GOVERNO MUNICIPAL

GOVERNO MUNICIPAL
PREFEITURA DE GARANHUNS

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

DUDU ABRE O JOGO SOBRE A POLÍTICA DE CAPOEIRAS

Atuando como repórter, o radialista Gilmar Alves fez uma excelente entrevista com o ex-prefeito de Capoeiras, Luiz Claudino de Souza, popularmente conhecido como Dudu.

O ex-gestor, que às vezes é um pouco tímido, estava bastante descontraído e respondeu todas as perguntas com muita franqueza.

Ele confessou que está meio afastado de Capoeiras e atualmente está mais preocupado em cuidar dos seus negócios em Garanhuns, junto com os filhos.

Daí que quando questionado sobre a gestão de Neide Reino (PSB), que o derrotou na eleição de 2012, evitou críticas à socialista. Explicou que não está acompanhando o trabalho dela e não seria justo bater sem estar a par do que realmente anda acontecendo no município.

Lembrou, ainda, que a crise é nacional, atinge todos os municípios, dificultando a vida de todos os prefeitos.

Com relação à eleição deste ano, Dudu disse que a princípio não pretende se movimentar apoiando nenhum candidato. Admitiu, no entanto, que essa posição poderá ser revista e mais na frente ele poderá estar em algum palanque.

O ponto alto da entrevista, muito bem conduzida por Gilmar, foi quando o repórter questionou Luiz Claudino sobre a possiblidade dele ser candidato a prefeito na próxima eleição municipal, com o apoio de Neide Reino.
Dudu garantiu nunca ter tido nenhuma conversa nesse sentido, mas disse que uma aliança entre eles seria natural, que faria parte do jogo político, que a seu ver se faz na base da conversa, da tolerância e dos acordos entre lideranças.

O ex-prefeito explicou que na última eleição, em 2016, preferiu ficar de fora por entender que não havia espaço para três candidaturas num município como Capoeiras. “A prefeita era candidata à reeleição, Batata demostrou desde cedo o desejo de disputar a eleição, chegou a me convidar para participar da sua chapa, porém eu preferi ficar de fora”, esclareceu.

Dudu revelou muita tranquilidade e grandeza na entrevista. Quando foi indagado se guardava alguma mágoa pelas críticas e perseguições que sofreu em Capoeiras, principalmente por parte da rádio local, ele assegurou não guardar raiva ou rancor. “Acho que disseram muitas inverdades a meu respeito, distorceram as minhas ações, mas eu só quis fazer o bem a minha cidade”, frisou Luiz Claudino de Souza.


Para assistir o vídeo da entrevista basta acessar o blog do Gilmar Alves.

*Foto: reproduzida do Blog Capoeiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário