Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quinta-feira, 15 de junho de 2017

A DANÇA DE RATOS DO PSDB NA POLÍTICA BRASILEIRA


Por Michel Zaidan Filho

Não é a primeira vez que os tucanos (os políticos do PSDB) ensaiam desembarcar de um governo prestes a ser afastado, por denúncias de corrupção, improbidade  administrativa, obstrução a Justiça e outras coisas mais. O partido que se constituiu à esquerda do velho PMDB, com a proposta de ser uma agremiação socialdemocrata e dá um choque de modernidade ao capitalismo brasileiro, tornou-se hoje uma caricatura grosseira (e medonho), de um  agrupamento de oligarcas, com um fino verniz de sofisticação, dotado de um apetite despudorado por cargos, recursos e zonas de influência na política governamental brasileira.
O álter- ego desse partido é  hoje o Banco Itaú que, aliás, financiou a compra da reeleição de FHC, segunda a amante do ex-presidente tucano. E que tem sido amplamente beneficiado  pelo governo.  Que o diga o negócio do Nióbio, em Minas Gerais, quando o playboy era governador e seu primo (hoje preso,) presidente da Cemig.
Criado para ser um partido de centro-esquerda no espectro político do país, o PSDB tornou-se o partido do mercado financeiro, auferindo seus parlamentares muitos benefício dessa espécie de “advocacia administrativa” da banca no Congresso nacional.
Quando se apresentou a possibilidade do “impeachment” de Fernando Collor de Melo (de quem os tucanos herdaram a agenda política) , foram eles os últimos a abandonarem o barco, juntamente com o ex-senador Marco Maciel, que se autonomeou-se “funcionário da governabilidade”, naquele momento. Na verdade, FHC estava prestes a ser nomeado por Collor Ministro das Relações Exteriores. Quando se deram conta que era inevitável  o afastamento de Fernando Collor de Melo, saíram “a francesa”, bem devagarinho, do governo colorido.
Não é à toa a dança de rato que os tucanos estão fazendo agora, com o sai-não-sai do governo temeroso.  Toda hora surge a data do desembarque, e a saída é adiada mais para frente. Nesse momento, fala-se da espera pela denúncia contra Michel Temer   na iminência de ser formulada pelo STF/PGR, com base nos áudios da JBS. Estão atrás de uma desculpa para ensaiar o desquite, enquanto vão ficando no governo, mantendo os ministérios e seus foros privilegiados até o fim.

Não se iludam: essa turma não vai  “largar o osso” assim tão fácil. Até porque seus ministros estão na Lava-jato e dificilmente terão alguma chance de vitória nas próximas eleições. Os tucanos acham que podem mergulhar na lama, com imunidades políticas. Sujar as mãos com luva de pelica. Estão enganados. O seu tempo político está se esgotando rapidamente nessa curse política, que perdura e se aprofunda.  Nem uma escaramuça será capaz de livrá-los da dubiedade, conivência com este governo que está aí.

*Michel Zaidan Filho é garanhuense, professor da Universidade Federal de Pernambuco, escritor e cientista político.

4 comentários:

  1. Só sendo uma bênção de Deus quando se vê uma picareta como a Vaca Terrorista da Dilma e o Playboy das Alterosas(que cheira em Ipanema), os dois, encangados, rumo à sarjeta...

    ResponderExcluir
  2. O RATO da foto já deveria estar preso!! Tal como a irmã dele, que já está no presídio !!

    ResponderExcluir

  3. Dois homens que eu tenho lido todos os seus comentários Dr. José Fernandes Costa e Altamir Pinheiro com suas ideias e pensamentos contra e a favor.

    Aprendemos a concordar ou discordar e graças aos senhores em alguns momentos somos quase obrigados a escrever também.

    Apenas lhes digo com a maior sinceridade do mundo, o Brasil e o mundo hoje estão sabendo que realmente foi um Golpe Paraguaio aplicado na Dilma Vane Rousseff pelo PMDB do Michel Temer,Eliseu Padilha,Romero Jucá,Gedel Vieira,Moreira Franco,Eduardo Cunha,Sarney,Jáder Barbalho, Fernando Collor,Maluf,Kassab, Aécio Neves,FHC,etc.

    Todos votaram a favor da LEGALIZAÇÃO das DOAÇÕES EMPRESARIAIS aos partidos e aos Políticos.Indo de encontro ao abaixo -assinado de 1.400.0000 apresentado pela OAB do Brasil e que o Supremo Tribunal Federal aprovou por 8 x 3.Contra a decisão do Senado que aprovou o fim das doações empresariais por um placar de 36 x 31.

    Revoltados porque a Dilma VETOU a PEC do Eduardo Cunha que legalizava as doações,220 deputados federais pensando pequeno tentaram derrubar o veto da Dilma e não conseguiram os 275 votos para a derrubada do Veto.Por isso que eles aplicaram o GOLPE PARAGUAIO NO BRASIL.

    0lhe aí a BANCADA DOS BOIS botando para arrombar nos golpistas e que vai levar o presidente atual a renunciar ou pedir eleições antecipadas gesto pedido por FHC esta semana por todos os jornais do Brasil.

    A verdade libertará e somente ela está vida para mostrar ao povo brasileiro que fomos enganados quando diziam que o FILHO DE LULA ERA O DONO DA FIBROI.

    ResponderExcluir
  4. A Dilma foi muito forte em ler centenas de palavrões contra a sua vida toda desde o exílio até a chegada a Presidência do Brasil por 2 vezes. Ela em nenhum momento chorou.

    Eu perdi 7 eleições para vereador em Lagoa do Ouro e em nenhum momento eu chorei.Porque nestes momentos temos que ser fortes e não podemos abaixar a cabeça.

    Perdi todas elas faltando apenas 3 dias para as eleições.Combati a praga do voto comprado e as mentiras das políticas e as falsidades entre os políticos em geral.Olhe aí o mar de lama podre que foi submetido o Brasil com um GOLPE PARAGUAIO!

    Estes e outros esquemas predominam no Brasil de vereadores a prefeitos,de governadores a deputados estaduais, de presidentes a deputados federais e senadores,de empresários e empreiteiros, de banqueiros a donos de firmas!!

    PROFESSOR ZECA BARBOSA-LAGOA DO OURO-PERNAMBUCO.Em ,18 de junho de 2017.

    ResponderExcluir