Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

GOVERNADOR DÁ PODER AO EX-VEREADOR SIVALDO

Sivaldo Albino (PPS) foi candidato à Prefeitura de Garanhuns na base do sacrifício, atendendo a um apelo do governador Paulo Câmara (PSB). Perdeu para prefeito e não conseguiu eleger seu irmão Johny para vereador.

Mas agora foi recompensado pelo líder socialista ganhando um emprego no Governo do Estado.

Será o novo gerente da Casa Civil e comandará as ações da gestão de Câmara em Garanhuns e no Agreste Meridional.

Poderá, com sua força política, fazer funcionar melhor a Compesa, que permitiu a retirada de muita água das barragens de Garanhuns, durante algum tempo e agora terá de começar a fazer um racionamento na cidade.

Na UPAE, no Dom Moura, no Ciretran, em todos esses órgãos o ex-vereador terá poder e a qualidade dos serviços pode melhorar dependendo do seu desempenho como gerente de Casa Civil, uma espécie de subgovernador do Agreste Meridional.

Sivaldo pode por exemplo pedir ao governador Paulo Câmara que melhore as condições de trabalho da Polícia Civil em Garanhuns, dotando as delegacias da estrutura adequada. Poderia também solicitar o aumento do efetivo da PM e conseguir mais veículos para os policiais.

Conseguindo os instrumentos necessários junto ao socialista, contribuiria para minimizar os problemas de segurança pública, que estão ficando cada dia mais sérios.

Esta semana mesmo um bandido tentou assaltar um sargento do Corpo de Bombeiros em plena luz do dia e houve troca de tiros nas proximidades do Hospital Perpétuo Socorro, causando correria e pânico nas ruas.

Caso o ex-vereador se saia bem na sua missão, apoiado pelo governador, ficará fortalecido para mais uma vez disputar o mandato de deputado estadual.


Izaías nem precisa se preocupar mais em pleitear nada junto ao Estado. Vai cuidar somente do que é do município, porque a responsabilidade dos órgãos ligados ao Governo do Estado agora é da alçada do ex-vereador Sivaldo Albino.

6 comentários:

  1. Mais um cargo político criado para abrigar os aliados e onerar a já comprometida folha de pagamento.

    ResponderExcluir
  2. Quero parabenizar o ex-vereador Sivaldo Albino pela conquista e o Governador Paulo Câmara pela confiança e escolha do garanhuense para gerente desta importante pasta. Sempre muito bom ver um dos nossos cidadãos galgar posições políticas de expressão em nosso Estado. Não tenho dúvidas de que Sivaldo Albino realizará uma gestão de qualidade a frente da casa civil, com os olhos voltados para nosso município. Nosso povo agradece a indicação e deseja um ano de muito trabalho e conquistas tanto para Sivaldo Albino, como para o governador Paulo Câmara, o prefeito Izaías Régis, nossos vereadores e para todos nós.

    ResponderExcluir
  3. MEUS AMIGOS ATÉ QUE FIM SAIO A TÃO ESPERADA BOQUINHA NO GOVERNO DO ESTADO PRA SIVALDO.
    MEU DEUS! ESSE SIVALDO SÓ PENSA NELE E O POVO A VER NAVIOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Garanhuns é uma cidade grande e com grandes problemas e não tendo o governador nenhum vereador ao lado dele,nada mais justo e correto que levar para o seu orbital um candidato que foi derrotada nas urnas para lhe auxiliar levando ao governador as reivindicações do povo de Garanhuns,haja vista que, quem ganhou ou quem ganharam as eleições não tem nenhuma afinidade com o governo.

      Perder uma eleição é a coisa mais natural do mundo.Alguns acham que quem perdeu a eleição merece o castigo do desprezo e da ingratidão.Que nada,quem está de cima hoje amanhã estará de baixo e quem perde hoje poderá está de cima no amanhã.

      Sivaldo Albino é um sujeito inteligente e faz uma oposição com os pés no chão consciente do papel da oposição em Garanhuns.

      Excluir
  4. Roberto, me permita discordar da sua afirmação de que o prefeito não precisa se preocupar em pleitear nada junto ao governo. Não existe separação total de competências dentro do Estado brasileiro, já que todos os entes federados devem se integrar para prestar da melhor foma possível os serviços públicos. É inadmissível que o prefeito ignore o aumento da violência, a crise na saúde, o colapso da zona rural e afins alegando que tudo isso é culpa do governo estadual. Outras prefeituras estão correndo atrás e os prefeitos carimbam presença em Recife ou em Brasília sem depender de forças externas. O prefeito tem a responsabilidade política e moral de bater na porta de quem for quando sua cidade precisa, e olhe que não lembro a última vez, se é que houve alguma, que o prefeito de Garanhuns se reuniu com o governador ou algum órgão do governo estadual. Nem mesmo mandou um ofício ao comando da PM para pedir ações de prevenção ao crime em Garanhuns... esperar sentado enquanto faz um calçamento ou outro vai ser uma tremenda desconsideração com o cidadão. Jogar a responsabilidade para Sivaldo só retira o protagonismo que o prefeito tem o dever de assumir.

    ResponderExcluir
  5. Perfeito o comentário do Sr. Jorge Guimarães, logo acima, a violência que vem aumentando cada dia e reflexo de diversos fatores: desemprego, condições precárias de trabalho das Polícias militar e civil, além da má remuneração dos mesmos. Política educacional muito aquém do ideal. Enfim, é muito fácil apontar um único culpado e cruzar os braços, abrindo mão de diálogos, logística e recursos importantes para nossa região. É hora de deixar o orgulho de lado (dos dois lados) e trabalharem em em prol do benefício de todos. Trazer uma pessoa para ajudar e intermediar essa aproximação, e o primeiro passo para procurar uma solução é diminuir os altos índices de violência aqui em nossa região. Tem que desarmar os palanques. E hora de trabalho! !!

    ResponderExcluir