Governo Municipal

Governo Municipal
Juntos por uma Grande Cidade

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

sexta-feira, 31 de março de 2017

CAPOEIRAS TEM MATADOURO PÚBLICO INTERDITADO

Conforme divulgou hoje o blogueiro Raimundo Lourenço, após fiscalização do Ministério Público e do Ministério do Trabalho, o Matadouro Público de Capoeiras foi interditado por tempo indeterminado.

O mesmo aconteceu com o matadouro de Afogados da Ingazeira, município de porte médio localizado no Sertão do Pajeú, em Pernambuco.

Os fiscais encontraram diversas irregularidades nos matadouros das duas cidades, relacionadas à segurança e à saúde dos trabalhadores, problemas no piso e parte elétrica dos prédios, assim como na altura para execução de alguns serviços.

O fechamento dos matadouros de Afogados e Capoeiras foi notícia também hoje na grande imprensa da capital, merecendo destaque nos jornais Folha e Diário de Pernambuco.

O município administrado pela prefeita Neide Reino (PSB), está com um novo matadouro pronto para funcionar. O prédio foi concluído há cerca de dois anos, mas está dependendo de equipamentos que foram prometidos pelo Governo do Estado, porém nunca chegaram.

BAIXA ESTIMA - Capoeirenses da cidade e zona rural andam com o “astral baixo”, por conta dos problemas do município, principalmente na área de segurança pública.

Manoel da Rádio Comunitária do Riacho do Mel, desanimado com as coisas que andam acontecendo em sua terra compôs um poeminha crítico avaliando a situação atual de Capoeiras.

Eis os versos que ele enviou ao blogueiro:

Capoeiras 
Cidade linda que me seduz
Durante o dia falta água 
À noite falta luz
No dia que não tem assalto
É um milagre de Jesus.


Certamente existem coisas boas acontecendo também em Capoeiras. Mas o lado negativo parece que se sobrepõem, o que levou Manoel a fazer a estrofe tão realista ou pessimista, como queiram.

*Na foto do Blog Capoeiras o novo matadouro da cidade, que não está funcionando por falta do equipamento prometido pelo Governo do Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário