SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

sábado, 30 de agosto de 2014

PEDRO EUGÊNIO DISCUTE REFORMA POLÍTICA

Na tarde deste sábado, dia 30, o deputado federal Pedro Eugênio (PT) promoverá em seu comitê um bate-papo sobre o plebiscito constituinte a favor da Reforma Política.
"Quero ouvir as pessoas e fomentar o debate sobre esta pauta que é tão essencial para o Brasil. A troca enriquece muito", destaca Pedro Eugênio.
Na ocasião, também será lançado o novo site do deputado Pedro Eugênio, candidato a reeleição.
O "Encontro 1314" está marcado para começar às 15h no comitê de Pedro Eugênio. O endereço é na Estrada do Arraial, n° 3294, no bairro da Tamarineira, Zona Norte do Recife. O telefone para contato é 3244-7955 ou 3244-2056.
Em Garanhuns Pedro Eugênio está sendo apoiado na sua campanha pela reeleição pelo presidente do PT no município, Chico Alencar e outras lideranças do partido.

2 comentários:

  1. Dr. PEDRO EUGÊNIO. Essa foi a bandeira que o PT jogou no lixo para sempre. 12 anos foi tempo mais do que suficiente para transformar esta realidade,mas não quiseram fazer.

    Acharam que a reeleição era tão boa e necessária que, mais cedo ou mais tarde, todos estariam pagando com a mesma moeda.O feitiço se virou contra o feiticeiro. Agora é tarde discutir essas coisas depois que o leite foi derramado.

    O PT com os seus 34 Deputados Federais em dezembro de 2010 foi irresponsável com as finanças públicas do Brasil. A crise econômica com o PIB baixo e fruto do grande desarranjo que foi criado e gerado graças aquele aumento de 62% dado a eles e que gerou o maior efeito cascata em todo o país.

    Esta semana os jornais Folha de São Paulo, Jornal do Comercio, Diário de Pernambuco noticiam de que o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL está mandando o PROJETO DE LEI aumentando os seus salários de R$ 29.400,00 para R$ 35.900,00.Com isto os Deputados após os resultados das eleições de 2014 aprovarão os seus sala rios nos mesmos patamares.

    Duvido que vocês DEPUTADOS FEDERAIS coloquem em votação essa Projeto de Resolução antes das Eleições?

    Por isso que o povão quer mudanças e não querem mais nem PT e nem PSDB e muito menos PMDB porque juntos praticaram e apoiaram as maiores sangrias da política brasileira.

    Por isso que a presidente Dilma vem pagando pelos erros que vocês cometeram na Câmara Federal em dezembro de 2010.Não é a Dilma e sim o PT que foi subserviente, conivente e irresponsável.

    ResponderExcluir
  2. ECONOMIA
    Reformas para superar o ‘pibinho’

    Alexa Salomão, Estadão

    O Brasil teve dois trimestres consecutivos de retração no Produto Interno Bruto (PIB), indicador que mede a geração de riqueza das nações. Na teoria acadêmica, tal situação indica que o país encolheu e sofre recessão técnica. Alguns analistas dizem que não é para tanto e que há estagnação.

    O governo alega que o problema é momentâneo por causa da Copa, da seca e da crise internacional. Semântica à parte, o fato é que o Brasil crescia pouco e agora anda para trás, com efeitos sobre o emprego e a renda. No grupo alinhado com o governo está o professor Fernando Nogueira da Costa, da Unicamp, que lecionou para a presidente Dilma Rousseff quando ela estava no doutorado.

    Quando os Deputados Federais do PT -34; PMDB-63; PSDB-43; PP-31; PR-19; PTB-15; PSB-15; fora os outros nanicos somaram um total de 280 deles e aprovaram a ISONOMIA SALARIAL dos mesmos igualando os seus salários ao de Presidente da República e de um Juiz do Supremo Tribunal Federal e 233 deles se abstiveram e se ausentaram porque não concordavam com os aumentos porque iria sacrificar as finanças públicas do Brasil, levou o ex-presidente Lula a dizer que não iria ganhar esse salário que passaria de R$ 10.400,00 para R$ 26.723,13.

    As finanças públicas do Brasil não vão bem e o exemplo já vem do STF que já está mandando o PROJETO DE LEI de aumento de R$ 29.400,00 para 35.900,00 o que corresponderá o salário de cada Deputado Federal em 2015.

    Por isso que as campanhas ficaram iguais e em todos os municipios existem os mesmos com um carro de som propagando e dizendo que o Deputado tal e tal trabalhou demais até. Que vergonha!

    ResponderExcluir