Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

sábado, 23 de abril de 2016

JORNAL INGLÊS IRRITA JOÃO ROBERTO MARINHO

Acostumada a fazer a cabeça dos brasileiros, eleger e derrubar até presidentes da República, a poderosa Rede Globo ficou incomodada com críticas que recebeu do jornal inglês The Guardian. A publicação britânica divulgou um artigo, assinado por David Miranda, em que aponta a participação da emissora da família Marinho no golpe contra a presidente Dilma Rousseff (PT).
O milionário João Roberto Marinho, um dos proprietários das organizações Globo, enviou uma carta ao jornal britânico questionando o artigo de David Miranda.
 “O Grupo Globo cobriu os protestos sem nunca anunciar ou dar opinião sobre elas em seus canais de notícias antes de acontecerem. A Globo tomou posições iguais sobre comícios para a presidente Dilma Rousseff e contra o impeachment”, argumentou o empresário, negando qualquer tomada de posição em relação às tentativas de derrubada da presidenta eleita democraticamente.
O artigo publicado no The Guardian, intitulado “A razão real por que os inimigos de Dilma Rousseff querem seu impeachment”, lembra que “a maioria dos grandes grupos de mídia atuais – que aparentam ser respeitáveis para quem é de fora – apoiaram o golpe militar de 1964 que trouxe duas décadas de uma ditadura de direita e enriqueceu ainda mais as oligarquias do país”.
“Esse evento histórico chave ainda joga uma sombra sobre a identidade e política do país. Essas corporações – lideradas pelos múltiplos braços midiáticos das Organizações Globo – anunciaram o golpe como um ataque nobre à corrupção de um governo progressista democraticamente eleito. Soa familiar?”, completou o jornalista inglês.
O que talvez o filho de Roberto Marinho não esperasse é que o The Guardian desse pouca importância à carta do magnata brasileiro. A justificativa global foi publicada na caixa de comentários do jornal, reservada aos leitores comuns.
A Globo aqui amedronta até os ministros do Supremo Tribunal Federal. Mas no exterior não passa de uma emissora de televisão qualquer, assim como seu rico dono. E além do mais é chamada de golpista com todas as letras, sem que os ingleses possam ser chamados de petralhas pelos midiotas de plantão.

11 comentários:

  1. José Fernandes Costa23 de abril de 2016 18:31

    Ontem completaram-se 400 anos da morte de Miguel de Cervantes. – Dom Quixote, obra-prima que o consagrou mundialmente, tem muito a ver com o Brasil atual. O escritor e jornalista Urariano Mota assina artigo publicado no Diario de Pernambuco de hoje. Título: “Miguel de Cervantes e o Brasil” – Transcrevo aqui um fragmento do artigo de Urariano: - “Miguel de Cervantes é sempre moderno. Para nós, ele acaba de escrever Dom Quixote agora mesmo, nesta hora. Assim, penso não ser abuso a relação que estabeleço entre Dom Quixote e o Brasil destes dias, quando uma presidenta honesta sofre impeachment comandado por um desonesto notório.” – E prossegue Urariano Mota, em seu longo artigo. E ele cita um trechinho do conhecido livro de Cervantes. Vejam este diálogo entre Sancho Pança e Dom Quixote: - “Seja Vossa Mercê servido, meu senhor Dom Quixote, de me dar o governo da ilha que acabou de ganhar nessa rigorosa pendência; pois, por grande que seja, sinto-me com forças de a saber governar (a ilha), tal e tão bem como qualquer outro que haja governado ilhas no mundo.” – Eis a resposta de Dom Quixote: - "Sabei, irmão Sancho, que esta aventura e outras semelhantes, não são aventuras de ilhas, mas de encruzilhadas; nas quais não se ganha outra coisa, senão uma cabeça quebrada ou uma orelha a menos. Tende paciência, que outras aventuras se nos oferecerão, em que eu vos possa fazer governador, como até mesmo coisa melhor.” – É ISSO. /.

    ResponderExcluir
  2. ESSE DAVID MIRANDA TEM CREDIBILIDADE ZERO 100% PETRALHA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você em todo o direito do mundo em comemorar,mas que foi um GOLPE PARAGUAIO,foi sim!

      O conluio entre os corruptos e ladrões,entre os que nos roubam via projeto de resolução que em meia hora deram para si R$ 17.000,00 de aumentos em 12 anos,digo-lhe sem medo,sem subterfúgios,os 367 picaretas votaram para derrubar do poder uma MULHER HONESTA que ganha apenas R$ 27.841,00 e o teu e o meu deputados federais que votamos em 2014 ganham uma mixaria de R$ 33.763,00.Afinal,quem são os bandidos e corruptos? Ela,Dilma ou os picaretas?

      Excluir
    2. Em dezembro de 2010 e dezembro de 2014 63 Deputados Federais do PMDB,43 do PSDB,19 do PR,15 do PFL,14 do PTB,31 do PP votam sim pelo Brasil.

      Estes sim são os éticos que disseram sim pelo Brasil.78% de aumentos para o servidores da justiça federal,164% aos deputados federais,viagens de avião para os deputados fu der nos seus estados.Tudo aprovado pelo PMDB do Eduardo Cunha. Você acreditam neles?

      Excluir
    3. Cara você sabe as consequências de chamar o Impeachment de GOLPE??

      Isso quer dizer que os PSICOPATAS do PT pensam que poderão, em um eventual governo pós-impeachment, fazer o QUE BEM ENTENDEREM e poderá fazer QUALQUER tipo de ATAQUE, incluindo ataques terroristas, ou coisas piores.

      Talvez isso seja uma boa coisa pois o serviço que os milicos não fizeram entre 64 e 85 terminem agora.

      Excluir
    4. José Fernandes Costa24 de abril de 2016 12:30

      Esse IDIOTA que acabou de comentar (10h04) é eleitor e admirador do nazifascista Jair Bolsonaro; e do torturador "Brilhante Ustra!!! - ¡¡QUE MIERDA!!

      Excluir
    5. Oh, meu Deus....o David Miranda é petista e, logo, dizer que a Globo está envolvida com o Golpe é sem credibilidade. Vai acusar todos os outros jornais do mundo de serem petistas também?

      Excluir
  3. ALEX SOLNIK
    Michel Temer é traidor, fujão e covarde

    "Não há como não caracterizá-lo de traidor. Na hora em que a cabeça de chapa que o elegeu começou a correr perigo ele, em vez de ajudá-la, como cabe a cavalheiros gentis fez o oposto: ajudou a derrubá-la. E sem abandonar o seu palácio e sem abrir mão de suas mordomias. E continua traindo até hoje, tentando formar o que seria o seu futuro governo enquanto o atual, do qual ele é o vice, ainda não acabou. Fujão também ele é. Tanto é que, ontem mesmo, quando meia dúzia de gatos pingados armou um protesto na frente de sua casa, ele fugiu, no ato, para Brasília. Covarde ele também é, não enfrenta nenhuma situação de frente, nem ninguém, muito menos aquela a quem traiu, que é muito mais corajosa que ele. Tanto é que em vez de dizer na cara dela tudo o que pensa dela ele mandou um correio elegante".

    ResponderExcluir
  4. Quando o mundo todo viu pela televisão da Rede Globo os maiores ladrões do Brasil se dirigindo ao microfone e abertamente dizer em nome do pai,do filho e do espírito santo,eu voto contra a corrupção e a favor da ética,da moral do Brasil vejamos quem pronunciada estas e outras palavras:

    Maluf do PP.Eduardo Cunha do PMDB.Jarbas Vasconcelos do PMDB.Maluf disse no mocrofone,Dilma é uma mulher honesta,mas eu voto sim pelo impeachment.Eduardo Cunha disse que Deus proteja esse Brasil.O maior ladrão, corrupto e psicopata.O Jarbas Vasconcelos do PMDB reafirmou tudo o que dissera sobre EDUARDO CUNHA,corrupto e psicopata.Afinal,senhores golpistas,foi ou não foi um GOLPE PARAGUAIO?

    ResponderExcluir
  5. Eu li atentamente o artigo acima escrito sobre o Brasil,LULA e o PT com sua ideologia e o GOLPE.

    Cada um focaliza suas opiniões em fatos e fenômenos,mas às vezes faltam aquela visão de chamar a realidade atual em comparação com o passado.O que fez o Lula ser uma unanimidade? Toda a direita brasileira que correu para o palanque do Lula e Dilma para consagraram disso e daquilo.

    Até 2010 o Lula fazia muito medo na gente.Venceu a reeleição sem regra nenhuma criada e comprada por FHC e que permitiu o Lula ser reeleito.Em 2014 a reeleição sem regra eleitoral nenhuma,o que levou FHC, Lula e Dilma serem reeleitos usando a máquina pública ao seu bel prazer, isto é, todos usaram e usam as máquinas públicas municipais, estaduais e federal para se reelegerem.

    Foi assim com Bush,FHC,Lula e Dilma e ambos deixaram os seus países em maus lençóis.E o que faz o PSDB passa a votar contra a tudo o que ele mesmo criou: reeleição,CPMF,fator previdenciário,proposta de emenda constitucional legando todas as doações empresariais aos partidos e aos políticos,o que é a causa principal de todas as corrupções do Brasil, mas Eduardo Cunha do PMDB vota a favor da corrupção.

    O que levou o PT com Lula e Dilma a permanecerem no poder por 13 anos foram alguns itens que eu vou citar abaixo:

    1) juros de 25,95% a.m.em 2002 baixou para menos de 12% a.m. em 2012 taxa selic.
    2) reservas cambiais de 57 bilhões de dólares para os atuais 374 bilhões de dólares.
    3)construção de 19 Universidades federais.
    4)expansão de 100 universidades federais em todo o país.
    5)aprovação do piso nacional de salário do magistério de R$ 210,00 para R$ 950,00 e hoje de R$ 2.135,00.
    6) mais de 60 milhões de pessoas foram as portas de um banco fazer algum tipo de operação bancária.
    7)as bolsas famílias criadas por Sarney e FHC saíra de 3,5 milhões de famílias para 12 milhões.
    8) o pobre nunca teve vez e passou a comprar alguns bens de consumo o que somente o rico poderia ter.
    9) a polícia federal elevou de 7.000 homens para 15 .000 para fiscalizar os seus e dos outros também.Quem golpeou a Dilma foram exatamente os 367 deputados federais que falaram tanto em corrupção e ética que, no outro dia, a deputada que disse que seu maridão era honesto é preso por corrupção na saúde de Montes Claros em Minas Gerais.
    10)foi a valorização do salário mínimo em dólares.
    11)foi a criação do prouni,sesu,pronatec,etc.Filho de pobre e negro entraram nas Universidades federais.
    12)as exportações do Brasil eram em 2002 de 65 bilhões de dólares e foram para 140 bilhões de dólares.
    13)o pronaf em 2002 foi de R$ 3,5 bilhões e passou a R$ 12 bilhões gerando assim emprego e renda ao homem do campo.
    14) apoio total a criação de todas as CPIs para fiscalizar todo o dinheiro público.São mais de 200 bilhões de reais que são roubados pelos políticos de todos os partidos e de todas as esferas de governo,municipal ,estadual e federal.
    15) as operações sanguessugas,vampiros,castelo de areia,mensalão,operação lava jato todas criadas depois de 2005,pois de 1994 a 2002 tudo era engavetado para debaixo do pano e do tapete pelo PSDB E PFL.Foram 16 delas engavetadas.
    16) hoje a Dilma, o Lula estão sendo expulsos e golpeados por uma direita corrupta e ladrona.O golpe de 17 de abril de 2016 ainda vai cair nas cabeças do PMDB e PSDB E PFL quando estarão administrando a operação lava jato e tentando darem um golpe na justiça brasileira para que todos os empresários continuem doando bilhões aos 367 picaretas e corruptos que proclamaram ao microfone,voto pela ética,contra a corrupção,pelos meus filhos,netos,bisnetos,meu avô e minha avó e pelo meu marido prefeito honesto e exemplo de competência;no outro dia o cara foi preso.Bonita e ordinária, a esposa do prefeito de Montes Claros!!!!!!
    17) Lula e Dilma pagam hoje pelo conjunto da obra: Eduardo Cunha, o psicopata e corrupto com o velho PMDB do Michel Temer,conspirador,traidor e GOLPISTA.

    ResponderExcluir
  6. BRASIL,24/04/2016.

    Ao vivo no Domingão do Faustão, o ator chamou de "golpe" o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, "eleita com 54 milhões de votos"; José de Abreu destacou que o vice Michel Temer já foi citado quatro vezes na Lava Jato e lembrou que o principal condutor do processo é corrupto; "Pode tudo, só não pode juiz ladrão. Onde já se viu o Cunha ser juiz da Dilma?", questionou; sobre o episódio no restaurante em São Paulo, onde cuspiu em um casal que o ofendeu e a sua mulher, indagou: "por que nós não podemos conviver pacificamente nesse país pensando diferente?"

    24 de Abril de 2016 às 21:21

    247 – Ao participar do programa Domingão do Faustão nesta noite 24, ao vivo na TV Globo, o ator José de Abreu chamou de "golpe" o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, lembrou que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), é corrupto e que o vice-presidente, Michel Temer, que pode assumir o lugar de Dilma, já foi citado quatro vezes na Operação Lava Jato.

    Zé de Abreu também comentou o episódio em que esteve envolvido na noite de sexta-feira 22 e que causou polêmica nesse fim de semana nas redes sociais. Ele disse que um advogado carioca o chamou de "petista ladrão" em um restaurante japonês de São Paulo, e a namorada do advogado chamou a mulher do ator de "vagabunda". "Por que nós não podemos conviver pacificamente nesse país pensando diferente?", questionou.

    Abreu conta que a cusparada que disparou contra o casal foi uma atitude "impensada" e que, por isso, não poderia se arrepender. Ele afirmou que esse tipo de desrespeito em lugares públicos, como já aconteceu com os ex-ministros Guido Mantega e Alexandre Padilha em um restaurante e um hospital, com a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) em um aeroporto e com o ex-senador Eduardo Suplicy em uma livraria, só ocorre "contra o nosso lado". "Você não vê ninguém importunar o Roger (do Ultraje a Rigor) ou o Lobão, é só do nosso lado esse ódio".

    Ao comentar o impeachment, José de Abreu destacou que a eleição da presidente Dilma por 54 milhões de votos "é um fato concreto". "O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, diz que é golpe. Metade do Brasil acha que é golpe", afirmou. "Querem tirar a Dilma para entregar o Brasil para o PMDB do Rio, esse que derruba ciclovia", apontou, acusando ainda políticos de serem machistas contra a presidente.

    "Vão entregar o cofre para a raposa com a desculpa de que estão acabando com a corrupção? A primeira pessoa que deixou a polícia trabalhar tranquilamente foi a Dilma", colocou ainda o ator ao apresentador da Globo Fausto Silva, que admitiu discordar de muita coisa em sua fala. De acordo com Zé de Abreu, "a corrupção começou a aparecer no Brasil porque ela começou a ser combatida verdadeiramente".

    "Membros do PT que erraram estão na cadeia. Nunca na história vimos grandes empresários serem presos", lembrou. O ator criticou então o fato de o principal condutor do processo de impeachment ser um político corrupto, réu no STF e dono de contas secretas na Suíça, Eduardo Cunha. "Pode tudo, só não pode juiz ladrão. Onde já se viu o Cunha ser juiz da Dilma?", indagou. O artista recordou ainda que o vice-presidente, Michel Temer, já foi citado quatro vezes na Lava Jato. "É ele que vai assumir a presidência!", alertou.

    ResponderExcluir