Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

GARANHUNS ESTÁ SEM CADEIA PÚBLICA

A penitenciária da Várzea à época da rebelião

Pereira Filho noticiou no seu programa de rádio, na 87 FM, na TV Combate e no site Imprensa do Agreste, que Garanhuns, cidade com mais de 140 mil habitantes, está no momento sem nenhuma cadeia pública.

Esse fato, segundo o radialista, gera uma série de problemas. Mostra o desprestígio do município perante o Governo do Estado, contribui com a insegurança, pois quando a polícia prende um bandido ainda vai ter de procurar um lugar para levá-lo e causa transtorno às famílias dos detentos, que para visitá-los precisam se deslocar para Bom Conselho, Caruaru, Pesqueira ou outros lugares mais distantes.

Garanhuns teve durante muitos anos uma cadeia funcionando no bairro Aluízio Pinto. Esta se tornou inconveniente por estar em área nobre da cidade, mas o governador Eduardo Campos fechou a penitenciária feminina da Várzea e lá passou a funcionar a cadeia pública.

Acontece que o presídio garanhuense entrou em reforma, depois de uma rebelião,  sem prazo de conclusão dos trabalhos e todos os detentos foram transferidos para outras cidades.

Se o governador Paulo Câmara é um pouco devagar no Estado como um todo, em relação a Garanhuns a situação é pior: não fez o hospital que prometeu e nem a sua gestão consegue concluir a reforma da cadeia.

Abaixo disponibilizamos o link da TV Combate. Você pode assistir o vídeo e conferir a situação da penitenciária da Várzea:


2 comentários:

  1. temos hoje em pernanbuco o pior governador do estado,somos muito quietos para tira-lo do poder,vamos amargar sofrimento até a proxima eleiçao e o povo saber votar.se deicharam levar pela emoçao com a morte de eduardo campos,ai cairam em uma emboscada com este bandido.o nosso governador era para ser armando monteiro.mais o brasileiro gosta de ser bonzinho para se lascar depois.antonio.

    ResponderExcluir
  2. vamos pra rua.onde esta este movimento que se falavam que existia aqui em garanhuns.o vem pra rua acabou,so valeu para dilma,ou quando a sao cristovão aumenta dez centavos uma vez por ano na passagem de onibús.naõ querem andar de graça naõ.camboi de burgueses,como se nada aumentasse durante o ano.antonio.

    ResponderExcluir