Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

segunda-feira, 23 de maio de 2016

UMA PÁGINA TRISTE NA HISTÓRIA DO STF BRASILEIRO

Graças ao jornalista e escritor Fernando Morais, milhões de brasileiros conhecem a história de Olga Benário, mulher do líder comunista Luís Carlos Prestes, que foi deportada do Brasil pelo governo de Getúlio Vargas, grávida, e lá na Europa foi assassinada numa câmara de gás, pelos carrascos a serviço do regime comandado por Adolf Hitler.

“Olga”, o livro, de autoria de Fernando Morais, foi um best-seller que foi parar no cinema graças ao cineasta Jayme Monjardim (filho da cantora Maysa) e foi até indicado para concorrer ao Oscar de Melhor Filme estrangeiro de 2004.

O filme não é tão bom quanto o livro, é um tanto superficial e não foi nenhuma injustiça contra o Brasil não ter ganho a cobiçada estatueta.

STF – Mas vamos ao que mais interessa neste post. O que entrou para a História foi que Getúlio, que flertava com o nazi-fascismo em 1936,  entregou Olga a Hitler e este a matou, como fez com mais de seis milhões de judeus.

Nossa personagem, para quem não sabe, era casada com brasileiro, vivia no Brasil e daqui não pretendia mais sair, porém era natural da Alemanha e ainda por cima judia, um crime segundo a ideologia de Hitler.

Quando Olga Benário foi presa, na década de 30, o PCB era um partido forte e respeitado, mesmo satanizado pelas elites que morriam de medo do comunismo.

O Partidão e o seu maior líder, Luís Carlos Prestes, tinham prestígio no Brasil, na América do Sul e na Europa.

Por isso não é de estranhar que uma grande campanha tenha sido feita para se evitar a deportação de Olga. Á frente do movimento estava Maria Leocádia Prestes, mãe do conhecido líder comunista.

Também se tentou evitar a deportação (e o consequente assassinato) da mulher através de um recurso no Supremo Tribunal Federal, que na época era chamado de Corte Suprema dos Estados Unidos do Brasil.

Segundo historiadores e juristas a petição, assinada pelo advogado Heitor Lima, era uma peça jurídica perfeita, com informações e argumentações que bem poderiam ter salvo a vida da judia alemã.

Mas o habeas corpus não foi nem apreciado pelo colegiado, com a conivência do presidente do Supremo na época, Edmundo Pereira Lins e do relator da matéria, ministro Bento de Faria.

Por unanimidade os juízes da Corte Suprema negaram o habeas corpus, embora alguns não tenham nem mesmo lido a apelação feita pelo advogado Heitor Lima.

Os juízes do STF daqueles tempos sombrios, da mesma forma que Getúlio e seu Ministro da Justiça, tiveram a mesma parcela de culpa na expulsão de Olga Benário do Brasil com o consequente assassinato da esposa de prestes num campo de concentração nazista.

Bemvindo Siqueira, conhecido ator e humorista brasileiro, velho militante do Partidão, em seu canal no YouTube fala sobre esta página vergonhosa da história da Suprema Corte do país, fazendo questão de citar nome por nome dos componentes do STF de então.

Conhecendo a História a gente compreende melhor o presente e fica a se perguntar se o atual Supremo Tribunal Federal é tão diferente assim daquele da época do ditador Getúlio Vargas.

Quem leu o livro e assistiu ao filme sabe que Maria Leocádia Prestes foi à Alemanha e lá conseguiu salvar pelo menos a neta. Olga deu à luz na prisão e quando a mãe do líder comunista retornou ao Brasil trouxe consigo Anita Prestes.

Esta ainda hoje vive e não faz muito tempo participou de uma palestra em Garanhuns promovida pelo PCB.

5 comentários:

  1. O BEMVINDO SIQUEIRA(ALIÁS, ÓTIMO ATOR!!!), TAMBÉM TEM ÓDIO MORTAL AO NEGÃO QUINCAS!!! POR QUE SERÁ?!?!?! O QUE FOI QUE O EX-MINISTRO DO SUPREMO, O NEGÃO QUINCAS, FEZ DE TÃO ABSURDO PARA BEMVINDO, ODIÁ-LO?!?!?!

    P.S.: - Dados todos os defeitos de caráter, o que disputa o topo, o cume, a escala maior da MINHA irritação é a HIPOCRISIA... Agora, cai bem, se a ela for acrescentada, também, uma pitada de CINISMO!!!

    ResponderExcluir
  2. José Fernandes Costa23 de maio de 2016 12:30

    TENHO esse livro. Li e reli. - Tenho ódio a Getúlio por ter sido ele um dissimulado. – NÃO só quanto a Olga Benário. – Lembrem-se dos presos políticos no Presídio da Ilha Grande, na década de 1930, quando Getúlio era ditador. (Leiam Memórias do Cárcere, de Graciliano Ramos.) – Getúlio sempre foi cínico e dissimulado. - 2. Luís Carlos Prestes também não honrou as calças que vestiu. - Porque, tempos depois, esse mesmo Prestes, fez acordos com o ordinário Getúlio. - Olga Benário foi mais uma VÍTIMA de Getúlio. - 3. O STF, que ostentava outro pomposo nome, SEMPRE viveu de cócoras para os poderosos. - E NÃO mudou quase NADA - O Supremo Tribunal Federal NUNCA mais vai ter um Adaucto Lucio Cardoso, que desafiou Castelo Branco, mesmo tendo apoiado o golpe dos milicos de 1964. - Se na época de Olga Benário houvesse um Adaucto Lucio Cardoso, ESTE teria deferido o pedido de habeas corpus então requerido em favor DELA. – Faltou um homem na ex-Suprema Corte. – Se assim fosse, Olga NÃO teria sido assassinada pelas mãos do sanguinário Hitler, por ordem do assassino Getúlio Vargas. /.


    ResponderExcluir
  3. Olga era uma ESTRANGEIRA, que sabotava o Brasil o máximo que podia, foi trazida para o Brasil objetivando interferir nos interesses do país beneficiando a União Soviética e ao mesmo tempo monitorar as atividades do Carlos Prestes, tido pelos próprios aliados russos como um IDIOTA INCONSEQUENTE!!

    É mais uma VAGABUNDA que é endeusada por ESQUERDOPATAS acéfalos só por ser MUIÉ e por sabotar o Brasil, NA ÉPOCA QUE FOI DESPACHADA PARA OS NAZISTAS, ESTAVA GRÁVIDA, (hoje em dia ela faria um aborto com auxílio de Eleonora Menicuti).

    Aliás não é de se admirar que outra estrangeira salafrária tenha se tornado mais tarde Presidente do BRASIL, aliás Presidente ela nunca foi, ela foi algo inexistente, uma presidentA eleita pela mesma horda de imbecis que defendem Olga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Fernandes Costa23 de maio de 2016 19:48

      Esse Ewerton de tal é o perfeito idiota latino-americano!!! - IDIOTA E ESTÚPIDO!!! /.

      Excluir
    2. É o típico de comentário irracional, que demonstra a época em que vivemos. É apenas um idiota, escrevendo loucuras e mensagens de ódio contra quem quer que seja. Porém alguns integrantes do golpe possuem a mesma mente doentia e degenerada deste ser, o que nos leva cada vez mais a um risco maior contra a nação, que já não é lá grande coisa.
      São pessoas que definitivamente necessitam de tratamento psiquiátrico, não vejo como uma mente dessa possa ser normal e vomitar tanta tolice em tão poucas palavras.

      Excluir