Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quinta-feira, 23 de março de 2017

A FABULOSA CANTORA AMERICANA LANA DEL REY

Ela nasceu em Nova Iorque e recebeu o nome de Elisabeth Grant.  Mas cresceu em Lake Placid, considerada uma cidade pequena, quando comparada à metrópole americana.

Depois a futura estrela voltou à cidade grande, chegou a assinar contrato como cantora com uma gravadora independente, contudo essa primeira experiência em busca de se profissionalizar não deu muito certo.

Elisabeth então tentou carreira em Londres, porém as gravadoras inglesas não se interessaram muito por seu estilo.

Em 2010, usando o nome artístico de Lizzy Grant, lançou seu primeiro disco, bancado pelo pai, Robert Grant, que é bom de bolso.

Ainda não foi desta vez que a garota conseguiu ficar conhecida.

No ano seguinte, 2011, compôs a música Vídeo Games, que jogou no YouTube e teve uma resposta formidável do público.

No mês de janeiro de 2012, já como Lana Del Rey (misturando o nome de uma atriz famosa com a marca do carro), a artista lançou o álbum Born To Die, que e menos de dois meses vendeu mais de um milhão de cópias em diversos países.

A partir daí estaria consolidado o nome da cantora americana, que hoje tem fãs em todos os lugares do planeta.

Sua fama se espalhou pelos Estados Unidos, Inglaterra, Bélgica,  a Europa inteira e chegou até a Rússia.

Lana tem cara de anjo, um rosto com expressão melancólica, triste, e sua voz é suave, terna.

Além de cantar bem ela também é boa compositora, com canções que falam de amor de um jeito diferente, com sacadas pop e um tanto filosóficas.

Também pudera, na universidade Elisabeth Grant cursou metafísica (estudo da essência das coisas) e na música foi influenciada por artistas do porte de Janes Joplin, Amy Winehouse, Nanci Sinatra e Elvis Presley.

Ultraviolence, música que dá nome ao seu disco de 2014, tem letra influenciada pelo principal personagem do filme “Laranja Mecânica”, de Stanley Kubrick.

Bonita, famosa no mundo inteiro aos 32 anos, com um patrimônio de mais de 10 milhões de dólares, Lana podia ser uma garota convencida e vazia. Não é.
Entrevistada pelo jornal inglês The Guardian ela pode ter deixado preocupados seus milhões de fãs, pois confessou que gostaria de já ter morrido.

Lana parece ter mesmo uma fixação com o fim da existência, pois em mais de uma canção ela fala sobre morte.

Tomara que a estrela desista de partir cedo e viva ainda um montão de tempo, presenteando a gente com sua música, a beleza singular e a poesia intimista das letras que compõe.

O talento de Lana como compositora você confere abaixo com a tradução de trechos de duas músicas suas.

Blue Jeans (Jeans Azul)
Quando você entrou na sala
Sabe que fez meus olhos queimarem
Era como James Dean, sem dúvidas
Você é tão jovem para morrer
E é doentio como ca-câncer
Você era meio punk rock
Eu cresci no hip hop
Mas você combina mais comigo do que meu suéter favorita
E eu sei, esse amor é malvado, e o amor machuca
Mas eu ainda me lembro daquele dia
Em que nos conhecemos em dezembro, oh, querido
Eu vou te amar até o fim dos tempos
Eu esperaria um milhão de anos
Prometa que se lembrará de que você é meu
Querido, consegue ver através das lágrimas?
Eu amo você mais do que aquelas vadias de antes
Diga que você se lembrará
Oh, querido, diga que você se lembrará, oh, querido
Eu amarei você até o fim dos tempos
Grandes sonhos, gângster
Você disse que tinha que partir para recomeçar a sua vida
Eu estava tipo "não, por favor, fique aqui"
Nós não precisamos de dinheiro
Podemos fazer tudo isso funcionar
Mas ele saiu no domingo
Disse que chegaria em casa na segunda-feira
Fiquei à espera, antecipando e caminhando
Mas ele estava correndo atrás de grana
"Foi pego no jogo"
Foi a última coisa que eu ouvi.
Eu vou te amar até o fim dos tempos
Eu esperaria um milhão de anos...
Trecho de Born To Die (Nascemos pra morrer)

Não me deixe triste, não me faça chorar
Às vezes o amor não é o bastante
E a estrada fica difícil, não sei o porquê
Continue me fazendo rir
Vamos ficar chapados
A estrada é longa, nós seguimos adiante
Tente se divertir nesse meio tempo

Venha e dê uma volta no lado selvagem
Me deixe te beijar intensamente na chuva
Você gosta de suas garotas loucas?
Escolha suas últimas palavras
Esta é a última vez
Porque você e eu, nascemos para morrer
Nós nascemos para morrer, nascemos para morrer...
O clipe da música “Love”, que disponibilizamos abaixo, supera os 37 milhões de visualizações no YouTube, fazendo com que Lana Del Rey seja uma das campeãs de acesso pela internet:


2 comentários:

  1. Resumindo: - BELA E TALENTOSA MULHER !!! - BONITA, SEXY, SENSUAL E MUITO MAIS !!!

    ResponderExcluir
  2. Pena que tenha o olhar entristecido, em muitas FOTOS !! - NÃO gosto de ver MULHER triste !!! /.

    ResponderExcluir