quarta-feira, 19 de novembro de 2014

CÂMARA FEDERAL TERÁ APENAS 4,3% DE NEGROS


Do jornalista Paulo Veras, repórter no Blog de Jamildo:

Dos 513 deputados federais eleitos em 2014, e que tomarão posse no próximo ano, apenas 22 se declararam negros ao registrarem suas candidaturas junto à Justiça Eleitoral. Em um País marcado por quase quatro séculos de escravidão, o número representa apenas 4,3% da Câmara Federal, considerada a “Casa do Povo” no Brasil. Os dados foram levantados pelo Blog de Jamildo.

Do total de deputados federais, 410 se declararam brancos, ou 79,9% da Câmara. Outros 81 parlamentares disseram ser pardos, o que representa 15,8% do total de integrantes da Casa.

De acordo com o Censo de 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem 14,3 milhões de pretos e 82,8 milhões de pardos no País. Esses números representam, respectivamente, 7,6% e 43,1% da população nacional. 

No Brasil, 12 estados elegeram parlamentares de cor negra: Alagoas (1), Bahia (6), Ceará (1), Espírito Santo (1), Maranhão (1), Minas Gerais (2), Paraíba (1), Piauí (1), Rio de Janeiro (3), Roraima (1), Sergipe (2) e São Paulo (3).

Por outro lado, em outros quatro unidades da federação, todos os deputados federais eleitos em 2014 declararam ser brancos: Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Tocantins.

Maior colégio eleitoral do País, São Paulo elegeu três deputados negros, um pardo e outros 66 brancos. Segundo o IBGE, 5,5% dos paulistas se declararam pretos em 2010 e 29,1% da população disse ser parda.

(Na imagem Vicentinho, Jean Wyllys e Benedita da Silva, três dos deputados federais eleitos que se declararam negros.).

2 comentários:

  1. [JAIR BOLSONARO] JÁ ENTROU COM PROJETO DE 50% DE COTAS PARA NEGROS NO CONGRESSO.

    E NINGUÉM QUIZ!!

    ResponderExcluir
  2. Se Jean Wilys é negro então eu também sou.

    ResponderExcluir