Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

terça-feira, 23 de agosto de 2016

PESQUISA DO IBOPE MOSTRA DESGASTE DO PSB

A pesquisa do Ibope realizada no Recife, divulgada nesta última segunda-feira, aponta para um segundo turno na disputa pela prefeitura.

João Paulo, do PT, está na frente, mas em situação de empate técnico com Geraldo Júlio (PSB).

Um aspecto importante da pesquisa do Ibope é avaliação negativa do atual prefeito da capital, que somou 26% de ruim e péssimo, 20% regular, 20% opinaram que o gestor faz uma boa administração e apenas 5% disseram que o governo é ótimo.

Um candidato que está na prefeitura e tem somente 26% das intenções de voto encontra-se numa situação difícil.

Quando começar a propaganda eleitoral no rádio e televisão o socialista pode até melhorar, mas corre o risco também de cair mais ainda, pois os candidatos Daniel Coelho (PSDB) e Priscila Krause (DEM) têm potencial para crescer e brigar pela ida ao segundo turno.

Como Recife é uma cidade bastante politizada, é provável que a situação delicada de Geraldo tem a ver com uma gestão fraca, mas também com a posição do PSB a favor do golpe que colocou Temer na presidência, o envolvimento do partido com propinas e o super faturamento nas obras da Arena Pernambuco, dentre outras traquinagens em que se envolveram os socialistas no Estado.

Caso o PSB perca a eleição no Recife a reeleição de Paulo Câmara em 2018 será uma empreitada das mais difíceis.

6 comentários:

  1. Esse povo de Recife é muito engraçado, acham que tirando da arvore o Cágado e colocando uma Tartaruga, vão mudar alguma coisa!!! PSB é um PT em menor escala!

    ResponderExcluir
  2. O maior erro cometido pelo PSB foi fazer coro em prol do impeachment da Dilma Rousseff.

    Outro erro grosseiro que o PSB vem cometendo desde o primeiro e segundo governo do ex-governador Eduardo Campos foi trocar o certo pelo duvidoso,isto é, pegou o PSB e deu aos adversários e inimigos do ex-governador.

    Outro erro grosseiro do PSB foi ser a favor do golpista Michel Temer contrariando assim a Democracia brasileira.Não se lembram que em 2014 o PSB com Marina Silva no primeiro turno foi vitoriosa,mas no segundo turno os 3.500.000 votos foram para Dilma e Lula.Esse é o perigo.Por isso que o João Paulo está vindo com muita força e imagine no segundo turno quando Lula e Dilma vierem a Capital pernambucana depois que o Golpe se concretizar com todos os movimentos sociais vindo triunfar com as bandeiras vermelhas do PT.

    A democracia brasileira foi conquistada com lágrimas,suor e mortes e não pode e não deve ser maculada por um traidor,falso,covarde e golpista.PSB erra e feio com sua tomada de decisão contrariando grande parte dos seus militantes que vem da época de Miguel Arraes,Marcos Freire, Jarbas Vasconcelos e Eduardo Campos.Em Recife o eleitorado é politizado.Pisou na bola leva queda na certa!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. João Paulo não tem chance! O eleitorado dele são esses 25% a 30% e não passará disso seja no primeiro e/ou segundo turno. Já GeJu vai ter que ralar pra não perder seus eleitores pra Daniel Coelho e Priscila Krause. Correndo o risco até de não conseguir participar do segundo turno.

    ResponderExcluir
  4. Após o impeachment da Dilma o que é mais provável,certamente,o Lula e a Dilma virão ao Recife e a virada vai ser com certeza.Em 2014 no primeiro turno Paulo Câmara e Marina Silva tiveram mais de 3.500.000 votos e no segundo turno a virada foi de mais de 3.500.000 votos para a Dilma.O PSB brincou com a democracia brasileira apoiando o Golpe dado por Michel Temer.O troco virá futuramente.

    ResponderExcluir
  5. Hoje, o foco do pernambucano porreta e sensato é um só: fora Dilma; prisão do Lula; extinção do PT e João Paulo ficar em 4º lugar na eleição do Recife...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você fosse um profeta até que eu acreditaria nisto.Mas nunca foste e não conhece ainda as verdades dos fatos e fenômenos da natureza.Recife foi ingrata com Marco Maciel,Roberto Magalhães,Joaquim Francisco,Miguel Arraes e Eduardo Campos.Recife não é nenhum curral eleitoral de ninguém,pense nisso! Um governador dúbio que não consegue ter um candidato de peso numa cidade como Garanhuns,isto mostro sua fragilidade política.

      Excluir