Governo Municipal

Governo Municipal
Juntos por uma Grande Cidade

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

segunda-feira, 3 de abril de 2017

ARMANDO E LULA LIDERAM PESQUISA EM PERNAMBUCO

Pesquisa realizada nos dias 23 e 24 de março, pelo Instituto Maurício de Nassau, divulgada em primeira mão hoje cedo, pelo Jornal do Commercio, comprova que a reeleição do governador Paulo Câmara (PSB) não será fácil em 2018.

Apesar de estar no governo, aparecendo sempre na mídia e com o apoio da maioria dos prefeitos e deputados, Câmara teria hoje apenas 6% dos votos caso disputasse a reeleição.

O líder da pesquisa é o senador Armando Monteiro (PTB), derrotado pelo socialista em 2014, que no levantamento somou 22%. Em segundo lugar está Mendonça Filho (DEM) com 12%, enquanto Bruno Araújo (PSDB) conquistou 2%.

Para o cientista político Adriano Oliveira, que interpretou os números para o sistema JC, a pesquisa foi ruim tanto para o governador quanto para o senador. Ele considera que o recall de Armando é baixo, por ele ter sido candidato na última eleição.

“A pesquisa mostra que a oposição não tem um nome forte”, avaliou Adriano.

É bom lembrar que Mendonça Filho e Bruno Araújo, que em 2014 apoiaram Paulo Câmara, hoje estão bem próximos do senador Armando Monteiro.

Na pesquisa espontânea, sem o uso do cartão,  Armando também fica na frente, com 13%, enquanto o governador, sempre na mídia, somou apenas 3,3%, atrás de Mendonça Filho (4%) e Jarbas Vasconcelos (3,4%).

Na espontânea Armando também fica na frente, com 13%, enquanto o governador, sempre na mídia, somou apenas 3,3%, atrás de Mendonça Filho e Jarbas Vasconcelos, 4 e 3,4%.

LULA – Na pesquisa do Instituto Maurício de Nassau foi perguntado também quem é o candidato preferido do eleitor pernambucano à presidência da República.

O ex-presidente Lula saiu na frente, com 65% das intenções de voto, contra 6% de Marina Silva (Rede), 6% de Jair Bolsonaro (PP) e apenas 1% no caso de Geraldo Alckmin ou Aécio Neves, os dois do PSDB.

Chama a atenção na pesquisa da Uninassau a impopularidade de Michel Temer em Pernambuco. O peemedebista é reprovado por 91% dos eleitores do Estado.

Conforme divulgamos ontem à noite, Paulo Câmara também tem avaliação negativa entre os pernambucanos e 74% dos entrevistados reprovam sua gestão.

Um comentário:

  1. TRISTE FIM DESSES DOIS PERSONAGENS POLICARPO QUARESMA: UM NÃO PODE SER CANDIDATO EM RAZÃO DE, EM 2018, ESTÁ DESCANSANDO NA CADEIA DE CURITIBA POR ROUBO EXPLÍCITO. O OUTRO NÃO PASSA DE UM CAVALO PARAGUAIO OU UM PANGARÉ BRASILEIRO... PENSE NUM CABRA RUIM DE URNA É O Dr. ARMANDO, PENSE!!!

    P.S.: - O Garboso Seboso de Caetés roubou tanto que perdeu o rumo e o prumo da ética e da moralidade. Assim como o Lula, os gabirus vermêios-istrelados se embriagaram na taça da demagogia e da ladroagem...

    ResponderExcluir