GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Presença do Governo no Agreste Meridional

Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

domingo, 19 de março de 2017

COMPESA E CÂMARA DISCUTEM CRISE DE ÁGUA EM LAJEDO

Os vereadores da Casa José Vital dos Santos, em Lajedo,  realizaram uma audiência pública, sexta-feira passada,  para tentar solucionar o grave problema da má distribuição de água na cidade e debater a retirada de água da barragem do Pau Ferro,  em Vila Nova.

A reunião contou com a população, representantes da Prefeitura de Lajedo e o presidente da COMPESA, Roberto Tavares,  que se comprometeu a solucionar os problemas.

Depois de mais de quatro horas de sessão, o Poder Legislativo de Lajedo e a COMPESA chegaram a denominadores comuns com ações de curto e médio prazos para sanar os problemas.

O presidente da COMPESA veio a Lajedo atendendo à solicitação feita pelo presidente da Câmara, Denysson Vilela, em ofício enviado em fevereiro de 2017. O ofício solicitou aquisição de motores para aumentar bombeamento, melhoria no sistema hídrico da Barragem, adequação do calendário, entre outras soluções para escassez.

Diante da outorga que permite empresas privadas a retirarem água da barragem, da água que já é retirada diariamente pela Companhia (130 litros/segundos, sendo desses 7 litros de caminhões pipa), e do problema dos clandestinos, a COMPESA prometeu fazer um estudo de pitometria (técnica para medir pressão e vazão da água). Assim, deverá ser cumprido o calendário de distribuição preenchendo as expectativas de muitos moradores da zona urbana que sofrem com atraso de água de mais de 30 dias, enquanto que as contas não param de chegar.

Outra solução é a transposição do Rio São Francisco que está com a adutora próxima a Belo Jardim, chegando a Lajedo até o ano que vem caso o Governo Federal não cesse o recurso. Por enquanto, a COMPESA estima que a Barragem sofra com seca em janeiro de 2019 se não chover. E essa estimativa cairá ainda mais se forem solucionados também os problemas do furto de água, mais uma promessa a ser cumprida através do acionamento do poder judiciário.

A Prefeitura de Lajedo, a população e o Legislativo permanecerá cobrando aos órgãos responsáveis para que água chegue às torneiras do povo lajedense como deve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário