SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

GOVERNO VAI GASTAR R$ 99 MILHÕES EM PUBLICIDADE

O Governo Federal vai gastar R$ 99 milhões em publicidade para convencer o povo brasileiro de que a reforma da previdência é necessária e fará bem ao país.

Se o peemedebista Temer irá “torrar” essa grana toda para fazer a cabeça do povo e dar um “mimo” aos grandes grupos de comunicação, também investirá na compra de deputados para que votem com o governo.

A reforma é indispensável mesmo? Tenho minhas dúvidas. Tem tanta coisa errada no Brasil, tantos setores privilegiados de onde poderia se tirar dinheiro, que fica difícil aceitar o fato de penalizar mais ainda o já sacrificado trabalhador e o aposentado.

Por que não criar o imposto progressivo, cobrando mais dos muito ricos? Por que não reduzir o número de deputados e senadores, fazendo uma gigantesca economia para o país? Por que não eliminar todas as mordomias do Executivo, Legislativo e Judiciário, que consomem milhões e milhões à custa do povo?

Só o que some pelo ralo da corrupção deve dar para cobrir muitas vezes o rombo da previdência.


Mas um governo que se instalou da forma desse que está aí não tem compromisso com a maioria da população e não está muito preocupado se no final das contas os mais pobres vão se ferrar.

*Foto: Jornal O Povo Online

Um comentário:

  1. Para se fazer as reformas sejam elas quais forem seria preciso e necessário começar cortar na carne as mordomias dos políticos no Brasil.

    Quando houve aqueles grandes movimentos sociais antes,durante e depois da COPA DO MUNDO NO BRASIL de 2014 , o Brasil inteiro aguardava que as coisas tivessem mudado sim.Quando a Dilma que eu votei em 2010 e não em 2014 porque a pedido de minha filha que se encontrava no CANADÁ e de lá ela pediu a mãe para votar em Marina Silva que teria ficado no lugar de Dr. Eduardo Campos eu prontamente segui os conselhos dela e votei.Seguindo o segundo turno haja vista que em Lagoa do Ouro todas as grandes lideranças políticas estavam apoiando a Dilma eu terminei votando em Aécio Neves.

    Não gostei quando ele aprovou com Eduardo do Cunha do PMDB 36 projetos de leis chamados de pautas bombas e que a Dilma vetou 25 deles.Senão o Brasil teria quebrado.

    E o gesto mais nobre que eu vi ela praticar foi em reduzir o seu salário e dos ministros de R$ 33.763,00 para R$ 27.841,23. Por isso que qualifiquei a mesmo como sendo uma Mulher honesta.Hoje não voto mais em políticos que deram o golpe parlamentar porque foram irresponsáveis com o Brasil.

    ResponderExcluir