vai cair. Será outro dia. E poderemos novamente nos alimentar da esperança, ter orgulho do Brasil.

Fora Temer! Fora Globo! 

Afinal, os dois têm a mesma essência.

UM PRESIDENTE À ALTURA DO CARGO



Por Luís Felipe Miguel/Contexto Livre

Eu lembro. Não faz tanto tempo assim.

Quando Dilma foi afastada da presidência, foi uma festa. Finalmente, depois de tantos anos, tínhamos de novo um presidente à altura do cargo. Um homem cujo terno era elogiado por cientistas políticos. (É verdade, não estou inventando.) Que dignificava seu discurso com mesóclises. Foi uma caravana de jornalistas puxa-sacos entrevistá-lo no Palácio, uma entrevista inacreditável que permanecerá para sempre como um ponto culminante da carreira de Noblat, Cantanhede e outros. A Veja ressaltava a posição da nova primeira-dama, “bela, recatada e do lar”, expressão que, antes de virar piada, foi – eu lembro – o título, a sério, de uma reportagem laudatória.

Só precisava de umas décadas a menos e umas plásticas a mais para Michel Temer se transformar no nosso John Kennedy. Seus discursos eram recheados de banalidades, mas elas eram aplaudidas com frenesi. Via-se uma sabedoria profunda, de idiot savant, em frases como “Pare de pensar em crise, trabalhe”. Aliás, o fato de Temer só falar banalidades contava entre seus méritos. Era disso que o Brasil precisava. Um velho e bom governo convencional. Previsível. Confiável. Oligárquico. Um governo de homens brancos idosos.

Na economia, arrocho nos gastos sociais, redução de direitos, mais mercado e menos Estado. Na política, a construção de uma enorme base parlamentar que garantiria a “governabilidade”. Sem falar na moral e nos bons costumes. Família patriarcal e camisa verde-amarela. Em tudo, sempre, as fórmulas de sempre. O empresariado aplaudia, a mídia ululava, a classe média abanava o rabo. Como podia dar errado?

Os coleguinhas mais afoitos vestiam a autoridade de cientistas políticos para falar, nos jornais, em “governo de salvação nacional”. Eu lembro.

* * *

A situação em que nos encontramos hoje é a consequência direta e esperada daquele momento, dois anos atrás. O golpe de 2016 foi quando a classe dominante brasileira decidiu realizar seu programa máximo. Reduziu a quase zero o espaço para concessões aos dominados. Atropelou a Constituição, atropelou a democracia, destruiu o que se conseguira construir como espaço de convivência e disputa politica civilizada nas últimas décadas.

Era, de fato, um grande acordo nacional. Com o Supremo, com tudo, com todos os que importam. Afinal, nesse tipo de acordo nunca há espaço para a classe trabalhadora, para os aposentados, para as mulheres, para a população negra, para os povos indígenas.

Hoje, temos o país à beira do caos, um governo incapaz de governar e nenhuma saída na nossa frente. A greve dos caminhoneiros apenas desvelou a situação em que nos encontramos – e sua própria ambiguidade é um indício das incertezas profundas do momento.

Qualquer solução será, com certeza, uma meia sola. Em parte porque o próprio movimento não parece ter rumo certo e se mostra embevecido com sua própria força. Mas, sobretudo, porque não há, no governo que aí está, nem disposição nem autoridade para mais do que isso. Quem confiaria num acordo com o governo Temer?

E as eleições, que teriam o condão de relegitimar o centro do poder, ficam despidas desta capacidade na medida em que a expressão da vontade popular está tolhida por um ato de força. Com a decisão de impedir a candidatura de Lula – e em seguida aprisioná-lo –, as classes dominantes anunciaram que não desejam qualquer repactuação da ordem anterior. Jogaram o país numa crise política impossível e se recusam a discutir qualquer solução. 

*Luís Felipe Miguel é professor universitário em Brasília, jornalista e escritor.

**Na foto da Carta Capital, Donald Trump e Michel Temer



SANTA JOANA D´ARC RECOMEÇA AULAS NA SEXTA


NOTA DA CNBB SOBRE O MOMENTO NACIONAL



Jesus entrou e pôs-se no meio deles e disse: A paz esteja convosco”(Jo 20,19)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, solidária com os caminhoneiros, trabalhadores e trabalhadoras, em manifestações em todo território nacional, e preocupada com as duras consequências que sempre recaem sobre os mais pobres, conclama toda a sociedade para o diálogo e para a não violência. Reconhecemos a importância da profissão e da atividade dos caminhoneiros.

A crise é grave e pede soluções justas. Contudo, “qualquer solução que atenda à lógica do mercado e aos interesses partidários antes que às necessidades do povo, especialmente dos mais pobres, nega a ética e se desvia do caminho da justiça” (CNBB, 10/03/2016). Nenhuma solução que se utilize da violência ou prejudique a democracia pode ser admitida como saída para a crise.

Não é justo submeter o Estado ao mercado. Quando é o mercado que governa, o Estado torna-se fraco e acaba submetido a uma perversa lógica financista. “O dinheiro é para servir e não para governar” (Papa Francisco, Evangelii Gaudium, 58). 

É necessário cultivar o diálogo que exige humilde escuta recíproca e decidido respeito ao Estado democrático de direito, para o atendimento, na justa medida, das reivindicações.

As eleições se aproximam. É preciso assegurar que sejam realizadas de acordo com os princípios democráticos e éticos, para restabelecer nossa confiança e nossa esperança. Propostas que desrespeitam a liberdade e o estado de direito não conduzem ao bem comum, mas à violência.

Celebramos a Solenidade do Corpus Christi, fonte de unidade e de paz. Quem participa da Eucaristia não pode deixar de ser artífice da unidade e da paz. O Pão da unidade nos cure da ambição de prevalecer sobre os outros, da ganância de entesourar para nós mesmos, de fomentar discórdias e disseminar críticas; que desperte a alegria de nos amarmos sem rivalidades, nem invejas, nem murmurações maldizentes (cf. Papa Francisco, Festa do Corpus Christi, 2017). O Pão da Vida nos motive a cultivar o perdão, a desenvolver a capacidade de diálogo e nos anime a imitar Jesus Cristo, que veio para servir, não para ser servido.

Conclamamos, por fim, todos à oração e ao compromisso na busca de um Brasil solidário, pacífico, justo e fraterno. A paz é um dom de Deus, mas é também fruto de nosso trabalho.
Nossa Senhora Aparecida interceda por todos!
Cardeal Sergio da Rocha
Arcebispo de Brasília (DF)
Presidente da CNBB
Dom Murilo S. R. Krieger, SCJ
Arcebispo de São Salvador (BA)
Vice-Presidente da CNBB 
 
Dom Leonardo Ulrich Steiner, OFM
Bispo Auxiliar de Brasília (DF)
Secretário-Geral da CNBB

quarta-feira, 30 de maio de 2018

MESMO COM A GREVE CAETÉS PAGA EM DIA


O prefeito de Caetés, Armando Duarte (PTB), disse que nesta quarta-feira, dia 30, o deposito bancário já foi efetuado para o pagamento de toda a folha salarial do município, a saber: efetivos, comissionados, contratados, aposentados e pensionistas.


“Mesmo com o desabastecimento gerado pela justa greve dos caminhoneiros, onde faltou combustível em todos os postos da região. Nós do governo de Caetés, montamos uma estratégia, para não parar o funcionamento burocrático. Quem tinha combustível dava carona, quem não, um veículo da prefeitura ia pegar os funcionários, e desta forma, garantimos o pagamento do salário dos nossos servidores em dia e estamos finalizando os últimos processos das nossas festas juninas que, já começam no próximo dia 9, na Vila Araçá”, informou o prefeito Armando Duarte.

LULA, MACIEL MELO E O LIVRO "A POEIRA E A ESTRADA"


Por Junior Almeida

Desde que Lula foi preso em Curitiba no início de abril desse ano a mídia tradicional do país tem feito de tudo para tentar apagar seu nome da mente dos brasileiros, embora pesquisas eleitorais recentes dos vários institutos venham provar que esse esquecimento proposital dos meios de comunicação não tem surtido efeito.

Quem quer se informar sobre o que se passa com o ex-presidente tem que procurar notícias na mídia alternativa, principalmente pela internet. Nos sites progressistas, dos partidos, de deputados e senadores, além das redes sociais como Facebook e Twitter, de lideranças da esquerda, que atualizam diariamente as informações sobre Lula.

Foi por meio de um desses meios de informação ficamos sabendo ontem que Lula está atualmente lendo A Poeira e a Estrada, excelente biografia do “Caboclo Sonhador”, Maciel Melo, o filho mais ilustre de Uguaracy no Sertão do Estado, onde dentre outras histórias o autor narra uma passagem da sua vida em que aparece o nome do então sindicalista Lula, esse descrito no livro como filho de Caetés.

A HISTÓRIA DE LULA NO LIVRO

O poeta sertanejo diz que quando estava viajando de carona na carroceria de um caminhão de Petrolina a Recife, no final da década de 1970 (viajem essa que rendeu inspiração para compor “Terra Prometida”), no local conhecido como “Placas”, ou Cruzeiro do Nordeste, município de Sertânia, subiu na carroceria um sujeito de meia idade que logo fez amizade com os demais passageiros do veículo. Maciel contou no livro que o homem demonstrava ser esclarecido, pois discorria sobre os mais variados assuntos. Segundo ele, ao falar da então situação do país naquela época, com as queixas de sempre com as políticas de arrocho aos mais pobres, o homem teria dito que:

Está surgindo no ABC paulista uma nova liderança política. O nome dele é Lula. Ele nasceu numa cidade aí pra frente chamada Caetés. Digo a vocês: se um dia esse homem chegar ao poder, aí sim, o pobre vai ter vez...

Maciel Melo conta e sua biografia que anos mais tarde, já bastante conhecido por ter estourado com “Caboclo Sonhador”, o então governador Eduardo Campos o ligou, para que ele fosse, junto com outros artistas, tocar no Palácio do Campo das Princesas numa recepção que ia oferecer ao presidente Lula e sua esposa Marisa Letícia. O cantor relata que ao final da festa Lula disse ao neto de Arraes que quando fosse comemorar o aniversário de Marisa em Brasília, que queria além da presença dele (Eduardo Campos), “os meninos” tocando na festa.

Maciel reconhece que a princípio não levou a sério as palavras de Lula, achando se tratar de simples demagogia, mas que depois, para a sua grata surpresa, foi confirmado tal convite. No final do relato do livro, o autor disse que se emocionou ao tocar no centro do poder do país e, que em sua mente passou um filme de sua existência, começando de sua dura vida de batedor de tijolos em Iguaracy, quando ainda era o “Neguinho de Heleno”, passando pelas palavras proféticas do homem do caminhão até aquele momento. O poeta contou que se emocionou tanto que chegou a chorar.

A POEIRA E A ESTRADA

Amigo olhe a poeira, olhe a estrada
Olhe os garranchos que arranham pensamentos
Entre o cascalho, vá separando os espinhos
Não esqueça que os caminhos
São difíceis pra danar
Nem todo atalho diminui uma distância
Nem toda ânsia no final tem alegria
Veja na flor que o espinho lhe vigia
A noite adormece o dia
E a lua vem lhe ninar
Devagarinho vá pelo cheiro das flores
Siga os amores nunca deixe pra depois
Nem tudo é certo como quatro é dois e dois
Nem todo amor merece todo coração
Se a poesia ainda não lhe trouxe o fermento
E o sofrimento entre o amor ganhou a vez
Nem tudo é eterno quando a gente ama
Por isso amigo não se entregue agora
Talvez um dia o mundo lhe peça perdão
Por isso não se perca não
Os amores vão e a gente fica

A deputada federal pelo Rio de Janeiro, Benedita da Silva, do PT, que visitou Lula essa semana, e trouxe suas notícias ao povo, disse ao jornalista Vinícius Segalla que “foi muito reconfortante ter visto o presidente Lula com a mesma força, a mesma vontade de ler, de entender cada vez mais a alma do brasileiro e do Brasil”.

*Clique nos links a seguir e assista no Youtube as músicas citadas no texto. 




GENERAL DO EXÉRCITO BRASILEIRO ACHA QUE IDEIA DE INTERVENÇÃO MILITAR É COISA DE GENTE MALUCA


O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, diz que há “chance zero” de setores das Forças Armadas, principalmente da ativa, mas também da reserva, se encantarem com a volta dos militares ao poder. Admite, porém, que há “tresloucados” ou “malucos” civis que, vira e mexe, batem à sua porta cobrando intervenção no caos político.
“Esses tresloucados, esses malucos vêm procurar a gente aqui e perguntam: ‘Até quando as Forças Armadas vão deixar o País afundando? Cadê a responsabilidade das Forças Armadas?’” E o que ele responde? “Eu respondo com o artigo 142 da Constituição. Está tudo ali. Ponto”.
Pelo artigo 142, “as Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem.”
*Fonte: Estado de São Paulo

IZAÍAS PARTICIPA DE VIDEOCONFERÊNCIA SOBRE EDUCAÇÃO

O prefeito Izaías Régis participou hoje pela manhã de uma videoconferência com o ex-prefeito de Sobral (CE), Veveu Arruda.

O ex- gestor falou direto de Nova Iorque, onde reside atualmente.

Os dois conversaram sobre o programa Educar para Valer, que está sendo implantado em Garanhuns, uma das cinco cidades piloto do país a receber.

O programa é desenvolvido pela Fundação Lemann e é baseado no caso da educação de Sobral, que é hoje o município de melhor IDEB no país. 

A reunião virtual aconteceu para definir alguns pontos fundamentais para a execução do programa. 

O prefeito Izaías Régis recebeu o convite oficial para participar do Seminário que acontece em Sobral, nos dias 2 e 3 de julho.

No momento, o prefeito vai assinar o plano de ação que será desenvolvido no município.

BISPO COMPARA TV GLOBO A UM DEMÔNIO E PEDE AOS CRISTÃOS QUE NÃO ASSISTAM PROGRAMAÇÃO DA EMISSORA

Dom Celso Antônio Marchiori, bispo da Diocese de Apucarana, no Paraná, durante a homilia, na igreja, comparou a Rede Globo a uma entidade diabólica que está levando o Brasil para a destruição. Ele fez um apelo aos católicos e evangélicos para que não assistam mais as novelas e outros programas da emissora.

Confira:


GOVERNADOR ANUNCIA MEDIDAS CONTRA A CRISE

O governador Paulo Câmara tem tomado algumas medidas visando normalizar a situação em Pernambuco, que sofre com a falta de combustível e o desabastecimento de gêneros alimentícios. 

Esta semana o socialista gravou um vídeo anunciando algumas decisões.

Assista:


GARANHUNS GANHA BAR SOFISTICADO

Foi inaugurado nesta terça-feira (29), no horário noturno,  o novíssimo bar e restaurante @obotequimrelojoeiro, pertencente ao mesmo proprietário do restaurante “O Relojoeiro”, um dos melhores de Garanhuns.

O novo e sofisticado espaço gourmet da city está  localizado no térreo da galeria Rui Barbosa Mall, em Heliópolis, e contará  com uma varanda que terá vista privilegiada para a Avenida Rui Barbosa, área nobre da cidade.

“Aguardem bons drinques, cervejas geladinhas e petiscos exclusivos, proposta principal da casa. Vai ficar incrível!!”, anuncia o jornalista Saulo Paes, que assessora os empreendedores.

GOVERNO É MÃE PARA AS PETROLEIRAS ESTRANGEIRAS



Os recursos que poderiam melhorar a vida dos caminhoneiros vão para o caixa das petroleiras internacionais.
Por placar apertado, com 208 votos favoráveis e 184 contrários, a Câmara dos Deputados aprovou, no fim da noite desta quarta-feira (29), o texto-base da Medida Provisória (MP) 795/2017, que estabelece redução de tributos às petrolíferas estrangeiras na exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural. O pacote de bondades significará renúncia de receitas na ordem de R$ 50 bilhões por ano.

Segundo o texto, as empresas ficam isentas de pagamento do imposto de importação, do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), e das respectivas contribuições para o Programa de Integração Social e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep-Importação), e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins-Importação).

Quando enviada pelo governo Temer, a proposta suspendia os tributos somente até 31 de julho de 2022. Ao relatar a matéria, porém, o deputado Júlio Lopes (PP-RJ) ampliou o prazo para 2040, o que deve acarretar em perdas somadas da ordem de R$ 1 trilhão de reais em receitas que deveriam ser destinadas à União – cerca de R$ 50 bilhões por ano.
*Fonte: Carta de Campinas.

terça-feira, 29 de maio de 2018

EUGÊNIA SUÁREZ - BELEZA E TALENTO DA ATRIZ ARGENTINA


Maria Eugenia Suárez Riveiro, 26 anos, nasceu em Palermo, bairro de Buenos Aires, capital argentina.

É atriz, cantora e modelo, tendo começado a trabalhar nas passarelas com apenas seis anos.

Tem talento e beleza de sobra, com trabalhos relevantes na televisão e no cinema.

Dois filmes da estrela estão em cartaz na Netflix e quem quiser pode conferir as qualidades artísticas e o visual deslumbrante dessa hermana

Em Linha Vermelha do Destino (2016), longa inspirado numa lenda do Japão, a atriz interpreta Abril, uma comissária de bordo que conhece Manuel, durante um voo e entre os dois rola uma química arrasadora.

Mas quando o avião pousa eles se desencontram e só se reveem sete anos depois, os dois bem casados e com filhos.

Mesmo assim, a chama do primeiro encontro permanece viva, parecem ter nascido um para o outro e vão viver uma grande história de “amor proibido”.

Eugênia está tão bonita, em determinadas cenas, que parece não ser real.

Entre as pessoas que comentam o filme, nos sites, até as mulheres se mostram deslumbradas com o excesso de beleza da artista.
O outro filme em que Maria Eugenia é a estrela se chama “Abzurdah”, uma história pesada, retratando a vida de uma adolescente apaixonada por um homem mais velho e que por conta do amor não correspondido praticamente desiste de viver.

Cielo se torna anoréxica, doença comum hoje entre as jovens, principalmente na Argentina e no Japão, segundo informa o próprio longa metragem.

Em Abzurdah a atriz,  que tinha 23 anos, na época, aparenta 17/18, idade do seu personagem.

As fotos que ilustram o post dizem muito pouco da beleza e do talento da estrela argentina.

Muitos podem discordar, porém estou convencido de que ela bate um bolão, ganha do Messi em todas as posições.

DIOCESANO RETOMA AULAS NA QUARTA-FEIRA


BATATA TEM REDUTO ELEITORAL EM JABOATÃO


Carlos Batata tem uma boa articulação política na Região Metropolitana do Recife, principalmente em Jaboatão dos Guararapes, onde já está fazendo reuniões para debater sua pré-candidatura à Câmara Federal (foto). Ele espera somar uma boa votação na capital e municípios do entorno, embora tenha bases sólidas também no Agreste Meridional.

Nasceu e tem residência em Garanhuns, foi prefeito de Capoeiras e tem conhecimento em todas as cidades da região.

Aqui na Suíça Pernambucana sua principal dobradinha é com Damásio Cardoso (Patriotas), candidato a deputado estadual.

Vai disputar votos na cidade com Jorge Corte Real (PTB), candidato do prefeito Izaías Régis e João Campos (PSB), que irá fazer dobradinha com o ex-vereador Sivaldo Albino, também do Partido Socialista.

Fernando Ferro (PT), que também tentará retornar à Câmara Federal, caso Marília Arraes seja candidata ao Governo, também sempre tem boas votações em Garanhuns, mesmo sem o apoio de nenhuma liderança expressiva ou investimento financeiro. Ele tem o chamado "voto de opinião".

GREVE PREJUDICA ATÉ ABASTECIMENTO D´ÁGUA


Água nas barragens tem, mas falta 
o  produto químico para o tratamento

A crise por conta da greve dos caminhoneiros está atingindo praticamente todos os setores da vida das pessoas. Até mesmo o abastecimento d´água em Garanhuns foi afetado, como fica claro na nota de esclarecimento divulgada pela Compesa.

Confira:

A Companhia Pernambucana de Saneamento  (Compesa) informa que deste sábado, 26, o Sistema de Abastecimento d’água de Garanhuns está operando com uma redução de 40% da vazão, em virtude do crítico nível de estoque por conta da greve dos caminhoneiros. 

A paralisação nas rodovias do País impossibilitou que os caminhões carregados com produtos químicos pudessem chegar à cidade para a reposição. A Compesa ressalta que o abastecimento só voltará ao normal, em Garanhuns, quando os produtos químicos forem repostos. Todas as equipes estão de prontidão até que a situação se normalize.

VEREADOR AUDÁLIO RAMOS FILHO FAZ PROPOSTA TENTANDO EVITAR O COLAPSO EM GARANHUNS


O vereador Audálio Ramos solicitou, em caráter de urgência, a inclusão do município de Garanhuns dentro das medidas que estão sendo tomadas pelo Comitê Estadual de Crise no que se refere ao reabastecimento de combustíveis e gás de cozinha no interior do Estado.

A solicitação de Audálio se deu diante das tratativas entre o Governo do Estado e o Comando Militar do Nordeste para traçar ações conjuntas de trabalho integrado para levar combustível a todo o Interior de Pernambuco.

Prevendo a demora no reabastecimento das cidades o parlamentar garanhuense ressaltou a urgência de Garanhuns por ser um município polo do Agreste Meridional, para o qual convergem centenas de pessoas diariamente, além de sua população acima de 140 mil habitantes.

Os postos de Garanhuns seguem desabastecidos, o botijão de gás já está em falta, à frota do transporte público opera em 50% de sua capacidade e itens básicos para população já estão em falta e a Prefeitura decretou situação de emergência.

“A Prefeitura conseguiu liminar para garantir o abastecimento dos veículos que são primordiais à manutenção dos serviços essenciais à população, esperamos agora que o combustível e o gás de cozinha cheguem o quanto antes para atender a nossa população” ressaltou Audálio.

O vereador Audálio cumpre bem seu papel de parlamentar. Se alguma coisa não for feita todos poderemos viver momentos difíceis. Além da falta de gasolina, o gás de cozinha também está difícil.

Aproveitadores tiram partido da crise. Diariamente temos recebido informações e gente que estocou gasolina (não é nem dono de posto) e vende o produto por 10 e até 20 reais o litro, quando encontra alguma pessoa necessitando muito do produto.

Tem gás sendo comercializado a 100 reais o botijão. No Recife, onde a batata inglesa hoje chegou a 20 reais o quilo, o gás é vendido por até 150 reais.

E haja desgoverno.

GEOVANE TAMBÉM DECRETA EMERGÊNCIA EM ITAQUITINGA

Com a falta de combustíveis afetando todos os setores da municipalidade e também a toda a comunidade, o prefeito de Itaquitinga, Geovane Oliveira (PMN),  decretou Estado de Emergência e criou um Comitê de Acompanhamento formado por Secretários e pessoas que no dia a dia estão inseridos no funcionamento das ações do governo.

As aulas estão suspensas desde a última quinta-feira e seguem sem previsão devido a paralisação dos ônibus que transportam os alunos da zona rural para a cidade. O hospital funciona normalmente uma vez que a Secretaria de Saúde reforçou os insumos e medicamentos necessários.

O município também mantém programas sociais como o Restaurante do Povo, que fornece uma refeição diária no Bairro da Chã do Fogo, que apresenta vulnerabilidade social. As medidas visam resguardar todos os serviços que a população necessita. 

"Estamos firmes e vigilantes, 24 horas no ar para trazer Itaquitinga de volta à normalidade. Infelizmente, o caos gerado pelo Governo Temer tem trazido danos irreparáveis as pessoas e tudo isso que aí está é culpa deste desgoverno que nunca pensou no povo. Mas vamos em frente ter Fé, arregaçar as mangas e trabalhar para mudar tudo isso que está ai”, comentou o prefeito Geovani.

*Foto: Blog de Elielson Lima