SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

terça-feira, 26 de setembro de 2017

SECRETÁRIA DE SAÚDE APONTA IRREGULARIDADES NA GESTÃO MUNICIPAL DE GARANHUNS

Shisneyda na Audiência da Câmara

Ao prestar contas, hoje pela manhã, na Câmara Municipal,  dos trabalhos da Saúde em Garanhuns, relativos ao segundo quadrimestre, a secretária Shisneyda Furtado indiretamente criticou o prefeito Izaías Régis (PTB), seu patrão, por permitir a ingerência do setor de Infraestrutura e Transporte na sua pasta.

Shisneyda citou até o decreto 018/17, assinado pelo prefeito, dando poderes ao Secretário de Infraestrutura, José Gundes, para comandar os veículos da área de Saúde.

Ela pediu apoio aos vereadores à sua luta para que os carros sejam gerenciados pela própria Secretaria de Saúde, alegando que as pessoas à frente da área de transportes não têm nenhuma base legal nem especialidade para gerir os veículos, em especial as ambulâncias do município. “Principalmente quando se trata de vidas humanas”, frisou a secretária, admitindo que esse procedimento constitui uma ilegalidade.

Segundo Shisneyda, existe um contrato da Prefeitura com o Hospital Infantil obrigando o município a disponibilizar uma ambulância para o mesmo.

No último final de semana, porém,  chegou uma família no Infantil, às 5h, atrás de uma ambulância com uma gestante, sofrendo de pressão alta, que precisava ser transferida. O veículo, no entanto foi negado  pelos responsáveis do setor de transporte.  Por que isso?  Segundo ela,  “nos finais de semana as ambulâncias ficam na garagem”.

É muito sério o que foi levantado pela Secretária de Saúde, que na pratica acusou os responsáveis pela área de transportes de “irresponsabilidade”, ao ponto de estarem colocando em risco vidas humanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário