SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

DIOCESANO ADOTA NOVO PROGRAMA TECNOLÓGICO


Buscando desenvolver o pensamento computacional e aprimorar as habilidades socioemocionais, instituição terá sala de aula adaptada para programação, robótica e inventos para a internet das coisas

Criatividade, capacidade de resolver problemas trabalhando em equipe, autoconfiança, tomada de decisões. Se você já refletiu sobre essas e outras das chamadas habilidades socioemocionais, reconhece que são competências úteis para a vida e essenciais para as profissões do nosso tempo. Por isso estão cada vez mais valorizadas em instituições de ensino de ponta no Brasil.

Em países líderes do ranking educacional, como Reino Unido, Finlândia, Canadá, Cingapura, China, o desenvolvimento das habilidades socioemocionais já é parte do currículo escolar, inclusive, integrado a conteúdos de base tecnológica. Ferramentas da ciência da computação como programação e robótica, quando assimiladas desde cedo pelos alunos, permitem que "situações-problema" lhes sejam apresentadas durante todo o ensino fundamental, exigindo que apliquem um “mix” de conhecimentos técnicos, habilidades cognitivas e socioemocionais, que se assemelha às demandas da vida profissional. 

Esses desafios multidisciplinares de projeto ajudam, inclusive, na melhoria da consolidação de conteúdos da matemática, ciências, história e geografia, entre outras, na medida em que os alunos efetivamente colocam em prática conceitos teóricos de sua vida escolar. 


Fazendo frente a este grande desafio de formação de nosso século, o Diocesano Garanhuns está adotando, a partir de 2018, a disciplina "Pensamento Computacional" da Mind Makers em sua grade curricular. Além de amparado por um rico material pedagógico, kits eletrônicos e recursos didáticos de ponta, os objetivos de formação dos cursos da Mind Makers são rigorosamente alinhados com padrões internacionais, em toda essa amplitude. O programa será oferecido em uma sala de aula especialmente projetada para essa finalidade.

Para João Lacerda, diretor da Mind Makers, o investimento do Colégio Diocesano de Garanhuns num programa como esse mostra seu compromisso com o que há de mais inovador atualmente na educação. “Os cursos da Mind Makers são atrativos e divertidos, ao mesmo tempo que desenvolvem liderança, empreendedorismo, colaboração, persistência e trabalho em equipe. Desta forma, contribuem de maneira efetiva para a formação e futuro da criança, gerando um valor imediatamente perceptível para pais e educadores”, afirma.  “É motivo de honra e muito orgulho para nós a oportunidade de estarmos em uma escola como o Diocesano, e temos certeza de que serão colhidos resultados positivos a curto e longo prazos”, completa.

Já o diretor do Colégio, Padre José Émerson, destaca que “o futuro chega com uma expectativa grandiosa para os nossos filhos”, ressalta. “Aderir ao Mind Makers é continuar no processo de inclusão do futuro nas nossas salas de aula. Temos um trabalho com os nossos alunos que, além do pedagógico, cuida do emocional e do espiritual e ainda faz com que estes estudantes estejam preparados para o futuro”, finaliza.

“Mão na massa” - Amparado por um currículo estruturado e um robusto material pedagógico, a Mind Makers oferece recursos didáticos que reúnem o melhor dos movimentos CODE, que desenvolve habilidades cognitivas através do aprendizado de programação; e MAKER, que solidifica o conhecimento abstrato a partir da manipulação e construção de objetos concretos, a famosa “aprendizagem mão na massa”.

As escolas que oferecem os cursos da Mind Makers têm salas de aulas equipadas com Raspberry Pi, um computador completo com foco educacional, do tamanho de um cartão de crédito que pode ser montado em robôs; kits para montagem de circuitos eletrônicos, alguns capazes de fazer objetos como massinhas, copos de água e até frutas funcionarem como touchpads; além de tapetes pedagógicos usados para a simulação de desafios em atividades "maker".

Para saber mais sobre a Mind Makers, acesse: www.mindmakers.com.br.cc


Sobre a Mind Makers (www.mindmakers.cc) – Inaugurada em 2016 no bairro de Moema, em São Paulo, a Mind Makers iniciou suas atividades com a proposta de aprimorar as habilidades socioemocionais e o pensamento computacional de crianças e jovens. Baseada nos movimentos CODE (que comprova a capacidade das crianças de desenvolver habilidades durante o aprendizado de programação) e Maker (que atesta o aprendizado durante o processo de manipulação de objetos concretos), a instituição rapidamente alçou novos negócios como franquia e dentro de escolas, tanto no contraturno das aulas regulares como também integrada ao próprio currículo das instituições de ensino. Liderada pelos sócios João Lacerda, Ivan Sartori e Paulo Alvim, que juntos acumulam experiência de liderança em grandes companhias educacionais e de tecnologia, a Mind Makers contribui, a partir de um material com amplos recursos pedagógicos, para o desenvolvimento de mentes criativas por meio da programação, da robótica e dos inventos para a internet das coisas. 

*Lumina Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário