Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

sexta-feira, 16 de março de 2018

A LUTA DE MARIELLE NÃO SERÁ EM VÃO!


Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro do PCB/RJ

Tiraram a voz de mais uma mulher lutadora.

Na noite de 14 de março Marielle foi assassinada no Centro do RJ enquanto voltava do evento chamado “Jovens Negras Movendo as Estruturas”.

Marielle Franco era vereadora pelo PSOL e foi a quinta mais votada no Rio de Janeiro nas eleicões 2016 com 46.502 votos e coordenou a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), ao lado de Marcelo Freixo.
Nós, do Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro nos solidarizamos com familiares, amiga(o)s de Marielle, assim como com familiares do motorista Anderson Pedro Gomes que a acompanhava em trabalho. O CFCAM fará coro para que a luta pelos direitos humanos não cesse diante deste episódio de barbárie, que encontra semelhanças infelizes em cada comunidade pobre e periférica do Brasil. Não deixaremos que a luta de Marielle Franco seja em vão.
É hora de intensificarmos a nossa luta e mostrarmos que não deixaremos que silenciem a nossa voz. Que o nosso grito seja forte e único para exigirmos uma rigorosa investigação e apuração deste crime, sob a fiscalização de um comitê democrático composto por partidos políticos, entidades e movimentos populares.
APOIO: PCB (Partido Comunista Brasileiro) de Garanhuns/PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário