SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sexta-feira, 22 de março de 2013

A SANTINHA QUE VIROU DIABINHA

Nathalia Dill, 27 anos,  começou, como muitos artistas da TV Globo, na novelinha Malhação. Chamou a atenção e com pouco tempo foi parar no folhetim das 18h, interpretando a Santinha de “Paraíso”. Vários papeis depois a atriz faz uma espécie de Diabinha no filme “Paraísos Artificiais”. O longa tem direção de Marcos Prado, um roteiro meio fraquinho, mas belíssimas imagens do Brasil, especialmente do Nordeste e também de Amsterdã, capital da Holanda.

O melhor mesmo do filme é a Santinha, que na história não tem nada da menina ingênua da novela. Transa com mulher, com homem, experimenta drogas diversas e está deslumbrante como mulher. Na foto ela está à esquerda, com Lívia Bueno, sua parceira em Paraísos Artificiais.

Um comentário:

  1. José Fernandes Costa22 de março de 2013 22:23

    Olhe! Creio eu que o paraíso da Santinha é mais embaixo. É ali que mora a diabinha. E não tem nada de artificial. É um Bueno paraíso natural e rachado de belíssima imagem. Isto é, dividido, Bueno e lívido. - Um céu de cor lívida e deslumbrante! - ¡Muy Bueno!

    ResponderExcluir