Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

GARANHUNS IRÁ ATENDER PACIENTES DA PROVIDÊNCIA

A Prefeitura de Garanhuns já está inteiramente preparada para absorver o fechamento do Hospital da Providência, que foi descredenciado pelo SUS e não mais tratará de doentes mentais.

O Centro de Atenção Psicossocial do Município está todo estruturado para o atendimento das pessoas, com assistentes sociais, enfermeiros, psicólogos e psiquiatras, além do prédio e equipamentos.

Atualmente o Caps III de Garanhuns funciona em imóvel alugado, mas é projeto do prefeito Izaías Régis no segundo mandato construir um prédio do próprio do município.

Segundo o prefeito o Governo Federal vai repassar recursos suficientes para que os municípios assumam a função de cuidar dos doentes mentais e desde que os gestores administrem bem o dinheiro o atendimento será satisfatório em cada cidade.

*Na foto o Secretário de Saúde do Município, Alfredo Góis, durante a inauguração do Caps II em Garanhuns, no mês de outubro passado.

4 comentários:

  1. Hahahahaahaha Garanhuns vai ficar cheia de malucos andando pela cidade agora. Já estou até vendo Paulo Doido voltando a tomar banho pelado na fonte Luminosa da rua XV, dando tapa nos estudantes pela e apostando corrida com os carros. KKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  2. isto é um trabalho importante e devemos respeitar a condiçao de vida de cada pessoa pois nao sabemos nosso dia de amanha e a vida gosta de pregar peça nestas pessoas que zombam de coiza seria.eu pessoalmente tenho uma pessoa que era uma pessoa com 100 por cento de saúde quando foi vitima de um acidente de carro e hoje precisa destes trabalhos porque o mesmo teve comprometimento no celebro,onde teve traumatismo cranianio e ficou nescessitado de pisiquiatra,nao podendo mais voltar a vida normal que tinha antes.inclusive fico feliz e satisfeito por a prefeitura ter tomado uma grande atitude em relaçao a estes problema porque como a providencia fechou ,os postos de saúde dos bairros estao sobrecarregados com inumeras consultas para este tipo de problema onde eu mesmo que sou acompanhado por um pisquiatra ha cerca de cinco anos devido a uma depressao que sofri a cinco anos atráz,ja venho ha cerca de um ano e dois meses sem passar por um médico no luiz lessa esperando uma vaga para uma consulta.e este tempo ja é devido ao fechamento da providencia,onde pessoas que estao com condiçao de saúde pior do que eu certamente tem o direito de ser atendido primeiro do que eu.também sei que ja existe hoje no luiz lessa tres pisiquiatra e estas pessoas que estao com problemas maiores ou seja que eram internados na providencia ira para os caps que a prefeitura criou que é de grande e total importancia para garanhuns.sem contar que nesta quinta feira sera inagirado mais um posto de saúde no bairro da brama que vai atender mais de duas mil famlia.so existe uma coisa da qual eu estou decpcionado é que as consultas para pisquiatras no posto 3 da cohab 2 sao esquecidas,como ja falei estou ha um anno e meio esperando por uma consulta no luiz lessa onde durante os ultimos cinco anos eu passava pelo menos tres vesez no ano no medico,e so era um medico,agora que tem tres este ano eu estou minguando desde outubro do ano passado a espera de uma consulta e posso dizer que estou precisando mais do que nunca.alo amigo alfredo veja o que se pode fazer.fico agradescido, se voçe enviar algumas consultas do posto 3 da cohab 2 para o pisiquiatra,meu encaminhamento ja esta ai ha um bom tempo e graças ao bom trabalho do pessoal do posto,inclusive a agente de saude celia que é uma pessoa exelente em seu trabalho fazendo o possivél e impossivel para ajudar a todos da sua area,fico no aguardo alfredo um abraço do seu amigo antonio.

    ResponderExcluir
  3. A quem pertence o prédio da providência? Já se sabe o que será no local a partir de agora?

    ResponderExcluir
  4. felismente fui ouvido e agradesco a secretaria de saúde e mais uma vez ao bom trabalho do pessoal do posto de saude por completo e ao meu amigo alfredo dois.antonio.

    ResponderExcluir