Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

sexta-feira, 19 de maio de 2017

MINISTROS DESISTEM DE ENTREGAR OS CARGOS

Dos três ministros pernambucanos que anunciaram a entrega dos cargos, ontem, dois voltaram atrás e resolveram permanecer no governo.
Raul Jungmann (PPS), recuou,  na intenção de se demitir, justificando que exerce funções importantes demais para o país.
Para quem não sabe ele é Ministro da Defesa, as forças armadas estão submetidas a sua autoridade.
Como ele é patriota, não é mesmo?
Já Bruno Araújo (foto), Ministro das Cidades, resolveu ficar mais um tempo porque o seu partido, o PSDB, decidiu continuar apoiando Michel Temer.
É outro pensando nos interesses maiores do Brasil.
O único que saiu mesmo foi Roberto Freire (PPS), da Cultura, que apesar de ter “pedido o boné”, apoiou o seu colega de partido, o Raul Jungmann.
Ele reconheceu a importância da pasta da Defesa, na prática admitindo que a Cultura, a qual estava à frente, tem pouca relevância.
Seis partidos já abandonaram o barco de Temer, além da Rede Globo, que nos seus telejornais está mostrando as gravações que incriminam o presidente da República.

Temer não renunciou certamente porque não quer perder a imunidade, mas vai ser investigado pelo Supremo Tribunal Federal e seu governo agora está tão sem rumo quanto o time do Náutico, quarto colocado no Campeonato Pernambucano deste ano.

Um comentário:

  1. Grande Roberto Freire.É uma pena Pernambuco ter perdido este político de mão cheia. Entre os 10 maiores políticos do Estado de Pernambuco do Século XX, um deles é, sem um mínimo farelo de dúvidas, o coerente Roberto Freire.

    ResponderExcluir

Bienal

Bienal