ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

ANGELIM SE MOBILIZA CONTRA A VIOLÊNCIA

Foi realizada com êxito, nesta quarta-feira à tarde, no município de Angelim, uma audiência pública para debater os problemas da área de Segurança Pública.

O Promotor de Justiça,  Jorge Gonçalves Dantas Júnior, presidiu o evento que  teve entre os participantes Marcio Douglas, Severino José de Oliveira, Gildo Sabino e Maurílio Cavalcanti.

A Audiência contou com boa participação da população e de autoridades como a juíza de direito do Município,  Dra. Zélia, Padre Alexandre Castanho e Dr. Paulo Augusto (Promotor), o novo Delegado do Município.  Dr. Marcos, do comandante do 9º BPM, Ely Jobson Bezerra de Melo e representantes do Poder Executivo Municipal, à frente o prefeito Marco Calado.

Após a explanação das autoridades, perguntas da população foram realizadas com a finalidade de tirar dúvidas sobre as leis e como a Polícia poderá contribuir para diminuição da violência. Foi franqueada a palavras aos presentes, tendo se pronunciado Marcos Alexandre, José Roberto Veloso, Oliveira, a representante da juventude “Lucicleide Oliveira”, Junior Caldas, Heráclito Lupércio, Gilson Manuel, Antônio Roberto, Sr. Nelson e finalizando com o Presidente da Câmara,  Robério Conrado Sales.

Todos fizeram suas explanações e questionamentos em relação ao tema sugerido “Violência”. Ao final, dos trabalhos o Representante do Executivo assinou um termo de cooperação técnica junto com o Ministério Público se comprometendo em realizar ações que visam a diminuição da violência no município.

O ex-vereador Oliveira sugeriu que se lance o programa PM CONECTADO EM ANGELIM, dando oportunidade a sociedade de acessar o número de telefone e aplicativo whatsapp do Pelotão local com o propósito de enriquecer a parceria Polícia Militar e sociedade, no combate à criminalidade.

A audiência pública terminou no inicio da Noite. O mestre de Cerimônia foi o Radialista Alexandre Santos, sendo o interlocutor dos presentes que fizeram muitas perguntas ao Tenente Coronel Ely Jobson, cobrando, inclusive, que após a audiência medidas sejam realmente tomadas.


Ao término, o cerimonialista foi muito elogiado pelas autoridades e público presente, pela forma como conduziu as perguntas feitas pela população.

A explosão da violência no Agreste Meridional vem preocupando a população e as autoridades. Antes de Angelim, Caetés e Canhotinho promoveram audiências públicas para discutir as questões de segurança pública.

Após essas reuniões, têm sido elaborados documentos que são enviados até para o governador do Estado, cobrando providências.  (Com a colaboração de Eduardo Barbosa).

Fotos reproduzida do Blog Agreste Violento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário