segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

PALMEIRINA TEM CÂMARA MAIS TRANSPARENTE DO ESTADO

Município de pouco mais de 8 mil habitantes e 6.984 eleitores, Palmeirina é uma das menores cidades do Agreste Meridional.

Apesar de ser um município de pequeno porte, Palmeirina acaba de se destacar, no cenário estadual, através de sua Câmara de Vereadores.

É que o Poder Legislativo local ficou com o 1º lugar no ranking de Transparência feito pelo Tribunal de Contas do Estado, à frente de cidades grandes, como Recife, Jaboatão, Olinda e Caruaru.

O índice de transparência da Câmara de Palmeirina foi de 740 pontos, quando Caruaru, que ficou em quinto lugar, somou 652 pontos.

O segundo lugar no ranking do TCE ficou com outro município de pequeno porte da região: a Câmara de Vereadores de Lagoa do Ouro foi quem mais se aproximou do Legislativo de Palmeirina, somando 725 pontos.

Na relação do Tribunal de Contas, a Câmara de Garanhuns ocupa o 18º lugar, com pontuação 611.

Para fazer a avaliação da transparência, tanto do Poder Legislativo quanto do Executivo, o TCE leva em conta fatores como informações sobre receita, despesas, licitações, contratos, agentes políticos, servidores e instrumentos de Transparência da Gestão Fiscal.

Realiza também uma pesquisa de conteúdo, avalia a comunicação do órgão como entidade detentora do site, analisando ainda a acessibilidade para pessoas com deficiência, cadastramento e senha para acesso, além dos requisitos tecnológicos para despesas, licitações e contratos.

O ótimo resultado obtido pela Câmara Municipal de Palmeirina se deve sobretudo à gestão do atual presidente da Casa, vereador Jailton Nunes (PR), que está no seu 5º mandato consecutivo.

Ele faz questão de dividir a conquista com os demais colegas do Legislativo, a Mesa Diretora e os servidores.

“Ficar em primeiro lugar entre 187 municípios pernambucanos é motivo de orgulho para nós. Agradeço a Deus e aos que fazem à Câmara por esse honroso reconhecimento do Tribunal de Contas”, comentou Jailton.


Lembrando que em termos de Poder Executivo Garanhuns ficou em terceiro lugar, o primeiro no interior do Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário