ALEPE

ALEPE
ALEPE

quinta-feira, 15 de março de 2018

ASSASSINATO DE VEREADORA REPERCUTE NO EXTERIOR


O assassinato da vereadora e socióloga Marielle Franco (PSOL)/RJ e do motorista Anderson Pedro Gomes, nesta quarta-feira (14), foi uma das notícias em destaque no Brasil, com repercussão também no exterior.

Jornais e sites dos Estados Unidos, da Inglaterra, da Espanha, da Argentina, do Peru, Venezuela e outros países noticiaram o fato.

A respeito desse homicídio que chocou o país e a comunidade internacional, reproduzimos o texto de Fábio Silva, o Fabinho, publicado em sua página do Facebook.

Luto & Luta

Existe pior morte? Existe importância maior em quem morrer? Existe morte que repercute mais? Existe morte mais "morrida" do que outra?

Conforme a constituição brasileira todos somos iguais nos direitos e deveres, então, a resposta lógica é "Não"!

Mas, na minha opinião, existe Sim!

Quando se cala um ativista pela justiça, pelos diretos humanos, alguém que é a voz dos sem vozes, morrem junto milhares de outras vozes.

Imagino a quantidade de vozes que eram representadas pela Marielle Franco, a vereadora do Rio de Janeiro que foi assassinada ontem a noite.

Imagino a dor da comunidade da Maré, no Rio de Janeiro, que se orgulha de ter eleito sua filha negra, jovem, ativista, a voz dos sem vozes.

Imagino a frustração dos que viam nela a mudança. Imagino a dor e sinto essa dor no meu peito. A dor dos que buscam no dia a dia promover a chegada do Reino do Bem na vida dos mais humildes.

Não estamos falando simplesmente de uma vereadora do PSOL (a 5a mais votada do Rio de Janeiro). Estamos falando de algo muito maior: de uma mulher corajosa, representante do movimento negro, alguém que se tornou política porque já era ativista. A população viu que ela, ao ter um mandato legislativo, poderia fazer em maior escala o que já fazia antes, e beneficiar ainda mais pessoas.

14.03.2018 - morre uma jovem que buscava justiça para muitos.

Agora, pedimos Justiça por ela, por sua família, por suas causas, pela vida/familia do motorista do carro que ela estava.

Dia de se perguntar mais uma vez:

Que mundo é esse? Que País é esse? Que cidade maravilhosa é essa?
Que o Luto se transforme na luta de quem busca justiça para todos, mas, principalmente para os ativistas da justiça.


ORDEM DOS ADVOGADOS - A OAB Pernambuco também divulgou nota a respeito do crime que vitimou a vereador Marielle Franco:

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Pernambuco, por intermédio da Comissão da Mulher Advogada (CDMA), recebeu com grande pesar e enorme preocupação a notícia da morte da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco, e do motorista Anderson Pedro Gomes, em incidente acontecido na noite desta quarta-feira (14).

De acordo com as informações preliminares divulgadas amplamente nos veículos de comunicação, a principal linha de investigação leva a crer que a quinta vereadora mais votada do Rio de Janeiro foi assassinada em razão do exercício de sua atividade legiferante.

Marielle, mulher negra e feminista, era inarredável defensora dos direitos humanos, tendo sido escolhida como relatora da comissão criada na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro para acompanhar a intervenção federal na segurança pública daquele estado. Além disso, vinha denunciando episódios de violência envolvendo a Polícia Militar e a atuação das milícias no Rio de Janeiro.

Em razão das circunstâncias de sua morte, que levam a crer que a vereadora foi vítima de execução em razão de sua militância, a OAB-PE se solidariza com seus familiares e amigos e espera que as autoridades públicas apurem os fatos com a seriedade e a celeridade que o caso requer.
Recife, 15 de março de 2018.

Leonardo Accioly
Presidente em exercício da OAB Pernambuco
Ana Luiza Mousinho
Presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB Pernambuco

*Foto: Portal UOL.

4 comentários:

  1. Sobre político corrupto, esquerdista, defensor de bandido morrendo! so peço Bis!!

    ResponderExcluir
  2. Embora explorada politicamente por setores da putada petralha et caterva “incarnada” que um dia se chamou a autêntica esquerda brasileira, as manifestações em todo o país em protesto contra o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do seu motorista, Anderson Pedro Gomes são mais que necessárias.

    Conforme relata a Imprensa Viva(E NÃO OS BLOGS SUJOS!!!), Independente do uso político por parte dos picaretas do PT e PSOL, ativistas de esquerda, críticos da intervenção militar no Rio e de outros setores descontentes com as mudanças na cúpula das polícias no Estado, as manifestações, protestos e cobrança por parte da imprensa e opinião pública são cruciais no sentido de pressionar as autoridades para que busquem logo pelo esclarecimento do crime.

    Não apenas pelo fato de Marielle Franco ser mulher, negra e de origem humilde, mas também pelo fato de ser uma vereadora e ativista política atuante apesar de ter pertencido a um partido ranzinza daquele que nem... nem sai de cima... Será preciso esclarecer melhor as circunstâncias de sua morte, se seus assassinos estão ligados a milícias, traficantes, policiais corruptos ou grupos políticos, pois era justamente neste contexto que Marielle Franco estava inserida. Não há como ignorar tais fatos e tratar o caso como mais uma tragédia fruto da violência no Rio e no Brasil, como bem afirmou a imprensa viva, hoje, dia do sepultamento da vereadora Marielle do PSOL.

    Claro, que ninguém é bobo para não sacar que, Marielle Franco foi executada e tudo indica que se tratou de um crime de mando. Resta saber quem foram os mandantes. Políticos, policiais corruptos, criminosos ou grupos interessados em sabotar a intervenção federal no Rio?!?!?! Obviamente, em virtude das circunstâncias e do profissionalismo de seus executores, não se trata de crime passional, latrocínio ou qualquer outra modalidade de violência corriqueira.

    O caso Marielle Franco não pode se tornar mais um crime político, como foi o caso do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel. A diferença é que toda a ESQUERDA BRASILEIRA se calou sobre o assassinato do petista, que na época denunciava esquemas de corrupção do PT às vésperas da eleição do Seboso de Caetés, que nunca deu um PIU sequer a respeito do desaparecimento de Celso Daniel.

    Até os dias de hoje, a pilantragem dos representantes da esquerda escrota e ladrona finge ignorar este triste episódio, como se todos desejassem que Celso Daniel fosse logo esquecido, como acabou acontecendo. Nove testemunhas do caso foram assassinadas ou tiveram mortes suspeitas. O SEBOSÃO e seus subordinados foram apontados como mandantes do crime, mas o caso permanece insolúvel. Quer dizer, 9 vidas ceifadas naquele crime e a bandidagem petralha calada estava, calada continua...

    P.S.: - Tanto o crime do prefeito de Santo André como da vereadora do Rio de Janeiro, os dois, foram de uma monstruosidade de arrepiar. Como diz o jornalista Eduardo Simbalista: A morte de Marielle é EMBLEMÁTICA. No campo das emoções, é COMOVENTE. No altar das crenças, INACREDITÁVEL. No espaço do convívio social, INADMISSÍVEL. No campo da ética, IMORAL. No campo da lógica, IRRACIONAL. No da inteligência, BURRICE INCOMPREENSÍVEL. No campo da política, RETROCESSO. Para os aproveitadores de sempre, MAIS PROVEITO. Para os radicalismos, ESTOPIM. Para as instituições, UM RISCO.

    ResponderExcluir
  3. As ZISQUERDAS delinquentes são as que querem sapatear sobre uma defunta, assim como fez o Lula com sua própria esposa, com objetivos politiqueiros... Essas mesmas ZISQUERDAS nojenta e asquerosa vinham buscando esse cadáver desde 2016, quando a Dilma Doida foi chutada na bunda e, constitucionalmente, seu vice assumiu com aval do Congresso Nacional. É vergonhoso, mas estão comemorando a morte de um ser humano e utilizando esta tragédia como o ato político mais importante do ano.

    P.S1.: - EIS O CANTO OU PALAVRAS DE ORDEM DOS “DIZORDEIROS ZISQUERDISTAS”, ONTEM NA CANDELÁRIA, NO RIO: “Não acabou, tem que acabar; eu quero o fim da Polícia Militar”...

    P.S2.: - POR CULPA DA PETEZADA LADRONA & SAFADA, VIVEMOS EM PERÍODO EM QUE A DISPUTA É DE QUEM CONSEGUE SER MAIS IGNORANTE, QUEM CONSEGUE SUPERAR O OUTRO EM ASNEIRAS E IDIOTICES. ESQUERDA ESCROTA E DIREITA BURRA SE ESTAPEIAM NA LAMA DA IGNORÂNCIA, UM VERDADEIRO SHOW DE HORRORES.

    ResponderExcluir
  4. Vigarice moral ou autovitimização triunfante, este é o esporte predileto praticado pelos ZISQUERDISTAS. Afinal de contas, como escreve o jornalista Reinaldo Azevedo: “Não é de hoje que as esquerdas fazem hierarquia de vítimas e mortos, desde que isso possa servir à sua causa”. E mais: Esses papa-defuntos precisam de uma morta que seja, ao menos tempo, um “combo” de opressões para que, como dizem, “seu martírio não seja em vão”.

    P.S1.: - CUIDADO GENTE!!! TODO CUIDADO É POUCO COM ESSA BANDIDAGEM QUE SE DIZ DAS ZISQUERDAS. POIS, COMO AFIRMA O BOM E LÚCIDO JORNALISMO QUE AINDA EXISTE NO BRASIL(NÃO CONFUNDA COM OS BLOGS SUJOS QUE VIVEM A SOLDO!!!): O CONJUNTO É NAUSEANTE. ESSA GENTE É INCAPAZ DE EXPRESSAR O LUTO OU CHORAR A PERDA DE ALGUÉM. ANTES MESMO QUE POSSA DEMONSTRAR SOFRIMENTO, O CADÁVER É LOGO CARREGADO EM TRIUNFO EM NOME DE UMA CAUSA.


    P.S2.: - O CORPO DE MARIELLE SERVE À DISPUTA DE PODER. OS EXPLORADORES DE CADÁVERES(PAPA DEFUNTO) ESTÃO POUCO SE LIXANDO PARA A DEMOCRACIA E O ESTADO DE DIREITO. O CORPO DE MARIELLE SERVE À DISPUTA DE PODER. NINGUÉM CONSEGUE FAZER UM CADÁVER RENDER TANTO COMO AS ZISQUERDAS. NÃO É DE HOJE. VEM DE LONGE. É DO TEMPO DO RONCA!!!





    ResponderExcluir