quinta-feira, 24 de outubro de 2013

GOVERNO ANTECIPA PAGAMENTO DO 13º SALÁRIO

O Governo de Pernambuco vai injetar cerca de R$ 2,015 bilhões em 25 dias na economia do Estado. Nesta quinta-feira (24/10), o governador Eduardo Campos anunciou o pagamento do 13º salário e a antecipação da folha salarial de dezembro. O anúncio foi feito na Sede Provisória do Governo, no Centro de Convenções.

Em dezembro, nos dias 10, 11 e 12, serão pagos R$ 660 milhões, correspondentes ao 13º salário, e mais R$ 680 milhões da folha salarial, nos dias 20, 23 e 24. Para Eduardo, essa é uma forma de valorizar o servidor público. "Pela sétima vez consecutiva, anunciamos hoje o calendário dos pagamentos, uma justa homenagem aos servidores de Pernambuco, parceiros da construção de nosso Governo", destacou o governador. 

Somando com os quase R$ 680 milhões da folha de novembro - nos dias 27, 28 e 29 - chega-se ao montante dos R$ 2,015 bilhões em 25 dias. "Esse é um esforço importante do Governo, dentro de um quadro macroeconômico adverso, garantir essa antecipação. Os 230 mil servidores podem agora se programar melhor", disse o secretário de Administração, Décio Padilha. "Dessa forma, os servidores podem equilibrar suas contas nesse fim de ano, podem cumprir suas obrigações, fazer suas compras de Natal", ressaltou Eduardo. 

O governador frisou ainda a importância da implementação do calendário de pagamento, iniciativa de sua gestão desde o primeiro ano de governo, em 2007. "Essa era uma grande demanda, simples, mas importante. Todo mundo sabia o dia de pagar as contas, mas não sabia o dia em que ia receber (o salário). Conseguimos criar o cronograma e pagar dentro ainda do mês vigente, dando mais tranquilidade aos servidores", afirmou.   

O calendário de pagamento funciona da seguinte maneira: no primeiro dia, recebem os aposentados e pensionistas; nos dias seguintes recebem, respectivamente, os servidores ativos da Secretaria de Educação e demais funcionários públicos ativos da Administração Direta e Indireta. (Manoel Guimarães, da Secretaria de Imprensa do Estado).

4 comentários:

  1. FORAM SETE ANOS QUE ELE CUMPRIU RIGOROSAMENTE O PAGAMENTO DOS SERVIDORES ESTADUAIS DE FORMA CLARA E TRANSPARENTE.

    O HOMEM CHEGOU E FOI DIFERENTE DOS OUTROS GOVERNADORES.A MÁQUINA PÚBLICA FUNCIONOU MELHOR E TEVE UMA VISÃO TÉCNICA APARELHANDO MUITOS ESCRITÓRIOS DO ESTADO QUE NÃO TINHA COMPUTADORES E OUTROS TINHAM APENAS 2 E MUITOS SERVIDORES PÚBLICOS TIVERAM QUE SE APERFEIÇOAREM PARA ACOMPANHAREM OS PASSOS DO CHEFE.

    SE ELE FOR O PRESIDENTE DA REPÚBLICA LEVARÁ CONSIGO UMA BAGAGEM BASTANTE SÓLIDA DE TRANSFORMAÇÕES.O GOVERNANTE PRECISA ENCARAR COM MUITA RESPONSABILIDADE A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA GARREGANDO SOBRE OS SEUS OMBROS A SERIEDADE, A COMPETÊNCIA E MUITO TRABALHO.

    TINHA MUITOS PREGUIÇOSOS E PARASITAS QUE NÃO QUERIAM QUE A MÁQUINA PÚBLICA AVANÇASSE PATAVINA NENHUMA.NÃO VOU ME DECLARAR PARA NÃO LEVAR NOME DE BABÃO CONFORME JÁ LEVEI MUITAS E VEZES DE PESSOAS INCOMPETENTES QUE NÃO SABEM E NEM QUEREM SABER O QUE VENHA A SER UMA MÁQUINA PÚBLICA QUE É UM PATRIMÔNIO DO POVO BRASILEIRO. PALAVRA DE UM SERVIDOR.

    ResponderExcluir
  2. Acho que o anônimo tem uma certa razão, quando fala da pontualidade dos pagamentos aos servidores pernambucanos e o cumprimento das promessas sobre este assunto, durante a campanha de Eduardo para Governador. O que não me conforma e a nenhum servidor, seja ele civil ou militar, são os baixíssimos salários, que essas e outras classes recebem. É vergonhoso o que ganha um servidor da educação, da saúde, das Polícias Militar e Civil. Absolutamente nada, foi feito por essas classes nesses sete anos de governo, sem falar que Garanhuns, ficou à pão e água, nesse periodo do governo Eduardo Campos. Sei que em parte o governo municipal anterior, tem uma parcela muito grande de culpa, primeiro porque não se aproximava do Governo Eduardo Campos, segundo porque não existia sequer um projeto, para que o Governador junto ao Governo Federal pudesse liberar recursos para Garanhuns, era de uma incompetência única. esse antigo gestor. Hoje nós sabemos que nosso Prefeito tem apenas nove meses de gestão, porém já fez muito mais que seu antecessor. Nosso prefeito precisa de um Governador que goste e ame Garanhuns, para que junto com ele, possa fazer a melhor administração dos últimos tempos.

    ResponderExcluir
  3. Nobre cidadão, se vc for da Secretaria da Fazenda, parabéns! o Estado de PE só perde em arrecadação para Bahia, contudo, ele não faz mais que obrigação em aparelha as secretarias. Pergunte ao pessoal da educação e da segurança pública(PM, segundo ou terceiro pior salário do país ) o que eles acham desse recebimento antecipado, só vai dar para paga dívidas.

    ResponderExcluir
  4. Esse eduardo e um dos piores governador q pe ja teve e ainda tem coragem de querer ser presidente o que seria desse pais! Com um cara desse sobre o comando ?

    ResponderExcluir